OS IMPUGNADOS

Convém esclarecer que o fato de um candidato ter o pedido de sua candidatura impugnado – seja por adversários ou seja pelo Ministério Público Eleitoral – não significa que ele esteja fora do jogo. Os impugnados terão prazo para se defender e só estarão fora da disputa se a Justiça Eleitoral julgar que, realmente, existem motivos para impugnação.

Em 2012, por exemplo, nós tivemos 24 candidaturas impugnadas na Zona Eleitoral de Jales – inclusive a do então candidato a vice, Clóvis Viola – mas muitos dos candidatos impugnados conseguiram disputar as eleições, incluindo o já citado Clóvis.

Já o candidato a vereador Maurinho Enfermeiro, outro impugnado (por dupla filiação), não conseguiu o registro de sua candidatura. Mas, vamos às candidaturas que estão correndo risco:

paulinho baxim

Paulo César Barros Queiroz(DEM), o Paulinho Baxim, candidato a vereador em Jales.

Ele está sendo impugnado por iniciativa do Ministério Público Eleitoral, por ter deixado de apresentar várias certidões exigidas para o registro de sua candidatura. A assessoria do DEM garante, no entanto, que todas as certidões do candidato foram entregues à Justiça Eleitoral.

impugnados-rosimar

Rosimar Junqueira Rossi(PMDB), candidata a vereadora em Paranapuã.

A servidora municipal Rosimar, que já foi vereadora por dois mandatos, entre 1997 e 2004, está sendo impugnada também por iniciativa do MPE. A candidata deixou de apresentar uma das certidões exigidas.

 

impugnados-willian

Willian Prado de Assis(PSD), o Nininho, candidato a vereador em Urânia.

A iniciativa de impugnar a candidatura de Nininho também foi do Ministério Público Eleitoral. Segundo relatório que consta do Mural Eletrônico do TSE, o candidato estaria com seus direitos políticos cassados.

 

impugnados-elias

Elias Roz Canos(PSDB), o Lia do Bar, candidato a prefeito em Aspásia.

Lia, que já foi prefeito de Aspásia por dois mandatos está tentando voltar, mas o registro de sua candidatura foi impugnado pelo Partido Progressista(PP), que integra a coligação adversária. Lia estaria inelegível, por conta das vedações da Lei da Ficha Limpa.

impugnados-sérgioSérgio Pigari(PSDB), candidato a vereador.

Assim como Lia, o candidato a vereador Sérgio Pigari está sendo impugnado pelo PP. Aparentemente, o crime de Sérgio foi deixar de apresentar uma certidão da Justiça de 2º grau. Ele terá, no entanto, prazo para providenciar a certidão.

 

impugnados-elvisElvis Carlos de Souza(PTB), candidato a prefeito em Pontalinda.

Atual prefeito de Pontalinda, Elvis está sendo impugnado por iniciativa do candidato a vice-prefeito da chapa adversária, Marcelo Lima Rodrigues(PT), o Marcelo Balthazar. A alegação é de que Elvis estaria com os direitos políticos suspensos, por conta de condenações na Justiça de Jales e no TJ-SP.

 

impugnados-guedãoGuedes Marques Cardoso(PSDB), candidato a vice-prefeito em Pontalinda.

O ex-prefeito Guedão também está na alça de mira do adversário Marcelo Lima Rodrigues. Os motivos que levaram Marcelo a impugnar a candidatura de Guedão não estão claros, mas tudo indica que tenha a ver com a Lei da Ficha Limpa.

impugnados-rosângela

Rosângela Batista dos Santos(PT), a Rosângela do Boy, candidata a vereadora em Pontalinda.

A petista Rosângela está sendo impugnada por iniciativa do Ministério Público Eleitoral. Ela também estaria com os direitos políticos suspensos.

 

impugnados-marceloMarcelo Lima Rodrigues(PT), candidato a vice-prefeito em Pontalinda.

Depois de exercer o papel de caçador, ao pedir a impugnação dos candidatos Elvis e Guedão, Marcelo, que é candidato a vice na chapa do empresário Sisinio de Oliveira Leão, experimentou o papel de caça. A candidatura dele está sendo impugnada pelo MPE. Marcelo estaria com os direitos políticos suspensos.

11 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *