DEPUTADO QUE CHAMOU MINISTRO JOAQUIM BARBOSA DE “MORENO ESCURO” PEDE DESCULPAS

E será que isso tem desculpa? A notícia está no site gaúcho Sul 21:

O deputado Júlio Campos (DEM-MT) que chamou (terça, 22) o ministro Joaquim Barbosa, do Supremo Tribunal Federal, de “moreno escuro” apressou-se em divulgar nota de esclarecimento sobre o episódio. Segundo o parlamentar, na ocasião em que defendia a prisão especial para autoridades, a referência não teve a intenção de “desmerecer” o magistrado.

As declarações foram feitas no início da tarde em reunião do DEM na Câmara, quando foi discutida a reforma do Código de Processo Penal, entre outros assuntos. Júlio só não imaginava que uma repórter do blog Poder Online registrava in loco suas palavras.

“Todo mundo sabe que essa história de foro privilegiado não dá em nada. O nosso amigo Ronaldo Cunha Lima precisou ter a coragem de renunciar ao cargo para não sair daqui algemado. E depois, meus amigos, você cai [sic] nas mãos daquele moreno escuro lá no Supremo, ai já viu”, disse Júlio, que na nota lembra que se posicionou contra o foro privilegiado, constante da reforma, que classificou como “uma utopia”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *