ITAMAR BORGES ANUNCIA QUE DER FARÁ CANALIZAÇÃO DO NOVO TREVO DA RODOVIA ‘EUPHLY JALLES’

DSC00460-ed

É incrível que uma obra de R$ 1,8 milhão ainda tenha de sofrer reparos que, seguramente, custarão mais um bocado de dinheiro. 

A notícia é da assessoria de imprensa do deputado Itamar Borges, mas, daqui a pouco, a prefeita Nice Mistilides também solta uma nota dizendo que foi ela quem conseguiu a melhoria:  

O deputado estadual Itamar Borges esteve com o superintendente do Departamento de Estradas de Rodagem – DER, Clodoaldo Pelissioni para reiterar o pedido de canalização do novo trevo da Rodovia Euplhy Jalles até o córrego do Tamboril, situada no município de Jales. 

A audiência com o DER foi em atendimento ao pedido feito pela empresa Fuga Couros encaminhada ao deputado Itamar através de lideranças do PMDB, em Jales. 

Itamar Borges vem fazendo gestões desde novembro para encontrar uma solução ao problema causado por conta da ampliação do trevo da Rodovia Euplhy Jalles situado nas proximidades da empresa. Desta forma, o deputado entregou ao DER a solicitação para a construção da canalização e captação da água do trevo. 

O pedido surgiu pelo fato de que a drenagem do local não foi executada de forma adequada e com isso a água da chuva invade a área da indústria causando erosões e prejuízo nas instalações da empresa. 

“Além de ser propriedade particular é indiscutível que a empresa Fuga Couros seja muito importante na geração de emprego e renda na cidade”, pontuou o deputado.

Em resposta ao pleito do parlamentar, Pelissioni aprovou a realização das obras que serão iniciadas em breve.

8 comentários

  • Putz

    Achei que fosse o rio Paraná…

  • somos contra os politicos

    Ate’ o PMDB de Jales acionou o deputado para arrumar o dinheiro. Cade o o PT de Jales? Cade o deputados do PT?
    Eu respondo, fica com ciumes da obra, da prefeita, fazendo fofoca, pensando em pagar divida dos mensaleiros,………
    Vamos trabalhar em prol de Jales

  • MOACIR

    ENTÃO SERÁ QUE O ENGENHEIRO NÃO VIU ISSO, OU TEM PROBLEMA DE VISÃO, AGORA TEM QUE FAZER REMENDOS, GASTAR NOVAMENTE, QUEM, VAI PAGAR A CONTA, POIS A EMPREITEIRA NÃO VAI FAZER ISSO DE GRAÇA, A NÃO SER QUE O ENCARREGADO DA OBRA NÃO SEGUIU O CRONOGRAMA DO PROJETO, TEMOS QUE FISCALIZAR ISSO.

  • Bolo de Aniversário

    Afinal blogueiro quem esta faltando com a verdade: A Ungida ou o Deputado? A palavra é sua!

  • Pit Bull

    A verdade é que estas obras são licitadas sem ,no mínimo, um anteprojeto. Daí as empreiteiras vão ao local, fazem uma estimativa do custo da obra – margem elevada de lucro – o que ocasiona o superfaturamento.

    Em muitas obras fazem um levantamento preliminar e passa a executá-la sem embasamento de um projeto pre definido, mas de acordo com a conveniência da Empreiteira. O resultado é esse …. porque fiscalização e exigência são procedimentos raros de se cumprir !

  • somos contra os politicos

    Moacir. isso ai e’ para super faturar as obras, ou melhor. so’ pode aumentar uma certa porcentagem da obra.
    Entao agora, vc vai virar fiscal de obras?

  • Anonimo

    a questão é: as obras aprovadas pelo tal Pelissioni estão dentro do orçado na obra desde o início? Isto é, vai ter que pagar pela “correção/adequação” da obra? Sairá mais dinheiro público para a execução da obra? O mais importante é isso, e não quem chamou a responsabilidade, quem pediu ajuda, se foi o PT ou PMDB, o Arena. Ajudar é sempre bom. Incompetencia sim, mas fazer o que agora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *