18 comentários

  • Barroso / Ministro da Dilma.

    Luis Roberto Barroso, que soltou José Dirceu, justifica ter soltado o petista Pizzolato: ” o que conta é o bom comportamento “. O crime não importa.

    Petista comemora liberdade.
    Se soubesse que o ministro Barroso era um homem tão bom, não teria nem fugido para a Itália.

    Mais um petista condenado por corrupção ganha liberdade pela caneta do ministro do Supremo Tribunal Federal, Roberto Barroso. Agora foi a vez do ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato, que deixou nesta quinta feira a Penitenciária da Papuda, no Distrito Federal, para cumprir o restante de sua pena em liberdade condicional. Pizzolato foi liberado por volta das 14 h, conforme a Subsecretaria do Sistema Penitenciário do Distrito Federal.
    Pizzolato fugiu para a Itália em novembro de 2013, utilizando o passaporte de seu irmão, Celso, falecido há 35 anos. Ele foi preso na cidade de Maranello, norte do país europeu, em fevereiro de 2014, e extraditado ao Brasil em outubro de 2015. Condenado a 12 anos e 7 meses pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e peculato, cumpria apenas dois anos de pena no presídio da Papuda.
    O ministro Barroso, tentou justificar a sua decisão de mandar soltar o petista, acusado de desviar mais de R$ 70 milhões em um esquema criminoso com o publicitário Marcos Valério durante o mensalão do PT;
    ” O ‘bom comportamento’, para fins de liberdade condicional, é somente o que se verifica após a prisão. O que o condenado tenha feito antes (como a fuga) não pode ser levado em conta “, justificou Barroso, que faz belos discursos de porta de banheiro contra a impunidade durante suas falas no plenário do Supremo.
    No ano passado, o mesmo Barroso, relator das execuções penais do chamado mensalão do PT no STF, concedeu o perdão da pena imposta ao ex-chefe da Casa Civil José Dirceu no processo do mensalão.

  • BARROSO-MINISTRO DA DILMA,. primeiro uma pergunta: o que você tem haver com esse fato.? e ao invés de se preocupar com esse fato não se preocupa com:——
    1.Solto por Gilmar Mendes, “rei do ônibus” deixa prisão no Rio..Esta é a terceira vez que ministro do STF manda soltar empresário Jacob Barata Filho, preso por suspeita de pagar propina a políticos. Isso você não fala?
    2. Garotinho é liberado da cadeia e vai passar o Natal com a família a prisão preventiva de ex-governador do Rio foi suspensa pelo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes. Isso você não fala?
    3. Gilmar Mendes concedeu habeas corpus para que Adriana Ancelmo, mulher de Sérgio Cabral, volte a cumprir prisão domiciliar. Isso você não fala?
    4. Vítimas do médico estuprador Roger Abdelmassih não perdoam Gilmar Mendes e devem representar contra o ministro do STF na Corte Internacional, por ter soltado o estuprador. Isso você não fala?
    5. por que Aécio não esta preso? se o mesmo recebeu conforme delatores dizem R$ 50 milhões para defender interesse de empreiteiras em hidrelétricas? essa é uma das 12 acusações que o mesmo tem. Fala alguma coisa!
    Segundo Marcelo Odebrecht e Henrique Valladares, propina foi acertada em 2008, quando Aécio era governador de MG. Dê sua opinião!
    6. por que Serra não esta preso? pois Delatores da Odebrecht afirmaram que a campanha de Serra (PSDB) de 2010 foi regada a caixa dois ( a Folha deu essa informação). Foi, portanto, uma campanha criminosa, à semelhança das de Dilma-Temer de 2010 e de 2014.
    De acordo com a prestação de contas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a Odebrecht doou 2,4 milhões de reais ao comitê de campanha presidencial de Serra.
    Agora se sabe que ele recebeu R$ 23 milhões (parte no Brasil e parte no exterior). O caixa dois está mais do que comprovado. qual sua ideia sobre o caso?
    7.. por que Aloysio não esta preso? pois desde março, Aloysio Nunes é investigado no STF pelos crimes de corrupção passiva e ativa, lavagem de dinheiro, crime contra ordem tributária e fraude em licitação. Em delação premiada, executivos da Odebrecht afirmam que o pedido de 2 milhões foi feito enquanto Nunes era secretário da Casa Civil do governo de José Serra, em São Paulo. Em troca, o atual ministro das Relações Exteriores teria se comprometido a ajudar a empresa na negociação de contratos de obras de infraestrutura no estado. Ta certo ou esta errado?Fala?
    8. por que Alkimin não esta preso? pois a revista Veja aponta que o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), também é citado na delação e confirma que Alckmin é o “Santo” das planilhas da empreiteira; a ele, foram pagos 2 milhõees 500 mil em duas parcelas, a pedido de um diretor de contrato da Odebrecht que era responsável pelas obras na Linha 4 do Metrô. Teu líder esta certo? para você deve estar, mas pelo menos dividir com sua pessoa uma metade né !
    9.por que Alkimin não esta preso? pois mais um escândalo envolvendo governos tucanos veio à tona. Desta vez, a acusação é o superfaturamento em contratos para o fornecimento de merenda escolar à Secretaria de Educação e mais 22 prefeituras do estado de São Paulo. Em delação, na “Operação Alba Branca”, dirigentes da Cooperativa Orgânica Agrícola Familiar (COAF) citaram o governador Alkimin, o deputado Fernando Capez (PSDB-SP), presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), e o ex-chefe de gabinete da Casa Civil do Governo Alckmin, Luiz Roberto dos Santos, o Moita, como participantes do esquema de mais de 200 milhões. Ele pode? fala alguma coisa!
    10. por que Jucá não esta preso? pois o PMR, apresentou ao Supremo Tribunal Federal (STF) denúncia contra o senador Romero Jucá (PMDB-RR) por corrupção e lavagem de dinheiro. Com base em delações premiadas de executivos da Odebrecht, ele é acusado por solicitar e receber propina no valor de R$ 850 mil para beneficiar a empresa na tramitação de duas medidas provisórias em 2014.E este pode? talvez possa,se lhe der metade, não é?
    Antes de ficar falando do rabo dos outros, veja como esta o seu.

  • BARROSO MINISTRO DA DILMA–resolvi voltar para lhe perguntar se o que vou lhe descrever esta certo ou errado.
    E se estiver errado por que sua excelência não escreve algo sobre isso?
    “”Em meados dos anos noventa operava em grande escala repassando recursos que “engordavam” o caixa 2 das campanhas de políticos importantes do Paraná e de Santa Catarina, dentre eles Álvaro Dias, Jayme Lerner e Jorge Bornhausen.
    Alberto Youssef foi, também, figura central na transferência ilegal de bilhões de dólares oriundos de atividades criminosas e de recursos desviados na farra das privatizações do governo FHC.
    Nesta época já existia também a figura carinhosa do amigo intimo de Youssej, o Juiz Corrupto Moro, que também comandou no Banestado.
    Em novembro de 2015, o jornalista Henrique Berangê publicou na revista Carta Capital uma instigante matéria com o seguinte parágrafo inicial: “O juiz Sérgio Moro coordena uma operação que investiga sonegação de impostos, lavagem de dinheiro, evasão de divisas intermediadas por doleiros paranaenses. Foram indiciados 631 suspeitos e remetidos para o exterior 134 bilhões de dólares, cerca de 500 bilhões de reais.” Operação Lava Jato, 2014? Não, ele se referia ao escândalo do Banestado ocorrido no final dos anos 90. A privatização desse banco estatal comprado pelo Itaú segundo estimativas trouxe um prejuízo de no mínimo 42 bilhões de reais aos cofres públicos do país. Mas antes do banco ser vendido, sua agência em Nova York foi o porto seguro dos recursos bilionários para lá transferidos pelos fraudadores.
    Na segunda metade dos anos noventa através das contas CC5 o então presidente do Banco Central Gustavo Franco escancarou as portas para uma sangria de recursos que daqui migraram para engordar as polpudas reservas de empresários, políticos, grupos de mídia no exterior. Sem dúvida o maior episódio de corrupção da história do país. Foi aberta uma CPI no Congresso, virou pizza; o Banco Central boicotou as investigações e a imprensa silenciou. Só a Globo enviou 1,6 bilhões de dólares, mais de 5 bilhões de reais. Além das grandes empreiteiras na lista dos fraudadores lá estavam também outros grupos da mídia: a editora Abril, o Correio Brasiliense, a TVA, o SBT, dentre outros. A justiça foi convenientemente lenta, os crimes prescreveram, só foram punidos alguns integrantes da “arraia miúda”. Ironias da história: a corporação Globo, futura “madrinha” de Moro cometeu os mesmos ilícitos que mais tarde seriam por ele denunciados na operação Lava Jato. Desta vez, porém, as diligências policiais e ações judiciais não foram arquivadas e Moro pôde posar de “campeão na luta contra a corrupção, herói nacional.”
    Continuando meu caro entendido:—-Por suas atividades criminais, este Juízo, a pedido do MPF, decretou na época a prisão preventiva de Alberto Youssef (2003.7000056661-8), sendo a medida mantida pelo Egrégio Tribunal Regional Federal da 4ª Região. Oportuno recordar que, quando da efetivação da prisão, foi encontrado na posse de Alberto Youssef um cheque bancário nominal de R$ 150.000,00 ao ex-deputado federal falecido José Janene.
    Esses fatos foram admitidos por Alberto Youssef, em confissões em Juízo, já que culminou por celebrar acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal e o Ministério Público Estadual do Paraná.
    Por força do acordo, revelou seu envolvimento em diversos crimes de lavagem de dinheiro, inclusive de recursos subtraídos da Administração Pública (processo 2004.7000002414-0, cópia do acordo no evento 30).
    Em decorrência da colaboração, recebeu benefícios legais, acordados com o Ministério Público Federal, tendo sido condenado, com trânsito em julgado e em 24/06/2004, na ação penal 2004.7000006806-4, a sete anos de reclusão em regime semi-aberto e multa de cerca de novecentos mil reais (cópia da sentença no evento 29, out3). Na ocasião, foi condenado pelos crimes do artigo 1.º da Lei n.º 8.137/90, em continuidade delitiva, do artigo 21 e 22, parte final do parágrafo único, da Lei n.º 7.492/86, em continuidade delitiva, e ainda do artigo 288 do CP. As penas foram integralmente cumpridas. Na prática, porém, o acusado permaneceu cerca de um ano preso, progredindo em seguida para o regime aberto. Os crimes que foram objeto daquele feito não se confundem com o presente
    Pode um corrupto pegar 7 anos de cadeia em regime semi-aberto depois dessa ladroagem?Por favor responda-me já que sabes de tudo sobre os elementos do PT.
    Ai meu caro Expert veio a Lava Jato e Youssef apareceu novamente ( o amigo de Moro ) e com a delação premiada Uma das armas mais potentes contra a reeleição de Dilma Rousseff em 2014, o doleiro Alberto Youssef, pivô da Operação Lava Jato, conseguiu reformular seu acordo de delação premiada, pois sem a mesma a somatória das punições pelos crimes praticados por Youssef só na Lava Jato poderiam render 121 anos e 11 meses de prisão. Com o acordo de cooperação, o doleiro, inicialmente, deveria cumprir 3 anos em regime fechado. Saíra da carceragem da Polícia Federal de Curitiba, por determinação de Moro, em 17 de novembro, com 2 anos e oito meses de prisão para concluir os outros quatro meses em regime domiciliar.
    Em sua decisão, Sergio Moro disse que não há verba para manter Youssef escoltado e, por isso, basta uma tornozeleira eletrônica para monitorar os passos do doleiro. O juiz, que teve de revogar um acordo feito na operação Banestado porque Youssef voltou a praticar crimes, também disse que não acredita que justo na reta final de sua pena em regime fechado, o condenado tentará fugir.
    Isso mostra a verdade da Lava Jato. Qual é? Não permitir que Lula seja candidato pois a Direita Brasileira é Infame, medíocre, salafrária, ordinária e destruidora do bem comum ( Brasil ) e, sua camadas sociais mais inferiores pois a direita capitalista burguesa não tem competência nem ideologia e muito menos nomes honráveis para combater Lula.
    Meu amigo me desculpe a lavada, mas quem não tem competência não deve se habiliar a fazer nada.
    Boa Noite. Coitado

  • STF olha para a camisa

    O ministro faz parte do STF que tem uma dificuldade de mandar prender os políticos porem está soltando os presos do Moro principalmente, agora, o ministro Gilmar Mendes.
    Este ministro está “batendo boca” com esse Gilmar Mendes, com acusações, porem já soltou Zé Dirceu (PT) e o ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil, Henrique Pizzolato.
    No STF, todos os ministros foram indicados pelos ex presidentes e o atual, portanto defendem os seus padrinhos políticos. e neste caso o ministro foi indicado por Dilma do PT. Por isso, quer ver Aécio, na cadeia como eu também quero ver.
    Com uma diferença, eu quero ver todos na cadeia, independentemente da camisa que o politico usa

  • LULA E SEUS AMIGOS CALOTEIROS

    Calma gente. Ainda não acabou. Você não sabe, mas foi fiador dos negócios do PT no exterior. Só a Venezuela deve R$ 5 bilhões e advinha quem vai pagar ?.

    SORRIA !!! VOCÊ FOI FIADOR DO PT E JÁ COMEÇA A PAGAR OS PRIMEIROS CALOTES.

    ” Nois fala que o Brasil tem uma divida com a África…… “

    • LULA E SEUS AMIGOS CALOTEIROS

      Para quem acredita que já está livre do PT de Lula e Dilma, a notícia não é nada boa, como outras anteriores dobre a praga que essa gente representou na vida dos brasileiros. Os negócios feitos por Lula e Dilma com seus amigos comunistas corruptos da Venezuela, Cuba e Angola foram financiadas com dinheiro dos brasileiros e contou com garantias do Tesouro Nacional, onde ficam guardados os dinheiros do contribuinte. Na prática, o cidadão contribuinte brasileiro foi fiador dos negócios do PT com seus amigos corruptos. E caloteiros, decorrentes dos negócios firmados por Lula e Dilma no exterior que beneficiaram empreiteiros e chefes de Estado corruptos. Como já era de se esperar, as primeiras faturas já começaram a chegar. O Tesouro Nacional, ou o contribuinte, da no mesmo, já começou a pagar pelos calotes que o BNDS levou ao financiar as obras de Lula e Dilma em outros países, tocadas pelas empreiteiras brasileiras envolvidas na Lava Jato.
      No último dia 15, o contribuinte brasileiro pagou sem saber, R$ 124 milhões ao BNDS para cobrir um calote dr US$ 22,4 milhões (fora encargos) de um financiamento feito a Moçambique. A alegação de Lula para levar o dinheiro dos brasileiros para seus amigos africanos era a de que ” O Brasil tem uma dívida cultural com a África “.
      Segundo a Folha, ” Esse tende a ser o começo de uma série de pagamentos que recairao sobre o contribuinte brasileiro e que, apenas no caso do país africano, deve chegar a US$ 483 milhões (R$ 1,5 bilhão) “. A reportagem lembra que em poucos dias, chega mais uma” boleta ” para o contribuinte pagar. O governo deve decretar calote oficial da Venezuela, pela falta de pagamento de uma parcela de US$ 262 milhões em setembro.
      Mas isto é apenas a primeira prestação do rombo venezuelano. No total, o BNDS e bancos privados tem a receber US$ 1,5 bilhão (cerca de R$ 5 bilhões) da Venezuela, mais da metade desse valor em 2018. E advinha quem é o fiador ? Não tem para onde correr. Pelos contratos, mesmo que o governo se recuse a Caso o país deixe de pagar, a conta será coberta pelo FGE (Fundo de Garantia à Exportação), cujos recursos saem do Tesouro Nacional.
      Nos governos dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, as empreiteiras expandiram presença na África e na América Latina graças a volumosos empréstimos do BNDS.
      A parceria econômica e política com os governos desses países rendeu contratos bilionários às empresas e ajudou a elevar as exportações do Brasil.
      Mas agora que alguns deles entraram em crise e estão deixando de honrar compromissos, as contas estão sobrando para o Tesouro.
      Isso ocorre porque os financiamentos têm seguro do FGE. Em caso de calote, o pagamento fica com o governo.
      A Folha lembra que tem mais caloteiros na fila, prontos para mandar as “boletas”. O terceiro país sob risco é Angola, cujo passivo com o Brasil soma US$ 1,9 bilhão. Angola depositou recursos em uma conta garantia em novembro após ameaçar deixar de pagar.
      O BNDS não informou o valor da estimativa de todos os calotes que o banco deve levar em 2018 por negócios fechados por Lula e Dilma, mas a fatura pode chegar a U$ 8 bilhões. Desse jeito, o governo não vai conseguir baixar os impostos como planejado.

  • LULA E SEU AMIGOS CALOTEIROS E STF OLHA PARA A CAMISA dando inicio a resposta para dois pseudos que não entende nada de politica, muito menos de politica partidária, ou seja são dois anarfas.
    Para o primeiro pseudo de uma olha para ver quem Gilmar mendes mandou soltar seu goiaba:
    1.Solto por Gilmar Mendes, “rei do ônibus” deixa prisão no Rio..Esta é a terceira vez que ministro do STF manda soltar empresário Jacob Barata Filho, preso por suspeita de pagar propina a políticos. Isso você não fala?
    2. Garotinho é liberado da cadeia e vai passar o Natal com a família a prisão preventiva de ex-governador do Rio foi suspensa pelo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes. Isso você não fala?
    3. Gilmar Mendes concedeu habeas corpus para que Adriana Ancelmo, mulher de Sérgio Cabral, volte a cumprir prisão domiciliar. Isso você não fala?
    4. Vítimas do médico estuprador Roger Abdelmassih não perdoam Gilmar Mendes e devem representar contra o ministro do STF na Corte Internacional, por ter soltado o estuprador. Isso você não fala?
    5. O ministro Gilmar Mendes, presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), concedeu na noite desta quarta-feira (20) um habeas corpus ao ex-governador do Rio, Anthony Garotinho (PR-RJ). O magistrado atendeu ao pedido da defesa do ex-governador que esta preso por corrupção, lavagem de dinheiro e tentativa de abafar as investigações.
    6.Ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), mandou soltar mais três réus da Lava Jato no Rio. Rogério Onofre, ex-presidente do Detro, e a mulher dele, Dayse Deborah Alexandra Neves, estavam presos desde o começo de julho serão beneficiados pela decisão do ministro. A decisão é baseada no habeas corpus que o próprio Gilmar concedeu aos empresários Jacob Barata Filho e Lélis Teixeira na semana passada. Onofre é acusado de receber propina para beneficiar empresas de ônibus.
    7.O ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes estendeu neste sábado o habeas corpus concedido ao empresário Jacob Barata Filho, o ‘rei do ônibus’, a outros quatro presos na Operação Ponto Final, segundo o jornal O Estado de S. Paulo. Desdobramento da Lava Jato no Rio, a operação investiga o pagamento de propinas a políticos em troca de manutenção de privilégios para as empresas de ônibus, inclusive no valor das tarifas.
    Os beneficiados pela decisão foram: Cláudio Sá Garcia de Freitas, Marcelo Praça Gonçalves, Enéas da Silva Bueno e Octacílio de Almeida Monteiro, presos preventivamente.
    8.Boiola- Gilmar Mendes foi nomeado ministro pelo ex-presidente FHC Escolhido pelo Supremo Tribunal Federal, integrou o Tribunal Superior Eleitoral de 29 de junho de 2004 a 27 de abril de 2006. Assumiu a Presidência do TSE em 21 de fevereiro de 2006 e, em 27 de abril de 2006, renunciou em virtude de sua posse na Vice-Presidência do Supremo Tribunal Federal.
    Então para de escrever besteira e procure pesquisar antes de fazer papel de otário no Blog.
    LULA E SEUS AMIGOS CALOTEIROS —ESSE É UM BOÇAL A MAIS:
    ****Calma gente. Ainda não acabou. Você não sabe que:Aqui está o memorando de entendimento entre Brasil e Cuba ( NO GOVERNO DE FHC ) para financiar a compra de alimentos com recursos orçamentários – reparem, orçamentários, diretamente da União – através do Proex (leia-se Banco do Brasil) em US$ 15 milhões, firmado em 1998.
    Mas foi comida, aí era humanitário? E o que dizem do financiamento a ônibus de turismo para a ilha de Fidel,
    ( CUBA ). no governo de FHC.como está consignado no relatório de atividades do BNDES do ano de 2000?
    “(…)o apoio do BNDES a exportações de ônibus de turismo e urbanos para Cuba somou cerca de US$ 28 milhões. Cabe destacar o financiamento concedido para a aquisição de 125 ônibus Busscar com mecânica Volvo, utilizados na dinamização da atividade turística desse país, no valor total de US$ 15 milhões”
    Mas teve também para a “Venezuela chavista” de que fala a nota do PSDB:
    “Projeto da Linha IV do Metrô de Caracas (Construtora Norberto Odebrecht S.A.) – Construção do primeiro trecho, com extensão de 5,5 km. O investimento total do projeto soma US$ 183 milhões, sendo o financiamento do BNDES de US$ 107,5 milhões, correspondentes a 100% das exportações brasileiras de bens e serviços e ao seguro de crédito às exportações.( NO GOVERNO DE FHC ).
    Uai, igualzinho ao Porto de Mariel? E com a mesma empreiteira, a Odebrecht?
    Fico imaginando a cara de Aécio Neves, de FHC e do boiola do pseudo ( Lula e seus amigos caloteiros ), diante de algum repórter que lhe perguntasse se no governo FHC podia-se emprestar dinheiro à Cuba e à Venezuela porque não existiam problemas de logística e infra-estrutura no Brasil dos tucanos.
    Pseudo tu és Burro Mesmo! Volta a estudar! seu Imbecil que escreveste tu achou no Blog ANTAGONISMO QUE ASSIM ESTA ESCRITO: O calote venezuelano
    Brasil 21.09.17 08:51

    A Venezuela deu um calote no Brasil.

    É o resultado da propina que a Odebrecht pagou a Lula, Hugo Chávez e Nicolás Maduro.

    O calote de 262 milhões de dólares foi comunicado ao Banco Central em 8 de setembro, mas pode chegar a 5 bilhões de dólares.
    Pare de fazer cópia seu ignorante, já disse volta a estudar e aprenda que tanto no governo de FHC, Lula e Dilma
    o governo sempre emprestou dinheiro para vários países, agindo politicamente e economicamente correto.

  • LULA E SEUS AMIGOS CALOTEIROS de uma olha e, depois pensa quem tu és na realidade:

    http://tijolaco.com.br/blog/wp-content/uploads/2014/01/fhcfidelchavez.jpg

  • LULA E SEUS AMIGOS CALOTEIROS você não passa de um ignorante e boçal que só sabe fazer cópia do Google, mas mesmo assim vou lhe perguntar é um, escândalo emprestar dinheiro a Cuba? mas esqueceste de perguntar a teu cérebro cheio de merda e a FHC por que ele emprestou para Cuba, Venezuela, Bolívia, Chile, para Africa e outros países da America Latina?
    De uma outra olhadela :

    http://www.tijolaco.com.br/blog/wp-content/uploads/2014/01/fhcfidelchavez.jpg

    Veja por que Lula e Dilma acertaram a emprestar dinheiro para Cuba através do BNDES acabarem de concluir Mariel:—-O porto de Mariel é um colosso. Ele é considerado tão sofisticado quanto os maiores terminais do Caribe, os de Kingston (Jamaica) e de Freeport (Bahamas), e terá capacidade para receber navios de carga do tipo Post-Panamax, que vão transitar pelo Canal do Panamá quando a ampliação deste estiver completa, no ano que vem. A obra, erguida pela Odebrecht em parceria com a cubana Quality, custou 957 milhões de dólares, sendo 682 milhões de dólares financiados pelo BNDES. Em contrapartida, 802 milhões de dólares investidos na obra foram gastos no Brasil, na compra de bens e serviços comprovadamente brasileiros. Pelos cálculos da Odebrecht, este valor gerou 156 mil empregos diretos, indiretos e induzidos no País.
    A obra “se pagou”, mas o interesse do Brasil vai além disso. Há quatro aspectos importantes a serem analisados.
    O primeiro foi exposto por Dilma no discurso feito em Cuba. O Brasil quer, afirmou ela, se tornar “parceiro econômico de primeira ordem” de Cuba. As exportações brasileiras para a ilha quadruplicaram na última década, chegando a 450 milhões de dólares, alçando o Brasil ao terceiro lugar na lista de parceiros da ilha (atrás de Venezuela e China). A tendência é de alta se a população de Cuba (de 11 milhões de pessoas), hoje alijada da economia internacional, for considerada um mercado em potencial para empresas brasileiras.
    Esse mercado só será efetivado, entretanto, se a economia cubana deixar de funcionar em seu modo rudimentar atual. Como afirmou o subsecretário-geral da América do Sul do Ministério das Relações Exteriores, embaixador Antonio José Ferreira Simões, o modelo econômico de Cuba precisa “de uma atualização”. O porto de Mariel é essencial para isso, pois será acompanhado de uma Zona Especial de Desenvolvimento Econômico criada nos moldes das existentes na China. Ali, ao contrário do que ocorre no resto do país, as empresas poderão ter capital 100% estrangeiro. Dono de uma relação favorável com Cuba, o Itamaraty está buscando, assim, completar uma de suas funções primordiais: mercado para as empresas brasileiras. Não é à toa, portanto, que o Brasil abriu uma nova linha de crédito, de 290 milhões de dólares, para a implantação desta Zona Especial em Mariel.
    Aqui entra o terceiro ponto, a localização de Mariel. O porto está a menos de 150 quilômetros do maior mercado do mundo, o dos Estados Unidos. Ainda está em vigor o embargo norte-americano a Cuba, mas ele é insustentável a longo prazo. “O embargo não vai durar para sempre e, quando cair, Cuba será estratégica para as companhias brasileiras por conta de sua posição geográfica”, disse à Reuters uma fonte anônima do governo brasileiro. Tendo em conta que a população cubana ainda consistirá em mão de obra barata para as empresas ali instaladas, fica completo o potencial comercial de Mariel.
    Há ainda um quarto ponto. Ao transformar Cuba em parceira importante, o Brasil amplia sua área de influência nas Américas em um ponto no qual os Estados Unidos não têm entrada. A administração Barack Obama é favorável ao fim do embargo, como deixou claro o presidente dos EUA em novembro passado, quando pediu uma “atualização” no relacionamento com Cuba. Ocorre que a Casa Branca não tem como derrubar o embargo atualmente diante da intensa pressão exercida no Congresso pela bancada latina, em sua maioria linha-dura. No vácuo dos EUA, cresce a influência brasileira.
    Grande parte das críticas ao relacionamento entre Brasília e Cuba ataca o governo brasileiro por se relacionar com uma ditadura que não respeita direitos humanos. Tal crítica tem menos análise de política externa do que ranço ideológico, como prova o silêncio quando em destaque estão as relações comerciais do Brasil com a China, por exemplo. Não há, infelizmente, notícia de um Estado que paute suas relações exteriores pela questão de direitos humanos. Se a regra fosse essa, possivelmente o mundo não seria a lástima que é.
    Soma-se a isso o fato de que manter boas relações com Cuba é uma prática do Estado brasileiro, não do governo atual. As relações Brasília-Havana foram reatadas em 1985 e têm melhorado desde então. Em 1992, no governo Fernando Collor, houve uma tentativa de trocar votos em eleições para postos em organizações internacionais. A prática, como a Folha de S.Paulo mostrou em 2011, continuou no governo de Fernando Henrique Cardoso (PSDB), sob o qual o Brasil também fechou parcerias e intercâmbios com Cuba.
    Esse texto foi tirado da Carta Capital, Veja, Folha , O Estado etc………
    Burro Ignorante.

  • Volta Lula

    VOLTA LULA! e traga de volta as DUAS REFINARIAS que VOCÊ DOOU para a BOLÍVIA!

    VOLTA LULA! e traga de volta os 1,2 BILHÕES DE DÓLARES que VOCÊ “EMPRESTOU” para HUGO CHÁVEZ!

    VOLTA LULA! e traga de volta os BILHÕES DE DÓLARES que VOCÊ MANDOU para CUBA, HAITI E OUTROS, QUE AQUI TAMBÉM TEM CRIANÇAS MORRENDO DE ANEMIA;

    VOLTA LULA! e traga de volta os 10,6 BILHÕES DE REAIS que VOCÊ EMPRESTOU para o EIKE BATISTA (SEU TESTA DE FERRO) E QUE AGORA ESTÁ EM SITUAÇÃO PRÉ-FALIMENTAR!

    VOLTA LULA! e traga de volta os 25 MILHÕES DE EUROS que VOCÊ LEVOU com a ROSE para PORTUGAL;

    Volta Lula, e explica o MENSALÃO, que vc planejou e que tinha o “Quartel General” ao lado da sua sala…

    Volta Lula, e explica o fenômeno “ROSE”;

    Volta Lula, e explica os 6.000 médicos cubanos;

    Volta Lula, e explica a falência do SUS;

    Volta Lula e explica onde foi parar a reabilitação da indústria naval brasileira;

    Volta Lula e explica os 4,8 bilhões gastos na transposição do Rio São Francisco e que hoje está tudo abandonado…

    Volta Lula, e explica os 0,20 centavos mais caros do planeta;

    Volta Lula e explica os 39 ministérios;

    Volta Lula, e explica a falência da Petrobras;

    Volta Lula e explica os 20% de inadimplência do programa eleitoral “minha casa minha vida”, que os brasileiros que trabalham terão que pagar. Observe também que a taxa de inadimplência de 16% gerou a crise imobiliária de 2007 dos Estados Unidos.

    Volta Lula e explica o que aconteceu com o óleo de mamona que ia ser a independência energética do Brasil;

    Volta Lula, e explica, o PRE-SAL;

    Volta Lula, e explica essa sua criação, o poste “DILMA” que você plantou em Brasilia…

    Volta Lula, para se explicar e devolver 1,2 tri que o BNDES com o seu aval repassou para (gastar) com empresas “amigas”, como JBS e BRF…

    Volta Lula e explica porque o ministro do supremo Roberto Barroso passou a semana passada tentando explicar o contrato milionário que o governo por meio da Eletronorte, concedeu recentemente sem licitação, a seu escritório de advocacia do Rio de Janeiro.

    Milhões de Brasileiros estão decepcionados: O LULA ESTÁ MUDO!

    Todos sabem que, se o Lula se explicar, O PT E OS ALIADOS SERÃO TRANCAFIADOS!

    Volta Lula

    Quanto mais melhor!!!!!

  • LULA FUJÃO

    Lula estará fora do país quando o TRF-4 anunciar a decisão sobre o recurso de sua condenação. Será que ele volta ?

    Lula estará na África quando sair decisão de seu julgamento.

    SERÁ QUE VOLTA ?????

    O ex-presidente Lula anunciou que estará na África no dia 26 de janeiro em um evento da FAO (Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura), entidade comandada pelo amigo petista José Graziano, ex-ministro do governo Lula.
    Não há como não ver como desconfiança uma viagem internacional programada para uma data emblemática. No dia 24 de janeiro ocorre no TRF-4, o julgamento do recurso do ex-presidente Lula, relativo a ação penal em que o petista foi condenado pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro no caso do triplex do Guarujá.
    Quando o colegiado anunciar a decisão de segunda instância por volta do dia 28 de janeiro, Lula estará fora do país, em um continente onde possui relações estreitas com governantes corruptos para os quais enviou bilhões do dinheiro do contribuinte brasileiro.
    Caso o TRF-4 confirme a condenação do petista, Lula terá que entrar com um habeas corpus preventivo para evitar a prisão, além de eventuais embargos, dependendo da forma que os desembargadores votarem pela condenação.
    Neste caso, o petista terá que recorrer ao Supremo Tribunal de Justiça, tanto no caso do habeas corpus quanto aos eventuais recursos. Mesmo que exista a possibilidade de recorrer ao Supremo Tribunal Federal, Lula não precisa estar necessariamente no país.
    Segundo a Folha, ” Alguns petistas têm recomendado que o ex-presidente cancele a viagem.

  • VOLTA LULA:——preste atenção seu mente capito :—-

    Volta FHC direitas FDP igual ao pseudo ai de cima:—

    A lista dos crimes tucanos

    1) Denúncias abafadas: Já no início do seu primeiro mandato, em 19 de janeiro de 1995, FHC fincou o marco que mostraria a sua conivência com a corrupção. Ele extinguiu, por decreto, a Comissão Especial de Investigação, criada por Itamar Franco e formada por representantes da sociedade civil, que visava combater o desvio de recursos públicos. Em 2001, fustigado pela ameaça de uma CPI da Corrupção, ele criou a Controladoria-Geral da União, mas este órgão se notabilizou exatamente por abafar denúncias.
    2) Caso Sivam: Também no início do seu primeiro mandato, surgiram denúncias de tráfico de influência e corrupção no contrato de execução do Sistema de Vigilância e Proteção da Amazônia (Sivam/Sipam). O escândalo derrubou o brigadeiro Mauro Gandra e serviu para FHC “punir” o embaixador Júlio César dos Santos com uma promoção. Ele foi nomeado embaixador junto à FAO, em Roma, “um exílio dourado”. A empresa ESCA, encarregada de incorporar a tecnologia da estadunidense Raytheon, foi extinta por fraude comprovada contra a Previdência. Não houve CPI sobre o assunto. FHC bloqueou.
    3) Pasta Rosa: Em fevereiro de 1996, a Procuradoria-Geral da República resolveu arquivar definitivamente os processos da pasta rosa. Era uma alusão à pasta com documentos citando doações ilegais de banqueiros para campanhas eleitorais de políticos da base de sustentação do governo. Naquele tempo, o procurador-geral, Geraldo Brindeiro, ficou conhecido pela alcunha de “engavetador-geral da República”.
    4) Compra de votos: A reeleição de FHC custou caro ao país. Para mudar a Constituição, houve um pesado esquema para a compra de voto, conforme inúmeras denúncias feitas à época. Gravações revelaram que os deputados Ronivon Santiago e João Maia, do PFL do Acre, ganharam R$ 200 mil para votar a favor do projeto. Eles foram expulsos do partido e renunciaram aos mandatos. Outros três deputados acusados de vender o voto, Chicão Brígido, Osmir Lima e Zila Bezerra, foram absolvidos pelo plenário da Câmara. Como sempre, FHC resolveu o problema abafando-o e impedido a constituição de uma CPI.
    5) Vale do Rio Doce: Apesar da mobilização da sociedade em defesa da CVRD, a empresa foi vendida num leilão por apenas R$ 3,3 bilhões, enquanto especialistas estimavam seu preço em ao menos R$ 30 bilhões. Foi um crime de lesa-pátria, pois a empresa era lucrativa e estratégica para os interesses nacionais. Ela detinha, além de enormes jazidas, uma gigantesca infra-estrutura acumulada ao longo de mais de 50 anos, com navios, portos e ferrovias. Um ano depois da privatização, seus novos donos anunciaram um lucro de R$ 1 bilhão. O preço pago pela empresa equivale hoje ao lucro trimestral da CVRD.
    6) Privatização da Telebrás: O jogo de cartas marcadas da privatização do sistema de telecomunicações envolveu diretamente o nome de FHC, citado em inúmeras gravações divulgadas pela imprensa. Vários “grampos” comprovaram o envolvimento de lobistas com autoridades tucanas. As fitas mostraram que informações privilegiadas foram repassadas aos “queridinhos” de FHC. O mais grave foi o preço que as empresas privadas pagaram pelo sistema Telebrás, cerca de R$ 22 bilhões. O detalhe é que nos dois anos e meio anteriores à “venda”, o governo investiu na infra-estrutura do setor mais de R$ 21 bilhões. Pior ainda, o BNDES ainda financiou metade dos R$ 8 bilhões dados como entrada neste meganegócio. Uma verdadeira rapinagem contra o Brasil e que o governo FHC impediu que fosse investigada.
    7) Ex-caixa de FHC: A privatização do sistema Telebrás foi marcada pela suspeição. Ricardo Sérgio de Oliveira, ex-caixa das campanhas de FHC e do senador José Serra e ex-diretor do Banco do Brasil, foi acusado de cobrar R$ 90 milhões para ajudar na montagem do consórcio Telemar. Grampos do BNDES também flagraram conversas de Luiz Carlos Mendonça de Barros, então ministro das Comunicações, e André Lara Resende, então presidente do banco, articulando o apoio da Previ para beneficiar o consórcio do Opportunity, que tinha como um dos donos o economista Pérsio Arida, amigo de Mendonça de Barros e de Lara Resende. Até FHC entrou na história, autorizando o uso de seu nome para pressionar o fundo de pensão. Além de “vender” o patrimônio público, o BNDES destinou cerca de 10 bilhões de reais para socorrer empresas que assumiram o controle das estatais privatizadas. Em uma das diversas operações, ele injetou 686,8 milhões de reais na Telemar, assumindo 25% do controle acionário da empresa.
    8) Juiz Lalau: A escandalosa construção do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo levou para o ralo R$ 169 milhões. O caso surgiu em 1998, mas os nomes dos envolvidos só apareceram em 2000. A CPI do Judiciário contribuiu para levar à cadeia o juiz Nicolau dos Santos Neto, ex-presidente do TRT, e para cassar o mandato do senador Luiz Estevão, dois dos principais envolvidos no caso. Num dos maiores escândalos da era FHC, vários nomes ligados ao governo surgiram no emaranhado das denúncias. O pior é que FHC, ao ser questionado por que liberara as verbas para uma obra que o Tribunal de Contas já alertara que tinha irregularidades, respondeu de forma irresponsável: “assinei sem ver”.
    9) Farra do Proer: O Programa de Estímulo à Reestruturação e ao Sistema Financeiro Nacional (Proer) demonstrou, já em sua gênese, no final de 1995, como seriam as relações do governo FHC com o sistema financeiro. Para ele, o custo do programa ao Tesouro Nacional foi de 1% do PIB. Para os ex-presidentes do BC, Gustavo Loyola e Gustavo Franco, atingiu 3% do PIB. Mas para economistas da Cepal, os gastos chegaram a 12,3% do PIB, ou R$ 111,3 bilhões, incluindo a recapitalização do Banco do Brasil, da CEF e o socorro aos bancos estaduais. Vale lembrar que um dos socorridos foi o Banco Nacional, da família Magalhães Pinto, a qual tinha como agregado um dos filhos de FHC.
    10) Desvalorização do real: De forma eleitoreira, FHC segurou a paridade entre o real e o dólar apenas para assegurar a sua reeleição em 1998, mesmo às custas da queima de bilhões de dólares das reservas do país. Comprovou-se o vazamento de informações do Banco Central. O PT divulgou uma lista com o nome de 24 bancos que lucraram com a mudança e de outros quatro que registraram movimentação especulativa suspeita às vésperas do anúncio das medidas. Há indícios da existência de um esquema dentro do BC para a venda de informações privilegiadas sobre câmbio e juros a determinados bancos ligados à turma de FHC. No bojo da desvalorização cambial, surgiu o escandaloso caso dos bancos Marka e FonteCindam, “graciosamente” socorridos pelo Banco Central com 1,6 bilhão de reais. Houve favorecimento descarado, com empréstimos em dólar a preços mais baixos do que os praticados pelo mercado.
    11) Sudam e Sudene: De 1994 a 1999, houve uma orgia de fraudes na Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), ultrapassando R$ 2 bilhões. Ao invés de desbaratar a corrupção e pôr os culpados na cadeia, FHC extinguiu o órgão. Já na Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), a farra também foi grande, com a apuração de desvios de R$ 1,4 bilhão. A prática consistia na emissão de notas fiscais frias para a comprovação de que os recursos do Fundo de Investimentos do Nordeste foram aplicados. Como fez com a Sudam, FHC extinguiu a Sudene, em vez de colocar os culpados na cadeia.
    Tem mais.

  • VOLTA LULA antes de lhe dar alguns ensinamentos sobre economia, preste atenção nesta fotografia, para ver quem emprestou para quem:—
    *****http://www.tijolaco.com.br/blog/wp-content/uploads/2014/01/fhcfidelchavez.jpg

    1..IMBECIL agora quanto a questão da Bolívia:—Ao lado do segundo homem na cadeia de comando da Bolívia (Álvaro García Linera), Lula revelou que foi consultado por Evo Morales, então candidato a presidente do país vizinho, sobre a possibilidade de estatizar as plantas da Petrobrás em território boliviano.
    “O Evo me perguntou: ‘como vocês ficarão se nós nacionalizarmos a Petrobrás‘. Respondi: ‘o gás é de vocês‘. E foi assim que nos comportamos” disse Lula.”
    Em 2007, o G1 fez um levantamento dos investimentos da Petrobras na Bolívia, na época, a empresa respondia por impressionantes 18% do PIB do país.
    “Conheça, passo a passo, a história da Petrobras na Bolívia
    Empresa investiu mais de US$ 1,5 bilhão no país desde 1994.
    Antes da nacionalização, Petrobras respondia por 18% do PIB boliviano.
    1991
    O primeiro passo para a entrada da Petrobras no mercado boliviano foi a assinatura da Carta de Intenção de Integração Energética Bolívia-Brasil. A Petrobras começou a prospectar a possibilidade de explorar as reservas de gás natural na Bolívia.
    A Petrobras começa a investir mais pesadamente na Bolívia e a procurar fontes de gás natural nas montanhas bolivianas. Desde 1994, a Petrobras investiu US$ 1,5 bilhão no país, tornando-se a maior companhia em território boliviano e respondendo por 20% dos investimentos no país.
    1995
    A subsidiária da empresa brasileira passa a existir oficialmente na Bolívia. A empresa dá os primeiros passos para a operação em toda a cadeia produtiva e comercial do gás (produção, distribuição e venda).
    1996
    A empresa começa a operar oficialmente, sob o nome Petrobras Bolívia S.A. (PEB). A PEB e a Yacimientos Petroliferos Fiscales Bolivianos (YPFB) assinam acordo para a construção do Gasoduto Brasil-Bolívia.
    1997
    Começa a construção do gasoduto Brasil-Bolívia, obra com custo total de US$ 8 bilhões, divididos entre o governo da Bolívia e a Petrobras.
    1999
    Em dezembro, a Petrobras, em sociedade com a Pérez Companc, adquire as duas maiores refinarias da Bolívia: Guillermo Elder Bell, de Santa Cruz de La Sierra, e Gualberto Villarroel, de Cochabamba, criando uma nova companhia, a Petrobras Bolivia Refinación.
    2000
    O gasoduto Brasil-Bolívia fica pronto. O número de funcionários da PEB, com a abertura do setor de refino, aumenta em 800%.
    2001
    Com crescente atuação no refino de derivados de petróleo, a Petrobras começa atuar com rede de postos de bandeira própria na Bolívia. Hoje, um quarto dos postos de combustíveis existentes na Bolívia têm a marca Petrobras, e a empresa produz 100% da gasolina e 60% do óleo diesel consumidos pelos bolivianos.
    Quem governou a Bolívia de 1991 a 2001.
    **O que é a Bolivia hoje? a Bolívia está há mais de uma década crescendo a uma média anual de 5% – muito superior à dos Estados Unidos e à dos países sul-americanos.
    Apesar da crise no preço das commodities, o governo boliviano conseguiu manter o ritmo e foi cuidadoso para não desperdiçar o dinheiro que entrou após a nacionalização do gás e do petróleo em 2006.
    O país tem crescido muito graças às exportações de gás natural que vende ao Brasil e à Argentina, o que gera o risco de ancorar seu crescimento a esse recurso. E, embora tenha feito esforços para diversificar a economia.
    Entendeu seu Babaca.
    ***Veja se nesta fotografia você seu Ameba vê Lula?
    http://www.tijolaco.com.br/blog/wp-content/uploads/2014/01/fhcfidelchavez.jpg
    2..IMBECIL vamos falar de Eike , Eletropaulo, EAS, Grupo Vicunha
    O ex-presidente do BNDES Eleazar de Carvalho Filho defendeu, em depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do BNDES, operações de crédito feitas pelo banco no período em que ocupou a presidência do banco, em 2002 e início de 2003 – durante o Governo Fernando Henrique Cardoso (FHC). Ele e o também ex-presidente da entidade Carlos Lessa foram ouvidos como testemunhas em reunião que durou quase cinco horas.
    Carvalho foi questionado a respeito de operações de crédito que permitiram a compra da estatal paulista Eletropaulo pela empresa francesa EAS e a que possibilitou o grupo Vicunha assumir o controle da Companhia Siderúrgica Nacional.- e um empréstimo a Eike Batista
    “Gostaria de lembrar que a CPI foi criada para investigar as operações do banco a partir de 2003 e ele ficou na presidência do banco por apenas oito dias úteis no início do mandato do ex-presidente Lula”, protestou o deputado João Gualberto (PSDB-BA).“O depoente está livre para responder se quiser”, disse o relator da CPI, deputado José Rocha (PR-BA). Carvalho concordou em responder as questões.
    Acusado de improbidade
    Carvalho é um dos quatro ex-presidentes do BNDES acusados pelo Ministério Público de improbidade administrativa na concessão de empréstimos, para a privatização da Eletropaulo, entre 98 e 2001 e empréstimo a Eike Batista, utyilizar o dinheiro em suas obras, no Brasil.
    “A ação teve um cunho ideológico para questionar a privatização. Em 1998, o BNDES financiava qualquer consórcio vencedor, no processo de privatização, com 50% do valor da compra”, explicou.
    A Eletropaulo foi vendida à Lightgás, em abril de 98, pelo preço mínimo estipulado no edital: US$ 1,78 bilhão. O BNDES emprestou metade do valor, para pagamento em nove parcelas semestrais e os pagamentos acabaram renegociados por inadimplência.
    3. Imbecil quanto a Venezuela e Cuba:—-Depois do “mico aéreo” e do “mico da conta do restaurante”, agora o PSDB parte para o “mico cubano”, publicando – com farta reprodução nos jornais – um comunicado em que critica os empréstimos do BNDES às obras do porto de Mariel, em cuba e diz que os “recursos que vão para a ilha da ditadura castrista – e também para a Venezuela chavista e para outros países, notadamente os ideologicamente alinhados – são os mesmos que faltam para obras estruturantes no Brasil, em especial as de mobilidade urbana nas nossas metrópoles.”
    Ontem eu tratei a sério disso, aqui, mostrando que o dinheiro é emprestado – tem sido pago em dia – para aquisições de mercadorias e serviços no Brasil.
    Mas tem limite a cara de pau.
    Qualquer dia eu vou começar a imprimir e guardar as notícias das coisas que o governo tucano fazia e a posição “indignada” do PSDB sobre as mesmas coisas no governo petista.
    E esta é uma delas.
    Fernando Henrique diretamente e o BNDES, sob seu comando fizeram empréstimos a Cuba, aliás muito incorretamente.
    Aqui está o memorando de entendimento entre Brasil e Cuba para financiar a compra de alimentos com recursos orçamentários – reparem, orçamentários, diretamente da União – através do Proex (leia-se Banco do Brasil) em US$ 15 milhões, firmado em 1998.
    Mas foi comida, aí era humantário? E o que dizem do financiamento a ônibus de turismo para a ilha de Fidel, como está consignado no relatório de atividades do BNDES do ano de 2000?
    “(…)o apoio do BNDES a exportações de ônibus de turismo e urbanos para Cuba somou cerca de US$ 28 milhões. Cabe destacar o financiamento concedido para a aquisição de 125 ônibus Busscar com mecânica Volvo, utilizados na dinamização da atividade turística desse país, no valor total de US$ 15 milhões”
    Mas teve também para a “Venezuela chavista” de que fala a nota do PSDB:
    “Projeto da Linha IV do Metrô de Caracas (Construtora Norberto Odebrecht S.A.) – Construção do primeiro trecho, com extensão de 5,5 km. O investimento total do projeto soma US$ 183 milhões, sendo o financiamento do BNDES de US$ 107,5 milhões, correspondentes a 100% das exportações brasileiras de bens e serviços e ao seguro de crédito às exportações.”
    Uai, igualzinho ao Porto de Mariel? E com a mesma empreiteira, a Odebrecht?
    É verdade que os tucanos fazem uma ressalva: “Fosse o Brasil um país que esbanjasse dinheiro e com questões de infraestrutura e logística resolvidas, poderia até ser compreensível.”
    Fico imaginando a cara de Aécio Neves diante de algum repórter que lhe perguntasse se no governo FHC podia-se emprestar dinheiro à Cuba e à Venezuela porque não existiam problemas de logística e infra-estrutura no Brasil dos tucanos.
    4..Seu BURRO ai esta Cuba.
    ***Vê se nesta fotografia Lula Esta? seu Noia
    http://www.tijolaco.com.br/blog/wp-content/uploads/2014/01/fhcfidelchavez.jpg
    Fernando Henrique diretamente e o BNDES, sob seu comando, fizeram empréstimos a Cuba, aliás muito incorretamente. Aqui está o memorando de entendimento entre Brasil e Cuba para financiar a compra de alimentos com recursos orçamentários – reparem, orçamentários, diretamente da União – por meio do Proex (leia-se Banco do Brasil) em US$15 milhões, firmado em 1998.
    Mas foi comida, aí era humanitário? E o que dizem do financiamento a ônibus de turismo para a ilha de Fidel, como está consignado no relatório de atividades do BNDES do ano de 2000?
    […] o apoio do BNDES a exportações de ônibus de turismo e urbanos para Cuba somou cerca de US$28 milhões. Cabe destacar o financiamento concedido para a aquisição de 125 ônibus Busscar com mecânica Volvo, utilizados na dinamização da atividade turística desse país, no valor total de US$15 milhões”
    Mas teve também para a “Venezuela chavista” de que fala a nota do PSDB:
    “Projeto da Linha IV do Metrô de Caracas (Construtora Norberto Odebrecht S.A.) – Construção do primeiro trecho, com extensão de 5,5 km. O investimento total do projeto soma US$183 milhões, sendo o financiamento do BNDES de US$107,5 milhões, correspondentes a 100% das exportações brasileiras de bens e serviços e ao seguro de crédito às exportações.
    5..Seu BURRO essa você não colocou–Nos meses finais de FHC no Planalto, BNDES salvou Net, da família Marinho, com injeção de R$ 300 milhões; 80% do dinheiro novo foi público.
    ***Veja quem são na fotografia:–
    http://www.tijolaco.com.br/blog/wp-content/uploads/2014/01/fhcfidelchavez.jpg
    6. Seu Umbecil caso Rose ( apesar de saber que você como um inútil que é e ao mesmo tempo um analfabeto pegou todas as noticias no Google ), preste atenção:-A agência central do Banco Espírito Santo na cidade do Porto já foi sondada sobre o assunto, mas a lei de sigilo bancário impede que seja dada qualquer informação. Porém a empresa que presta serviço de carros para transporte de valores também exige o pagamento por parte do depositário de um seguro de valores, devidamente identificado o beneficiário e o responsável pelo transporte do dinheiro.
    Na apólice do seguro feito no Porto está escrito: “Responsável pelo transporte: Rosemary Noronha”. E o beneficiário, o felizardo dono dos 25 milhões de euros, alguém imagina quem é? Será que ele não sabia? A coisa foi tão primária que até eu fico em dúvida se é possível tanta burrice.
    Esses documentos estão arquivados na alfândega do aeroporto internacional Francisco Sá Carneiro, na cidade do Porto. O dinheiro está protegido pelo sigilo bancário, mas os demais documentos não são bancários, logo não estão sujeitos a sigilo. A apólice para transportar o dinheiro para o Banco Espírito Santo é pública, e basta que as autoridades do Ministério Público ou da Polícia Federal solicitem às autoridades portuguesas.
    Este fato gravíssimo já é do conhecimento da alta cúpula do governo federal em Brasília, inclusive do ministro da Justiça. Agora as providências só precisam ser adotadas. É uma bomba de muitos megatons, que faz o Mensalão parecer bombinha de festa junina.
    Se realmente tem alguma coisa contra Lula por que a Lava Jato com sua autoridade não foi fiscalizar, pois todos os documentos não tem sigilo, será que não tem mais gente principalmente do PSDB e a máfia do PMDB por trás.
    Seu abestado mais tarde tem mais antes uma ultima informação seu ASNO:——mas aprenda uma coisa A Nova Ordem Econômica Internacional foi imposta por um conjunto de propostas elaboradas e expressas pela Assembleia Geral das Nações Unidas nos documentos “Declaração de Estabelecimento de uma Nova Ordem Econômica Mundial” “Plano de Ação para o Estabelecimento de uma Nova Ordem Econômica Mundial” e “Carta de Direitos e Deveres dos Estados” (Resolução 3.281, de 12 de Dezembro de 1974).
    O objetivo era e é diminuir a disparidade de poder nas relações econômicas entre países industrializados e países em desenvolvimento.
    As propostas situam-se em torno de algumas reivindicações específicas dos países em desenvolvimento, dentre os quais podemos citar:
    – estabilidade de preços para commodities e matéria prima;
    – transferência de recursos de países ricos para pobres;
    – industrialização e tecnologia;
    – corporações transnacionais;
    – acesso a mercados;
    – reforma no Sistema Monetário Internacional;
    – maior poder nas discussões internacionais.
    Seu ENERGÚMENO nenhum país vive sozinho. Depois eu continuo sua Besta.

  • VOLTA LULA seu imbecil por que os médicos cubanos no Brasil? por que os médicos brasileiros não enfrentam os lugares mais distante do Brasil, só querem cidades grandes.
    ***** LARAPIO outro ,motivo:–médicos brasileiros As investigações sobre a máfia das próteses, que o Fantásticodenunciou em janeiro, começaram a ter consequência. Esta semana, foi decretada a prisão de oito pessoas acusadas de envolvimento no esquema. Até cirurgias falsas foram descobertas: o médico dizia que ia colocar um implante no coração do doente, fazia a operação, mas não implantava nada. É um sofrimento para as famílias das vítimas.
    Uma dúvida atormenta a dona de casa Célia Guedes. A irmã dela, Gislene, morreu há 20 dias, depois de fazer uma cirurgia no coração. Dona Célia teme que a irmã tenha sido vítima da ganância do médico que a operou. A suspeita não é à toa.
    O cardiologista Zandonai Miranda foi um dos sete presos esta semana pela Polícia Federal, acusados de participar da máfia das próteses, que o Fantástico denunciou no começo do ano.
    *****Vai lendo seu ESTRUME—-*Médico preso por desviar milhões do SUS era ‘militante anti-corrupção’
    Nas redes sociais, um discurso moralista em defesa da ética e várias imagens em passeatas “contra a corrupção, a favor do impeachment de Dilma, da prisão de Lula e da extinção do PT”. Na vida cotidiana, o neurocirurgião Erich Fonoff integrava esquema fraudulento no SUS. O médico foi preso pela Polícia Federal
    *****Continua lendo seu MERDA—-Mais de dez vítimas já confirmaram na polícia que pagaram para ser operadas no hospital da cidade de Colina, em São Paulo. O hospital é público, mantido pelo SUS e por isso não pode cobrar nada dos pacientes. Mas uma mulher relatou que foi ameaçada durante uma cirurgia, por não ter concordado em ‘colaborar’ com os responsáveis pela operação dela.
    Uma das vítimas, que não quer ser identificada por medo, passou por uma cirurgia pelo SUS, em um hospital público de Colina.O médico cobrou R$ 1.300 pelo procedimento e o anestesista teria exigido mais 40% do valor. Como ela não sabia de nada, o drama começou no centro cirúrgico. “Falou que era pra eu ser sincera, se eu estava pagando ou não a cirurgia se não estivesse pagando ele pararia a operação.
    *****Vai lendo seu FDP, ai esta também por que o SUS não vai muito bem:– PF investiga desvio de produtos do SUS e pagamento de propina em MG.
    Operação ‘Desiderato’ foi deflagrada em MG, SP, RJ e SC.
    Esquema é formado principalmente por empresários e médicos.ASSIM NÃO HÁ SUS QUE AGUENTA.
    A Polícia Federal realiza, uma operação com o objetivo de desarticular uma organização criminosa que desviava verbas do Sistema Único de Saúde (SUS). Sete pessoas já foram detidas, cinco em Montes Claros, uma em Belo Horizonte e uma no Rio de Janeiro. A ação denominada “Desiderato” acontece em Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro e Santa Catarina.
    Estão sendo cumpridos sete mandados de condução coercitiva, oito de prisão temporária, além de 21 mandados de busca e apreensão e 36 de sequestro de bens e valores.
    De acordo com a PF, produtos pagos pelo SUS eram desviados por cardiologistas para fins particulares. Além disto, os médicos beneficiavam empresas fornecedoras de materiais hospitalares e recebiam propina em troca.
    TA VENDO SEU MISERÁVEL POR QUE TEM MÉDICOS CUBANOS NO BRASIL E O SUS NÃO VAI PARA FRENTE E TU POR SER UM INCOMPETENTE, UM ASNO, UM DELINQUENTE, UM CRÁPULA QUER COLOCAR A CULPA NA ESQUERDA BRASILEIRA.

  • VOLTA LULA em minha vida nunca vi ou ouvi ou li um mentecapto de tamanha proporções igual a ti um quadrupede que vive só de escrever o que vê ou lê no Facebook ou no Google, não se preocupando em pesquisar achando que todos que leem este Blog é um ASNO igual a ti.

    http://www.tijolaco.com.br/blog/wp-content/uploads/2014/01/fhcfidelchavez.jpg

    *****1.. A indústria naval brasileira encontra-se entre as quatro maiores do mundo, atrás apenas dos asiáticos: China, Coréia do Sul e Japão. Segundo Ariovaldo Rocha, presidente do SINAVAL (Sindicato Nacional da Indústria da Construção e Reparação Naval e Offshore), esses países tratam o setor como um projeto do governo e sociedade. “Na China, os estaleiros são empresas estatais. Na República da Coreia, o governo dá forte apoio à construção naval, financia tecnologia e a formação de pessoal. Portanto, é difícil falar no preço internacional de um navio, quando a Organização Mundial do Comércio (OMC) reconhece que, nesse setor, todos os países têm elaborados sistemas de subsídios”, comentou.
    A retomada do setores sta sendo aos poucos mas nos estamos crescendo, para atingirmos os anos de glória que vai de 2006 a 2015.
    Hoje, o Brasil não é muito diferente dos países que lideram a produção. Apesar do aumento das importações de embarcações nos últimos cinco anos, desde a metade da década de 1990, o setor voltou a contar com forte estímulo do governo. No segundo mandato do então presidente Fernando Henrique Cardoso, foi aprovada a Lei do Petróleo e a Petrobrás passou a liderar o mercado de contratação de embarcações de apoio marítimo via licitações, que originaram encomendas nos estaleiros nacionais.

    Nesse sentido foi criado em 2002, o Prorefam (Programa de Renovação da Frota de Apoio Marítimo), que tem o objetivo de substituir importações e estimular a produção de embarcações nacionais. Ainda no fim da administração de FHC e inicio do governo de Lula, nasceu o programa Navega Brasil, que modificou as condições de crédito aos armadores (empresas proprietárias de embarcações) e estaleiros, aumentando a participação do FMM (Fundo de Marinha Mercante) nas operações da indústria naval de 85% para 90%.
    A partir de 2003, a segunda rodada do Prorefam contratou 30 novas embarcações nacionais e modernizou outras 21. O ex-presidente Lula determinou prioridade para estaleiros locais de navios e equipamentos de exploração e produção de petróleo pela Petrobrás. Isso atraiu grandes grupos empresariais do país a investirem no setor.
    O Prorefam aumentou significativamente a demanda do setor e reativou indústria naval brasileira. A prioridade dada por lei à bandeira brasileira nos serviços de apoio marítimo aqueceu o mercado interno e estimulou toda a cadeia produtiva do país. O presidente do SINAVAL é enfático na defesa do programa. “A frota de petroleiros para transporte de petróleo e derivados na costa brasileira e no transporte internacional era composta de navios com idade acima dos 20 anos, e precisava de renovação”, afirmou Ariovaldo.
    O emprego na indústria naval deu um enorme salto de nos últimos 13 anos. No ano 2000, apenas 1.910 pessoas trabalhavam no setor. Segundo último levantamento, em setembro de 2013 esse número chegou à marca de 78.136 empregos. Ariovaldo Rocha afirma que nos próximos três anos 30 mil novos postos de trabalho serão gerados com a operação de mais seis estaleiros. “A decisão política do governo brasileiro de que as reservas de petróleo descobertas no mar territorial brasileiro deveriam reverter num benefício para a sociedade, com a geração de empregos e o desenvolvimento de um novo setor produtivo”, disse o presidente do SINAVAL.
    O Brasil possui hoje nove polos de construção naval. O maior deles é o do Rio de janeiro. Com 13 estaleiros em operação. Praticamente todos os tipos de embarcações são produzidos no estado que conta com 30.506 empregados.
    https://www.nexojornal.com.br/incoming/imagens/Transposi%C3%A7%C3%A3o-do-rio-S%C3%A3o-Francisco/ALTERNATES/LANDSCAPE_640/Transposi%C3%A7%C3%A3o%20do%20rio%20S%C3%A3o%20Francisco

    http://www.cartaeducacao.com.br/wp-content/uploads/2017/03/Transposicao-Sao-Francisco.jpg

    *****2..Transposição do Rio São Francisco—Para retirar 1,4% da água do São Francisco, foi elaborado um projeto de 477 km, que inclui a construção de aquedutos, subestações de energia elétrica e reservatórios. Ele interliga as bacia do rio São Francisco com as bacias do Nordeste Setentrional. O projeto é dividido nos eixos Norte e Leste. Quando estiver totalmente concluído, ele deve levar água para habitantes de 390 cidades de quatro estados: Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte.. OS EIXOS DA TRANSPOSIÇÃO Como estão as obras EIXO LESTE Dos 217 km, 96,9% estão prontos. Segundo o ministério, vai atender 4,5 milhões de pessoas em 168 municípios de Pernambuco e Paraíba. Atende atualmente cerca de 70 mil pessoas de duas cidades. Até abril, as águas devem chegar a outros 18 municípios ao longo do curso do rio Paraíba. EIXO NORTE Dos 260 km, 94,5% estão com as obras prontas, mas o trecho final ainda depende de licitação. O eixo vai atender 222 cidades e 7,5 milhões de pessoas. . A previsão do ministério é concluir tudo até o fim de 2017. Após a entrega, a manutenção do projeto caberá aos governos estaduais. A Agência Nacional de Águas ainda está formulando como será calculada a tarifa pelo uso da água do rio. Em 2007, a transposição era orçada em R$ 4,8 bilhões (R$ 8,5 bilhões em valor atual, corrigido pela inflação). Atualmente, o custo total estimado está em R$ 9,6 bilhões. 12 milhões é o número de pessoas que a transposição do São Francisco vai atender, segundo estimativas do governo federal A obra foi cercada de impasses. No fim de 2016, o TCU (Tribunal de Contas da União) incluiu trechos da transposição entre as obras federais com suspeitas de irregularidades, negadas pelo governo federal. Império pediu estudos sobre rio Materiais históricos indicam registros de estudos e projetos sobre o São Francisco já em meados dos anos 1800, período em que Dom Pedro 2º governava o Brasil. . O. Governo Lula tirou do papel : MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL – 16.OUT.2009 TRECHO DA OBRA DE TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO A ideia de retirar parte das águas do São Francisco continuou viva com a proclamação da República, em 1889, mas sem entrar na relação de prioridades dos presidentes. Só no governo Fernando Henrique (1995-2002) os projetos não foram adiante em razão de divergências técnicas. Lula, nascido em Pernambuco, colocou a transposição entre os projetos principais de seu governo. Quando foi eleito, em 2002, prometeu primeiro entregá-la em 2010, depois em 2012, o que não ocorreu. As obras começaram apenas em 2007. Falhas na elaboração do projeto e a demora para desapropriar terrenos onde as obras passariam foram alguns dos motivos alegados pelo governo para explicar o atraso da entrega. Dilma deu sequência e prometeu entregar tudo até 2016. Seu último ato relacionado à transposição foi uma visita à estação de bombeamento Cabrobó, no sertão pernambucano, em 6 de maio de 2016. Seis dias depois o Senado a afastou do cargo temporariamente durante o processo de impeachment. Para moradores, água é sinônimo de alívio O Eixo Leste não está totalmente concluído, mas o trecho inaugurado por Temer ( quem fez foi Lula e Dilma e temer foi gozar com o p…… dos outros ), representou para moradores de ao menos duas cidades a chegada da água. O semiárido nordestino chegou a ter 754 cidades em situação de emergência em razão da estiagem em 2016. É justamente essa região que a transposição promete atender e colocar fim a uma rotina de longas caminhadas em busca de água, de espera por caminhões-pipa e da morte de criações e hortas. De acordo com o ministério, a prioridade com a transposição é assegurar o consumo humano nas áreas mais afetadas pela seca, mas a água também vai contribuir para a irrigação de pequenas plantações e consumo animal. “Vocês que têm água não sabem o que é viver na seca. Essa água é redenção. Hoje começou uma nova história para o Nordeste”, afirmou Deociano Nascimento, morador de Monteiro (PB) ao jornal “O Estado de S. Paulo”. “É lindo demais [ver a água chegar]. Esse sofrimento vem de nossos avós e nossos pais. É uma bênção poder ver isso” Fabiana de Souza Rosa cabeleireira e técnica de enfermagem, moradora de Monteiro (PB), à “Folha de S.Paulo” “Vai ter irrigação para o povo, trabalho para o povo, não só para mim, mas para muita gente. Vai ajudar o nordestino. Essa é a riqueza maior do mundo” Rosemiro Gonçalves sinaleiro, morador de Monteiro (PB), ao programa Bom Dia Paraíba Ressalvas à obra persistem A expectativa dos moradores contrasta com a opinião de pesquisadores, para quem a obra tem eficiência limitada no combate à seca. Então, como aplicaram muito dinheiro nisso, estou rezando para que esse projeto saia e seja inaugurado”. Sem isso, segundo eles, além de poluir a água, a sobrevivência do rio fica ameaçada
    http://s2.glbimg.com/gTKtWHBsIneQCUl5db6cBEKqCU8=/620×465/s.glbimg.com/jo/g1/f/original/2017/02/14/agua_da_tranposicao_chengado_em_lago_do_eixo_leste.jpg
    As águas do Rio São Francisco percorreram metade do caminho da tranposição no Eixo Leste, entre a cidade de Petrolândia, no Sertão pernambucano, até a cidade Monteiro no Cariri da Paraíba. Dos 208 quilômetros de extensão da obra iniciada em 2007, a água percorreu mais de 100 km. A informação foi confirmada nesta terça-feira (14) pelo setor de engenharia da empresa responsável pela obra.
    A água captada do Rio São Francisco passa por seis estações elevatórias de água, cinco aquedutos, 23 segmentos de canais e ainda 12 reservatórios.
    A intenção da criação dos reservatórios é beneficiar as comunidades onde foram construídos e também garantir que a água não pare de correr pelos canais, caso seja necessário fazer algum reparo no trecho.
    Os 12 reservatórios são: Areais, Braúnas (o maior deles, com capacidade para mais de 14 milhões de metros cúbicos de água), Mandantes, Salgueiro (5,2 milhões de m³), Muquem, Cacimba Nova, Bagres, Copití, Moxotó, Barreiros, Campos (o segundo maior com 8 milhões de m³) e Barro Branco.
    https://www.nexojornal.com.br/incoming/imagens/transposicao_sao_francisco.jpg1/ALTERNATES/LANDSCAPE_640/transposicao_sao_francisco.jpg
    Seu IMBECIL veja como esta a transposição seu Asno.
    Depois tem mais seu psicopata.

  • VOLTA LULA eu acho que você e toda a sua prole estão doidas varridas ao comentar que a Petrobras esta falida, pois;
    ******Como uma “Petrobrás falida” quer ser comprada por multinacionais?
    Esta é uma publicação do Sindipetro-RJ, traz uma leitura sobre a influencia política e midiática no desmonte da Petrobrás, além de uma reflexão sobre as manobras escusas para garantir a privatização de um dos maiores patrimônios do Brasil.
    Apesar dos “prejuízos” reiterados e de toda a propaganda negativa, a Petrobrás é a grande cobiça do capital internacional. Em tom de pilhéria, o Senador Roberto Requião alertou: “ Temos que avisar aos gringos, eles vão comprar uma empresa falida!” A Petrobrás está longe de ser uma empresa falida. O pré-sal, que elevou as reservas da Petrobrás para mais de cem bilhões de barris, garante o abastecimento do país, no mínimo, nos próximos 50 anos. Que empresa dá esse retorno à nação?
    A Petrobrás responde, em média, por 13% do PIB. Além disso, a Petrobrás responde por 80% das obras do país. São milhões de empregos. Nos últimos anos o Brasil se tornou o segundo maior parque de obras do planeta, só perdendo para a China. A sociedade assiste à disputa do petróleo no mundo, através de guerras e derrubadas de governos, como tentam fazer na Rússia, na Venezuela, no Brasil e já fizeram na Líbia e no Iraque. Os EUA são os grandes saqueadores do petróleo mundial e são capazes de tudo para somar hidrocarboneto a suas reservas para se manterem como nação hegemônica no mundo. No Brasil, nem foi preciso o recurso extremo da guerra para usurpar nossas riquezas. Os ianques já contam com seus representantes no Congresso Nacional e no Judiciário, na mídia- em especial a Globo – além do seu braço partidário, o PSDB. Trata-se de uma verdadeira quadrilha, disposta a entregar nosso petróleo.
    O Congresso continua capitaneado pelo presidente deposto, Eduardo Cunha, que atua nas sombras. A Globo apoiou três golpes. O primeiro contra Getúlio Vargas; depois foi cúmplice da Ditadura Militar; agora, exerceu seu protagonismo no golpe contra o governo Dilma. O pano de fundo, em todos esses momentos obscuros da história, é sempre o interesse dos ianques no petróleo, sobretudo depois da descoberta do pré-sal. O PSDB tentou privatizar a Petrobrás com apoio da Globo. Na época, uma campanha publicitária veiculada na emissora comparava a Petrobrás a um paquiderme e chamava os petroleiros de marajás. Capacho da Chevron, José Serra está prestes a derrubar a Lei de Partilha. A lei já caiu no Senado e a qualquer momento será votado no plenário da Câmara.
    No âmbito do judiciário, a operação Lava Jato, chefiada por Sérgio Moro, foi premiada pela Globo. Moro diz combater a corrupção na Petrobrás, mas se nega a investigar os podres do período FHC, embora as denúncias tenham aparecido várias vezes em delação premiada. O próprio FHC reconheceu, em seu livro “Diários da Presidência”, que em seu governo havia corrupção na Petrobrás. Além de blindar FHC, Moro também não investiga nenhum parlamentar tucano citado na Lava Jato. Ainda que tenham sido várias vezes citados Antonio Anastasia, Aluysio Nunes, Aécio Neves.
    Como acreditar na farsa do combate à corrupção de Moro? Como se não bastasse, Moro convocou os promotores americanos para fiscalizar a Petrobrás, oficializando a espionagem. Pelos relevantes serviços prestados, o juiz da Lava Jato foi premiado pelo próprio governo americano e pelas revistas Fortune e Time. Se houvesse, de farto, interesse, seria fácil resolver a crise da Petrobrás e retomar o crescimento do país. Bastaria o tesouro nacional aportar recursos para que a Petrobrás volte ao patamar financeiro de outubro de 2014, quando começou a crise internacional. Inclusive retornando aos cofres da empresa o investimento feito pela Petrobrás, que por cerca de seis anos, importou diesel e gasolina, repassando o produto a preço subsidiado para não alimentar a inflação e aliviar o bolso do contribuinte.
    Entretanto, ao invés de oxigenar a Petrobrás, o governo interino de Michel Temer, sem nenhum voto, pretende retomar a “Privataria Tucana”. De forma absurda, anuncia que vai usar recursos do BNDES para facilitar a doação de nossas empresas, como fizeram no passado com a Vale do Rio Doce, a maior mineradora de ferro do mundo vendida a preço de banana. Agora a lista de privatização inclui Petrobras, Eletrobras, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Correios… No Governo de FHC, os petroleiros, com apoio da sociedade, realizaram uma greve de 32 dias, barrando a privatização. FHC não conseguiu doar a empresa, mas quebrou o monopólio. Mais uma vez os petroleiros estão sendo empurrados a uma greve nacional para barrar a entrega da Petrobrás. Será que Temer vai conseguir vender o Brasil?
    Responde seu Mastodonte

  • *****VOLTA LULA—– será que pelo tamanho de sua pequenez intelectual, sua mente ou cérebro composto só de merda, terá coragem e meios para responder tudo que lhe escrevi seu Palhaço. ( texto retirado da Carta Capital, Jornal Econômico e alguns Blogs de Renome ).
    Então vai mais uma sobre a Petrobras :–É fragilizando e desmoralizando a Petrobrás que o mercado sedento por lucro estimula um ambiente favorável não apenas para a privatização da empresa, mas também de nossos recursos naturais. O desinvestimento (privatização) aplicado na companhia pelo governo é um belo e amigo empurrão para a tentativa (histórica) tucana de entregar o pré-sal ao estrangeiro. Afinal, com uma empresa encolhida e privatizada, “parceiros” seriam fundamentais. Hoje, esse antigo desejo de entregar nosso petróleo às multinacionais parasitas é uma ameaça concreta e se materializa através do projeto de lei, aprovado no Senado (sob o nome PLS 131) e em breve apreciado pelo Congresso (sob a abreviatura PL 4567/16), que tira da Petrobrás a exclusividade da operação sobre o pré-sal, além da participação mínima de 30% na sua exploração. A entrega desta riqueza já está em curso, tal projeto aprofunda ainda mais este crime. Por conta de um acordo vergonhoso entre Serra (PSDB) e Dilma (PT), com fortes interesses internacionais por trás de todas essas manobras, uma riqueza que vale trilhões e pode tirar o país do atraso está sob risco.
    Deis mentiras sobre a Petrobrás que, todos os dias, se alastram pelos canais de comunicação da grande imprensa., da direita burguesa, capitalista e golpista

    1 -A PETROBRÁS SÓ DÁ PREJUÍZOS
    Para facilitar sua privatização, a grande imprensa e parte da classe política cria um cenário desastroso para a Petrobrás. Parte disso é supervalorizar suas dificuldades (que são reais, mas reversíveis) e aumentar o seu prejuízo, em boa parte especulativo. Uma simples comparação entre o valor de mercado (que é especulativo) e o valor patrimonial mostra que a desvalorização da Petrobrás é parte de uma campanha internacional para quebra-la. O valor de “mercado” caiu de R$ 380 bilhões em 2010 para R$ 128 bilhões em 2014, uma queda de 200%. Em janeiro de 2016, caiu mais ainda, para R$ 78,7 bilhões. Já o valor patrimonial manteve-se o mesmo entre 2010 e 2014 (R$ 314 bilhões). Em setembro de 2015 era de R$ 289,4 bilhões. Como pode dar prejuízo uma empresa que aumenta sua produção de petróleo e derivados ano após ano? Que aumenta suas vendas de combustíveis? Se garantirmos que a Petrobrás seja responsável pelas reservas do pré-sal o tal prejuízo simplesmente some! O pré-sal tem potencial de reserva de 300 bilhões de barris, dos quais 60 bilhões já foram descobertos pela Petrobrás. Esta riqueza está estimada em torno de 6 trilhões de dólares!
    2 – PETROBRÁS É INCAPAZ DE OPERAR O PRÉ-SAL
    A Petrobrás é reconhecida internacionalmente pela sua liderança no desenvolvimento tecnológico da exploração e produção de petróleo em águas profundas. A capacidade operacional é atestada pela velocidade em que desenvolveu a produção na camada do pré-sal. A produção de 800 mil barris por dia foi alcançada apenas oito anos após a primeira descoberta de petróleo na camada pré-sal, em 2006, tempo inferior ao que foi necessário para se chegar ao mesmo patamar em outras áreas. Apesar de toda a crise, a Petrobrás é a única entre as 5 maiores do setor que está aumentando sua produção de petróleo. Ou seja, está na frente de gigantes como Exxonmobil (EUA) e British Petroleum (britânica). Quando dizem que ela é incapaz, usam a lógica de exploração a qualquer custo, num ritmo alucinante, para garantir a exportação do petróleo a preço de banana. Não precisamos ter pressa de explorar essa riqueza, ela é dos brasileiros. Precisamos controlar o ritmo de exploração e garantir que os recursos gerados sejam investidos no país.
    3 -É RESPONSÁVEL PELOS ALTOS PREÇOS DA GASOLINA
    Errado! A Petrobrás foi vítima de uma política equivocada do governo. Para conter a crise de 2008, através do incentivo ao consumo, impulsionou a venda de automóveis através da redução do IPI. A demanda por combustíveis explodiu e a Petrobrás não teve condições de atender à demanda, sendo forçada a importar etanol e gasolina. Por responsabilidade do governo, a Petrobrás não repassou ao preço local da gasolina os ajustes sofridos pelo preço do petróleo no mercado internacional. Essa política se tornou insustentável e a Petrobrás não teve mais condições de segurar o preço. Defendemos uma empresa estatal. Seria legítimo a companhia fazer um “sacrifício” em benefício da população. Mas não foi o caso. O governo usou a Petrobrás e dinheiro público (isenções fiscais) para financiar o setor automotivo. O correto seria investir não em transporte individual, beneficiando as montadoras, mas em transporte coletivo gratuito de qualidade. De quebra, preservaria a Petrobrás, não elevaria o preço da gasolina e ainda diminuiria a poluição e os engarrafamentos.
    4 – NA PETROBRÁS SÓ TEM CORRUPTO E MARAJÁ
    Começou na época do ex-presidente Collor, mas até a imprensa gosta de ventilar essa ladainha. Não somos privilegiados. Corremos riscos diários de acidentes fatais, não recebemos aumento real no salário base há quase duas décadas e nossos direitos estão sendo ameaçados. A imensa maioria da força de trabalho é honesta e ajuda essa empresa a continuar produzindo para abastecer o país. Uma pequena parcela de diretores da alta cúpula, muitos sequer petroleiros de carreira, se envolveu nessa lama de corrupção. É preciso separar o joio do trigo. Os trabalhadores nada têm a ver com essa meia dúzia de corruptos. Defendemos ampla investigação e que corruptos e corruptores sejam presos e devolvam o dinheiro desviado.
    5 -INICIATIVA PRIVADA PODE TRAZER MAIS INVESTIMENTOS E DESENVOLVER A PRODUÇÃO DE PETRÓLEO
    As estrangeiras nunca trouxeram benefícios. Desde a colonização, exploram nossas riquezas e levam todos os recursos pra fora. Foi assim com o pau-brasil, o ouro e o café, seria diferente com o petróleo? Não fica nada aqui, apenas migalhas. Antes da descoberta do pré-sal, nenhuma multinacional do setor quis se arriscar. A Petrobrás sozinha desenvolveu tecnologia e investiu o seu corpo técnico e recursos para provar que o pré-sal era uma realidade. Agora dizem que a iniciativa privada tem mais condições de explorar o pré-sal. Balela! E, mesmo se tivesse, qual a vantagem se nada fica pra nós? Que fique com a Petrobrás, com ela determinando o ritmo de exploração de acordo com suas condições e com a necessidade do país, não dos interesses externos!
    6 -A MELHOR SAÍDA É A VENDA DE ATIVOS
    Como saída pra crise, a Petrobrás está vendendo ativos. Justamente num período de desvalorização, com o preço do barril de petróleo despencando, está leiloando a preço de banana boa parte do seu patrimônio. Gaspetro, BR Distribuidora, campos de petróleo e até Transpetro estão na lista. A empresa quer vender parte dessas subsidiárias para reduzir sua dívida. Mas essa não é a solução. E mesmo se fosse, não seria o melhor momento. O mercado internacional sempre se aproveita de crises para de uma só vez comprar, com preços baixíssimos, ativos valiosos. A Gaspetro foi negociada por R$ 1,9 bilhão, mas somente em 2014 lucrou R$ 1,5 bilhão. Negócio da China para as multinacionais! A venda de ativos é uma privatização disfarçada, é um patrimônio do povo brasileiro sendo dilapidado.
    7-TERCEIRIZAÇÃO É UMA DAS SAÍDAS PARA A CRISE
    A terceirização é apontada como solução para diminuir despesas trabalhistas, gerar emprego e estimular a economia. Porém, o que temos visto são empresas assinando contratos milionários, sem capacidade técnica e/ou econômica para atender as demandas, e que simplesmente declaram falência e deixam milhares de trabalhadores sem qualquer assistência e pagamento de rescisão contratual. Não bastasse isso, alguns empresários voltam a fechar contratos com a empresa, em outros estados, usando CNPJ em nome de laranjas, repetindo o golpe seguidas vezes. Em nossa região são efetuadas 90 rescisões por dia, a maioria de trabalhadores oriundos de empresas terceirizadas. Devemos lutar pela incorporação dos terceirizados nos quadros efetivos da empresa, estabelecendo critérios justos para sua absorção, garantindo direitos e salários dignos.
    8 -A PETROBRÁS ESTÁ ASSIM PORQUE É ESTATAL
    O caminho para reerguer a empresa não é privatiza-la, pelo contrário, é reestatiza-la. Muitos atribuem a corrupção e sua suposta ineficiência ao fato dela ser “estatal”. Em primeiro lugar, infelizmente, ela não é estatal, mas sim uma empresa de economia mista. Ela vem sendo privatizada aos poucos, começou com FHC (PSDB) e continuou com Lula e Dilma (PT). Com 51% das ações nas mãos do Estado, é o governo que em tese tem controle sobre a empresa, mas esse controle está subordinado a inúmeros interesses: a ampla maioria, privados. Hoje, 30% das ações ordinárias (com direito a voto) e 40% das ações preferenciais (sem direito a voto, mas com prioridade para abocanhar o lucro da empresa) estão boa parte nas mãos do capital financeiro dos EUA.
    9 -MAS SE FOR ESTATAL VAI TER MAIS CORRUPÇÃO
    Nada disso! A porta de entrada para a corrupção identificada na Lava Jato foi justamente a relação perversa com as empreiteiras – ou seja, um dos braços fortes da iniciativa privada na companhia. Para combater a corrupção e resgatar a Petrobrás precisamos reestatiza-la. São necessárias mudanças legislativas, com o apoio e pressão da sociedade e dos trabalhadores, para estatizar a Petrobrás e retomar o monopólio do petróleo, acabando com os leilões. Uma Petrobras estatizada, com a diretoria formada por petroleiros de carreira, eleitos pelos trabalhadores e com cargos revogáveis, seria um instrumento estratégico para a aplicação das políticas energéticas e da soberania nacional.
    10 -A SOLUÇÃO É PRIVATIZAR A PETROBRÁS
    Existe uma lógica perversa entre muitos políticos que legislam em favor dos empresários que financiam suas campanhas: precarizar serviços e patrimônios públicos para justificar logo depois sua venda. Não podemos deixar que isso aconteça na Petrobrás. Na Usiminas, antiga Cosipa, já vimos o resultado: demissões em massa, uma região inteira devastada. Na Sabesp também, hoje boa parte da mão de obra é terceirizada, com direitos rebaixados, e o serviço também piorou. O que dizer da telefonia brasileira? Uma farra para as operadoras, que lucram prestando um serviço péssimo. Privatização é boa… só para os empresários!
    1.https://www.google.com.br/url?sa=i&rct=j&q=&esrc=s&source=images&cd=&cad=rja&uact=8&ved=0ahUKEwiQ_uiSv7XYAhUChpAKHTkpAUgQjRwIBw&url=http%3A%2F%2Fwww.odebateon.com.br%2Fsite%2Fnoticia%2Fdetalhe%2F27166%2Fproducao-da-petrobras-comeca-a-se-recuperar-apos-seguidas-quedas&psig=AOvVaw3eEwEBH2Znql-aZQEt7y4I&ust=1514852414971641.
    2.https://www.google.com.br/url?sa=i&rct=j&q=&esrc=s&source=images&cd=&cad=rja&uact=8&ved=0ahUKEwil1Iiov7XYAhXHxpAKHQV0ABAQjRwIBw&url=http%3A%2F%2Fwww.bemparana.com.br%2Fnoticia%2F252237%2Fproducao-da-petrobras-registra-queda-em-fevereiro&psig=AOvVaw3eEwEBH2Znql-aZQEt7y4I&ust=1514852414971641
    3.https://www.google.com.br/url?sa=i&rct=j&q=&esrc=s&source=images&cd=&cad=rja&uact=8&ved=0ahUKEwjN9465v7XYAhWCWpAKHSVHCmIQjRwIBw&url=http%3A%2F%2Fponcheverde.blogspot.com%2F2016_04_21_archive.html&psig=AOvVaw3eEwEBH2Znql-aZQEt7y4I&ust=1514852414971641

  • VOLTA LULA estou esperando suas resposta ou conclusões, mas creio eu que não virá pois seu conhecimento intelectual é de QI. 0.
    Enquanto isso quero lhe dizer que a inadimplência do programa eleitoral ( por que a direita não inventou antes? ), Minha Casa Minha Vida, seu Burro foi criado no governo Dilma e não de Lula. Viu como és um analfabeto, preste atenção:—-●****** Minha Casa, Minha Vida, programa do governo Dilma, entregou mais de 970 mil moradias entregues em 2012.
    *****Por que a inadimplência: 1..As negociações do presidente Michel Temer com os deputados para garantir que a segunda denúncia da Procuradoria-Geral da República seja sepultada na Câmara esta semana envolveram pelo menos R$ 12 bilhões do dinheiro público. O jornal O Globo informa que ao valor devem ser acrescentados cargos e benesses de valor inestimável, como a mudança no combate ao trabalho escravo. e com a Primeira denuncia foram 15 bilhões do dinheiro público e para aprovar as novas Leis Trabalhistas gastou mais 8 bilhões do dinheiro público. Sabe o que é dinheiro público seu Boçal? É dinheiro do povo que foi tirado de circulação. 2.Aumento dos preços de primeira necessidades: 1 Kg feijão 4,80 reais–5 Kg.de arroz 16,75 reais–1 Lt. óleo 3,29 reais, — 1 pacote de macarrão 2,35 reais– l botijão de gás 65,00 reais–1 lt. gasolina 3,69 reais–1 lt. álcool 2,59 reais–1 lt. óleo diesel 3,45 reais –salário minimo era 937,00 reais e vai para o surpreendente valor de 955,00 reais.
    Seu rude, grosseiro, imbecil , ignorante., chato ou seja boçal de pouca inteligência, educação e delicadeza em suas ações, entendeu o por que de tanta inadimplência? Burro
    *****O Pré Sal eu vou lhe explicar se Animal —Produção de petróleo do pré-sal supera pela primeira vez a do pós-sal, diz ANP, isto em 31.07.2017.
    A produção de petróleo no Brasil atingiu 2,675 milhões de barris por dia, em junho deste ano. De acordo com a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o volume representou uma alta de 0,8%, se comparado ao mês anterior, e de 4,5% em relação a igual período em 2016. Pela primeira vez, a produção de petróleo no pré-sal (1,352 milhão de barris por dia), superou a registrada no pós-sal (1,321 milhão de barris por dia).
    Já a produção de gás natural no Brasil atingiu 111 milhões de metros cúbicos por dia (m³/d), o que equivale a uma elevação de 7,4% em relação ao que foi produzido no mesmo mês em 2016 e em 6,1% na comparação com maio. O pré-sal é uma camada de reservas petrolíferas situadas abaixo de uma profunda área de rocha salina no litoral brasileiro. O pós-sal está acima dessas camadas e, portanto, em profundidade menor.
    Pré-sal atinge novo recorde de produção de petróleo e gás, em 2017.
    Pré-sal leva produção de petróleo a crescer pelo terceiro ano consecutivo.
    A ANP informou ainda que a produção do pré-sal em junho teve origem em 77 poços e totalizou 1,686 milhão de barris de óleo equivalente por dia (boe), que é o padrão de medida correspondente à energia liberada pela queima de um barril de petróleo bruto. Esse volume representa aumento de 6,4% em relação ao mês anterior. A produção no pré-sal em junho correspondeu a aproximadamente 49,6% da produção de petróleo e gás brasileiro.
    Ainda no pré-sal, a produção de gás natural ficou perto de 53 milhões de m³/d. O aproveitamento de gás natural em junho chegou a 95,9%. A queima do produto no mesmo mês ficou em 4,5 milhões de m³/d, um aumento de 21,6% se comparada ao mês anterior e de 27,7% em relação ao mesmo mês em 2016. Conforme a ANP, a elevação se deu por causa do início do comissionamento da plataforma P-66, no campo de Lula.
    Agora seu Mentecapto veja o que o governo Temer ( o LADRÃO ), esta fazendo com a Petrobras e o Pré Sal ( PRIVATIZANDO TUDO ESSE GOVERNO GOLPISTA DA DIREITA BURGUESA CAPITALISTA, OU SEJA DANDO DE GRAÇA AOS ESTRANGEIROS )–*—
    *****Petrobras na era Temer: estrangeiras avançam na nova divisão do poder do pré-sal.
    Primeiro leilão após mudanças na regras de exploração reforça papel de gigantes mundiais.
    a Shell se destacou. Liminar chegou a impedir negociação por algumas horas.
    Grandes empresários espanhóis cobram mais reformas de Temer e ele vai fazer pois precisa de dinheiro para tampar o rombo que fez na economia brasileira.
    As petrolíferas estrangeiras se movimentaram para garantir um lugar na nova divisão de poder do pré-sal após as mudanças nas regras para a exploração da maior reserva de petróleo do país. Nos primeiros dois leilões para exploração dos campos do pré-sal sem presença obrigatória da estatal Petrobras em todos os blocos ofertados, as gigantes mundiais do setor esquentaram a disputa, especialmente nas áreas que tiveram sinalização prévia de interesse da empresa brasileira. Foram arrecadados 6,15 bilhões de reais ( para o bolso da burguesia capitalista que estão entregando as riqueza brasileira )com as duas rodadas de licitação , cerca de 80% da pretensão inicial do Governo. Para duas das oito áreas em negociação não houve lances. O Governo federal e a Agência Nacional do Petróleo (ANP) comemoraram o resultado. “Esse leilão representa a retomada dos investimentos no setor”, afirmou Décio Oddone, presidente da ANP.
    A participação de estrangeiras, venceram em três dos oito campos em disputa, incluindo o bloco de Peroba, na Bacia de Santos, que tinha as estimativas de petróleo mais generosas, de 5,3 bilhões de barris (leia detalhes abaixo). A segunda maior vencedora do certame foi a anglo-holandesa Shell, que lidera o consórcio que arrematou dois blocos. Já a norueguesa Statoil levou o último campo negociado nesta sexta. Tanto a Shell com a Statoil já operavam no pré-sal, mesmo sob as regras anteriores, mas o leilão também atraiu desta vez outras gigantes ao mercado brasileiro, como a norte-americana ExxonMobil, que ficou 40% da área arrematada pela companhia norueguesa.
    Meu Noia será que já deu para sua irracionalidade entender como é e o que é este governo do qual tanto você como animal que é puxa o saco, por isso seu Ameba você esta certo ao ficar pedindo VOLTA LULA, caso contrário o país acabará no fundo do poço que vocês estão cavando seus Retardados Mentais.
    BOIOLA volte a escola para estudar ai sim não precisará somente do Google, para escrever textos, pois existem vários Blogs excelente, Facebook, Folha de São Paulo, Estadão, Carta Capital e procure ler Caio Prado Jr., Capistrano de Abreu, Gilberto Freire, Sérgio B. de Holanda, Fernando Novais ( irmão do finado Dr. Laurindo Novais- antigo advogado em Jales ) quem sabe assim tu podes se instruir melhor, poi você é muito Burro meu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *