BRASIL FECHA QUASE 117 MIL EMPREGOS EM NOVEMBRO, MAS EM JALES SALDO É POSITIVO

carteiras-de-trabalho3Tradicionalmente marcado por contratações para as vendas de fim de ano, o mês de novembro de 2016, com Michel Temer e Henrique Meirelles no comando da economia, conseguiu ser um dos piores de todos os tempos, segundo dados divulgados na tarde desta quinta (29) pelo Ministério do Trabalho.

O Brasil registrou perda líquida de 116.747 vagas formais de emprego no mês passado. No acumulado de janeiro a novembro, o mercado de trabalho brasileiro já fechou 858.333 postos formais. Dos 26 estados brasileiros, apenas três – Alagoas, Rio Grande do Sul e Sergipe – apresentaram saldo positivo em novembro. No Distrito Federal, o resultado também foi negativo.

No estado de São Paulo, foram fechados 39.675 empregos formais no mês passado. No acumulado do ano, a economia paulista já fechou – em onze meses – nada menos que 235.574 vagas de trabalho. No Rio de Janeiro, que vive a pior crise entre os 26 estados, foram fechados 12.438 empregos em novembro e 197.734 no ano.

Em Jales, até que a situação não é tão ruim. Em novembro, foram abertos 32 novos empregos formais, elevando o saldo positivo do ano para 117 novos empregos criados em onze meses. A maioria desses empregos foram gerados pelo comércio jalesense. Para efeito de comparação, em 2015 Jales fechou 114 empregos de janeiro a novembro.

Entre as principais cidades da região, apenas Santa Fé do Sul – além de Jales – apresentou saldo positivo em novembro, mas o resultado não foi grande coisa: apenas 01 novo emprego. No acumulado do ano, Santa Fé do Sul apresenta a melhor performance da região, com a abertura de 212 novos empregos.

Fernandópolis fechou 110 empregos em novembro – a maioria na Construção Civil – mas, na somatória do ano, ainda apresenta saldo positivo com a geração de 69 novos empregos em onze meses.

Votuporanga vive a pior situação, com 124 empregos fechados em novembro e 673 dizimados no ano. Praticamente todos os setores da economia de Votuporanga  apresentam performance negativa. A Indústria, com 301 empregos fechados é o pior setor, seguida pelo Comércio (-143), Serviços (-133), Construção Civil (-75) e Agropecuária (-28).

Agora uma historinha para irritar coxinhas: em dezembro de 2014, último ano do primeiro mandato de Dilma, o Brasil vivia uma situação de pleno emprego, com a menor taxa de desemprego da história (4,8%).

A política do “quanto pior melhor” implantada pelo PSDB e aliados no Congresso, as pautas bombas de Eduardo Cunha, a “trairagem” de Michel Temer, a Operação Lava Jato, que arrebentou com as grandes empreiteiras, a agenda negativa da mídia golpista, etc, criaram as condições para que o Brasil chegasse à situação em que está, com 12,1 milhões de desempregados.

Claro que Dilma e o PT também tem lá suas parcelas de culpa, mas, se tivessem deixado a presidenta eleita governar, talvez a situação não estivesse tão ruim como está. E, para quem não acredita que o PT pegou o país com 12,4% de desemprego e trouxe a 4,8%, estou postando um vídeo do insuspeito Jornal da Globo, que pode ser visto aqui.

3 comentários

  • Eu

    Incrível q pareça mas Jales deve abrir uns 500 empregos entre janeiro e fevereiro. Mercado novo. Frigorífico de embutidos uns 60 empregos novo edifício perto do hospital dá boca e se der certo os 4 milhões o asfalto q deve ser iniciado. E mais indústria de cabides e tb indústria de massa asfáltica q vai se instalar no aeroporto
    Tomare q de tudo certo e nossa querida Jales começa com pé direito 2017

    • jovaina moreira iglesias

      A minha filha terminou o colegial e esta cadastrada no programa do CIEE e as amigas de classe já foram chamadas mesmo com notas ruins para trabalhar e ela ate agora nada…Já enviamos currículos na cidade toda. Os empresários não dão oportunidades para os jovens a não ser que tenha um q.i. Infelizmente.

  • Eu amo Cuba

    Certamente esses 500 empregos citados por EU, e’ graças ao PT.
    A perda do emprego no mercadinho, na construção civil, na loja, a culpa é de Temer, Cunha, do Psdb, do Serra, da mídia golpista, da lava jato menos dos petistas que ficaram 13 anos roubando o governo.
    Se tive perdoado Dilma, Lula e a quadrilha do PT, eles estariam mais ricos.
    E Moro, os procuradores da Lava Jato e os delegados da Polícia Federal estariam na cadeia
    Sem contar com os donos da Veja, Estadão, Folha, da Globo expulsos do Brasil
    Só iria sobrar os sites petistas………
    Como em Cuba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *