NA TV ALEMÃ, BOLSONARO É RIDICULARIZADO E VIRA BOBO DA CORTE

Nem no 7 a 1 o Brasil foi tão ridicularizado. A notícia é do iG:

Durante cinco minutos, o presidente Jair Bolsonaro foi ridicularizado pelo programa humorístico alemão Extra 3, transmitido na noite de quinta-feira (15). 

Bolsonaro foi associado a personagens como Borat, bobo da corte e ao protagonista do filme de terror do “Massacre da Serra Elétrica“. 

Em horário nobre da ARD, rede de televisão pública alemã, o presidente foi criticado por conta da sua política ambiental da Amazônia que, invariavelmente, leva ao desmatamento. 

Enquanto montagens do presidente brasileiro aparecia na tela, o apresentador  Christian Ehring ironizava com frases cômicas e arrancava risadas da plateia. “Um sujeito que não pensa nem um pouco sobre sustentabilidade e emissão de CO2 é o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, o’ Trump do samba’. Mas alguns dizem também ‘o boçal de Ipanema’.”

Como destaca o apresentador, “Bolsonaro deixa a floresta tropical ser destruída para que gado possa pastar e para que possa ser plantada soja para produzir ração para o gado.”

A citação é baseada em dados  divulgados sobre o desmatamento na Amazônia.  O apresentador comenta os dados sob a montagem de Bolsonaro segurando uma serra elétrica.

“Desde a posse do presidente Jair Bolsonaro, o desmatamento cresceu significativamente e pode continuar aumentando a longo prazo”, diz uma voz em off, após aparecer uma foto do líder brasileiro como um “bobo da corte do agronegócio.” Na imagem, o presidente segura uma garrafa de pesticida.

Para o apresentador Christian Ehring, Jair Bolsonaro “não se importa nem um pouco” com a suspensão de verbas para projetos ambientais anunciada pelo Ministério do Meio Ambiente alemão no fim de semana. “Pegue essa grana e refloreste a Alemanha, tá ok? Lá tá precisando muito mais do que aqui”, disse o presidente ao desprezar o congelamento alemão.

12 comentários

  • Thiago

    Só passando pra lembrar que o “professor” e ativista Pedro Henrique Barbosa foi condenado a 90 anos e 6 meses de prisão, acusado de abusar de crianças deficientes, os abusos eram filmados e postados na deepweb.

    Esse é o perfil do face dele, excluído após a prisão : http://archive.is/9kdMQ

  • Thiago

    Que se deve proteger a natureza, concordo plenamente mas… convenhamos, Alemanha querendo dar lição de moral em alguém é como o Alexandre Nardoni virar pastor e querer pregar sermão na igreja.

    Falta credibilidade

  • Outrossim, os gringos não conseguem (ou não querem) entender que a floresta amazônica, que está em nosso território, é um patrimônio dos BRASILEIROS.

    Durante anos e anos criou-se uma cultura de que a floresta é de todo mundo, não, a floresta é NOSSA, o nome disso é SOBERANIA NACIONAL e, se abrirmos mão dessa soberania, já era.

    Os gringos podem ajudar (caso queiram), podem opinar, mas não venham MANDAR em algo como se deles fosse.

    O mundo tem que entender que o Brasil é dos BRASILEIROS e ponto final, não somos só um bando de frouxos como eles sempre julgaram que fossemos.

  • Diego

    DE ***‎Ricardo Edmundo Ceconello‎ para União das Esquerdas

    O VÍDEO DO FASCISMO QUE ATERRORIZA E ACOVARDA O SUPREMO JUDICIÁRIO BRASILEIRO?
    Serão esses os mesmos que suicidaram Teori Zavascki, o policial Lucas Arcanjo, o Eduardo Campos, o jornalista Ricardo Boechat, e fuzilaram a Juíza Patrícia Acioli, e a vereadora Marielle Franco?
    Afinal quem comanda o “condomínio” do crime organizado miliciano narcotraficante no Brasil? Serão os vizinhos do bozonaro? Será o braço direito Queiroz, o sumido, lugar tenente miliciano do filho 01, hoje “eleito” senador pelo famigerado eleitor carioca?
    Como anda a investigação e processo penal contra Mishell Temer?
    Como anda o processo penal contra Aécio Neves?
    E a “onda canalha” da delação “premiada” pelo covarde Palocci, sem prova alguma digna de crédito, ou qualquer vestígio de credibilidade, vazadas em horas distintas interessantes para a “defesa” do Ministro da Injustiça?
    Por qual motivo quando da prisão de Eduardo Cunha o “juiz” proibiu a PF (polícia prato feito) de apreender os celulares da família Cunha inteira? Será que Moro e seus “lavajatenses” ficaram temerosos de alguma revelação e, com isso, tomarem direto no “cunha”, antes do The Intercept Brasil os desmascarar?
    Eis o FASCISMO ameaçando a ORDEM PÚBLICA.
    Quando “ameaçados”, o judiciário e o MPF/PGR, acuados ACOVARDAM-SE devido às suas ações que condescenderam a formação, e a realização do golpe fascista.
    AGORA? Agora é tarde, calhordas de omissos que deixaram eleger o MERDA, e é melhor o STF mandar, EU DISSE MANDAR, ORDENAR, mandados de prisão para esses fanáticos nazifascistas blackblocs P2 das PMs.
    Que bosta a ABIN que só se presta quando é para proteger Moro, Dallagnol e sua turma de velhacos da direita.
    STF criem coragem, deixem de ser ovelhas da direita canalha e entreguista.
    REAJA, STE, e puna, exemplarmente, os emissores de fakenews, e os fraudadores das eleições gerais de 2.018.
    CADEIA NESSA TURBA, ANTES QUE O BRASIL DESÇA AO BREJO, E FIQUE INCONTROLÁVEL EM UMA GUERRA CIVIL

  • Marreta

    *****Aparece ligação direta entre esquema Queiroz-clã e milícias.
    Aparecem primeiros documentos que indicam uma ligação entre o esquema Queiroz-clã Bolsonaro e a milícia de Rio das Pedras, uma das mais violentas do Rio. Restaurante de uma ex-funcionária do gabinete de Flávio Bolsonaro é o elo de ligação.
    Aparecem primeiros documentos que indicam uma ligação entre o esquema Queiroz-clã Bolsonaro e a milícia de Rio das Pedras, uma das mais violentas do Rio. Restaurante de uma ex-funcionária do gabinete de Flávio Bolsonaro é o elo de ligação.

    A revelação é da revista “Crusoé”.

    Os vínculos do ex-PM Fabrício Queiroz e do clã Bolsonaro com as milícias do Rio são notórios. O ex-tenente da Polícia Militar Adriano Magalhães da Nóbrega, chefe do “Escritório do Crime”. como são conhecidas as milícias de Rio das Pedras, base eleitoral do bolsonarismo, teve sua mãe e esposa empregadas no gabinete de Flávio Bolsonaro. A mãe do ex-tenente participava do esquema de arredação de Queiroz.
    Em 9 de setembro de 2005, na cadeia, Adriano Nóbrega recebeu a Medalha Tiradentes, da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, que lhe foi concedida por iniciativa de Flávio Bolsonaro, então deputado estadual.
    Cadê o Queiroz?
    Enquanto isso, prossegue o descaso para com o paradeiro de Fabrício Queiroz. O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli , determinou em julho a suspensão de todos os processos judiciais em que dados bancários de investigados tenham sido compartilhados por órgãos de controle sem autorização prévia do Poder Judiciário. A decisão foi dada em resposta a um pedido de Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) para beneficiá-lo em investigações que tramitam contra ele na Justiça do Rio de Janeiro.

  • Marreta

    Política
    Intercept divulga conversas em que Dallagnol pede dinheiro a Moro para produzir vídeo
    Novas conversas divulgadas pelo site apontam que o vídeo seria para divulgar as dez ações contra a corrupção da Lava-jato. Em conversa de janeiro de 2016, ele pergunta a Sergio Moro se a vara que o juiz então comandava poderia liberar o dinheiro para elaboração do material. Segundo a conversa, Moro teria respondido positivamente.

  • Marreta

    ######Intervenção de Bolsonaro pode provocar rebelião na PF e demissão de Moro
    Irritados com a intervenção de Jair Bolsonaro, policiais federais mandaram avisar que não aceitarão a indicação de “cima para baixo” na superintendência do Rio; se Bolsonaro insistir em impor sua vontade, restariam duas alternativas a Sérgio Moro: a primeira é aceitar e perder o controle da PF e a outra é rejeitar a interferência e pedir demissão do cargo.
    A intervenção de Jair Bolsonaro na Polícia Federal pode desencadear uma crise interna e resultar na demissão do ex-juiz da Lava Jato e ministro da Justiça, Sérgio Moro.
    A PF já mandou avisar que não aceita a indicação de “cima para baixo” para o preenchimento da superintendência do Rio de Janeiro e ameaça “implodir” caso o ministro ceda a uma interferência do Planalto (leia mais no Brasil 247).
    Interlocutores da PF disseram ao jornalista Breno Pires, do Estado de S. Paulo, que se Bolsonaro insitir em impor sua vontade, para Moro restariam duas alternativas. Uma é aceitar e perder o controle da Polícia Federal. A outra é rejeitar a interferência e pedir demissão do cargo.
    Dirigentes da PF dizem que não vão agir como os colegas da Receita Federal, que vêm sendo atacados pelo presidente constantemente sem reação.
    A indicação dos superintendentes da PF é prerrogativa do diretor-geral da instituição, mas o presidente da República pode vetar qualquer nome por se tratar de cargo de confiança. Não é comum, contudo, a interferência.

  • Marreta

    O que já veio a público no The Intercept Brasil é uma soma de horrores. A revelação mais perturbadora está na “Parte Três” do material divulgado e evidencia que, a cinco dias de apresentar a denúncia contra Lula, Deltan Dallagnol estava inseguro porque considerava frágil a ligação entre os contratos da Petrobras e o suposto enriquecimento ilícito do ex-presidente — ou seja: a ligação entre a acusação de desvios praticados na empresa e o tal apartamento de Guarujá. Num grupo apropriadamente intitulado “Incendiários ROJ”, no Telegram, escreveu a seguinte mensagem:
    “Falarão que estamos acusando com base em notícia de jornal e indícios frágeis… então é um item que é bom que esteja bem amarrado. Fora esse item, até agora tenho receio da ligação entre petrobras e o enriquecimento, e depois que me falaram to (sic) com receio da história do apto… São pontos em que temos que ter as respostas ajustadas e na ponta da língua”.
    http://reinaldoazevedo.blogosfera.uol.com.br/…/dallagnol-c…/

  • Cadê o dinheiros dos gringos?

    Até acho que o presidente tem alguma razão em apontar uma certa hipocrisia da Europa em relação ao caso, porém a sua habitual grosseria e completa falta de tato deixam quase impossível ficar do seu lado, isso não é jeito de um representante de uma nação se referir a outra.
    A Amazônia é a maior floresta tropical do mundo, com 5 milhões de km², 60% deles no Brasil. Ela ocupa 49% do território nacional, mas já teve 20% da área desmatada, equivalente a 1 milhão de km². Ao longo da história, todos os governos desmataram, sem controle e sem reflorestamento.
    Se você cortar floresta depois de um determinado ponto, chamado de inflexão, todo o resto poderia se autodestruir porque o sistema florestal é dependente da chuva que ele mesmo gera. Esse ponto será atingido se o desmatamento chegar a 40% da floresta. Por enquanto estamos na metade!
    Alemanha refloresta quase o dobro do que derruba e emite 3 vezes mais CO2 per capta que o Brasil, pois agride o meio ambiente com sua matriz energética, o carvão, a base de aproximadamente 30% da energia produzida no país.
    Com toda essa confusão descobrimos que a Alemanha e a Noruega pagam ao governo para diminuir o desmatamento e reflorestar pois acha que somos o seu quintal. Para onde vai esse dinheiro? Será que vai para as ONGs? Elas vivem deste dinheiro?
    Todos os presidentes “puxavam o saco” dos países ricos pelo dinheiro enviado. Afinal eles são donos da Amazônia? Porem agora apareceu um presidente “sacudo” que disse não precisar do dinheiro deles. Eles não gostaram!
    Será que não precisa desse dinheiro? É preciso cuidar do nosso meio ambiente, de nossa Amazônia, mas como disse o nosso presidente: “a Amazônia é nossa! Não, de vocês”.

  • resumindo

    Borat não merecia isso…

  • Prá quem não sabe......

    Dono do blog, o SENHOR poderia nos informar qual o déficit habitacional da Alemanha ?
    Se o senhor não souber é um dos maiores do mundo, então todos os países tem os problemas, no caso da Alemanha, é um dos aluguéis mais caro do mundo, isso porque FALTA moradia a população.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *