1 comentário

  • Thiago

    As causas são boas, o problema é o extremismo, o radicalismo na defesa das causas.

    Já pensou criar uma filha com todo o amor e carinho, tratando-a como uma princesa e num belo dia ler um post dela nas redes sociais dizendo : “Droga de sociedade patriarcal e machista, NENHUM HOMEM PRESTA, TODOS DEVERIAM MORRER”, ou algo assim ?, deve ser bem desolador pra um pai lidar com isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *