RICARDO JUNQUEIRA QUER REDUZIR SALÁRIOS DE VEREADORES

Reproduzo, abaixo, o que foi publicado pelo jornalista Deonel Rosa Júnior, na coluna Fique Sabendo, a respeito da intenção do auditor-fiscal Ricardo Junqueira de iniciar uma campanha entre os eleitores jalesenses visando a apresentação de um projeto de iniciativa popular para reduzir os salários dos futuros vereadores que tomarão posse em janeiro de 2021.

Um projeto de iniciativa popular necessita da adesão de 5% do eleitorado. Jales possui, hoje, 38.707 eleitores aptos, mas desse total, 5.070 títulos – de eleitores que não fizeram a biometria – deverão ser cancelados nos próximos dias, diminuindo o eleitorado para 33.637 aptos a votar. Ou seja, Junqueira – uma das apostas do presidente do PSDB local, Osvaldo Costa Júnior – precisaria juntar cerca de 1.700 assinaturas.

Eis o que foi publicado pelo JJ:

REBULIÇO – O irrequieto Ricardo Junqueira, auditor-fiscal da Prefeitura de Jales e pré-candidato a vereador pelo PSDB, começou a semana agitando os bastidores da política local. Em tom indisfarçavelmente zombeteiro, ele mostrou à coluna, na tarda da última segunda-feira, dia 3, cópias de dois requerimentos endereçados à Justiça Eleitoral e à presidência da Câmara Municipal, respectivamente. O teor de ambos não tinha nada que chamasse a atenção, mas o próprio Junqueira acabou entregando o ouro.

ÁGUA NO CHOPE – Em resumo, depois que receber as informações requeridas, o polêmico personagem pretende iniciar uma campanha que tem tudo para azedar a marmita dos 7 vereadores que já se declararam candidatos à reeleição e dos outros 70 ou 80 que pleitearão cadeiras na Câmara Municipal em 4 de outubro. Junqueira vai propor a redução dos subsídios dos vereadores, hoje em torno de R$ 5.000,00, para o equivalente aos vencimentos de professores da rede municipal de educação com carga de 25 horas/aula, hoje por volta de R$ 2.484,18.

A PRAÇA É NOSSA – Para derrubar o valor dos subsídios dos futuros vereadores, o pré-candidato pretende apresentar um projeto de iniciativa popular. No melhor estilo Carlos Alberto de Nóbrega, do programa “A praça é nossa”, ele revelou que promover a coleta de assinaturas instalando um mesa e um banquinho na Praça João Mariano de Freitas, ainda hoje chamada de Praça do Jacaré, ao lado da Banca do Edu. Mas, precavido, adiantou que tudo isso só será feito a partir de 4 de abril, como reza a legislação eleitoral. Como se sabe, servidores públicos que desejarem disputar as eleições têm que pedir afastamento das funções que ocupam seis meses antes do pleito. 

11 comentários

  • Estelionatário de intercâmbio

    Junqueira acredito que isto é um engodo para o povo acredita que com estes dois vai mudar a cidade de Jales!

  • koala

    irrequieto…demais

  • Edson so

    Acho que a prefeitura deveria reduzir o salário deste cidadão que só quer aparecer por ele ganha um monte pra não fazer nada mais uma mala lesando os cofres da prefeitura

  • Sérgio

    Demagogia pura. Vai trabalhar de graça meu jovem.

  • Vânia Domingues

    Sobre o salário do vereador a Constituição é clara, somente o vereador pode votar o subsidio do vereador para a próxima legislatura.
    Não cabe projeto de iniciativa popular para tratar desse assunto.

  • Servidor enganado com os 5%

    Boa Junqueira
    Estes vereadores ruins ganham muito para não fazerem nada, aliás fazem sim, dão benção ao Prefeito.

  • Junqueira e sua irrequietação

    Não é a primeira vez que o auditor fiscal da prefeitura ataca os vereadores. Não teve um bom relacionamento com a camara, nos ultimos tempos. Junqueira classificou os vereadores de Jales como irresponsáveis e despreparados, além de afirmar que eles promovem “lambanças” na Câmara.
    Já xingou “um caminhão de impropérios e até um palavrão” endereçados, principalmente, a Luís Rosalino, Gilbertão, Jesus Batista, Júnior Rodrigues e até a vereadora Pérola Cardoso.
    Houve uma troca de farpas nas redes sociais entre ele e Betto Mariano, que chegou à Justiça com pedidos de indenização por danos morais. O MP arquivou a representação de Junqueira a Mariano.
    Houveram mais brigas que não vale a pena lembrar

  • Temos que melhorar a qualidade do vereador.

    Certamente o pré candidato Junqueira já faz campanha eleitoral. A ideia do projeto de redução de salario mostra isso.
    Por lei, a iniciativa popular pode “sugerir” a redução do salario dos vereadores. Só a Câmara pode reduzir salários do prefeito, vice, secretários e vereadores. Através de votação para o próximo ano. Junqueira sabe disso! Ele quer fazer sua propaganda eleitoral. Quer ganhar votos de eleitores que não o conhece.
    Projetos de Iniciativa popular revelam a vontade da população, mas em nada garante que um dia a redução salarial dos políticos acontecerá.
    Para muita gente, o vereador não trabalha. Os vereadores tem essa imagem, mesmo. Culpa deles!
    Acho que eles trabalham devido a sua responsabilidade. Muita gente não conhece a função do vereador. Um diploma deveria ser obrigatório para ser vereador! Tem que ser médico, engenheiro, advogado, …………
    Com este salario, “pouca gente boa” vai se candidatar. Vamos perder a qualidade. Essa economia não compensa. Temos mesmo é que aprender a conhecer o bom vereador e elege-lo.

    • Professora

      Se pensar direito o Ricardo Junqueira está com a razão.
      Dos 10 vereadores, 7 vão disputar a reeleição, e quais deles realmente são preparados para o cargo, no dia a dia qual a profissão deles, trabalham com o que? Qual o ganha pão deles? Como conseguiram se eleger? A eleição deles teve interesses ou interessados?
      Hoje muitos se espelham em algumas destas respostas, e infelizmente buscam uma vida fácil, salário alto e pouco trabalho!
      Com um salário reduzido a metade, onde o subsídio seria na verdade uma ajuda de custo, será que pessoas mais preparadas e com reais boas intenções e preocupação com o próximo e comprometimento com a sociedade não apareceriam no cenário político? Isto já ocorre em países europeus.
      É uma idéia sim que deve ser pensada e refletida o jovem Ricardo Junqueira talvez possa realmente estar com a razão, sem contar na economia direta que ocorrerá e este dinheiro pode ser investido na saúde do município que está tão deficitária.

  • Linguarudo

    Cardosinho, essa foto é pcba.
    Apesar que Bixiga é umas das
    figuras mais simpática da cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *