RICARDO MADALENA, O SUPERINTENDENTE DO DNIT

Um dia desses, reproduzi uma notícia sobre o encontro do prefeito Humberto Parini com o Ricardo Madalena,  superintendente do DNIT de São Paulo. Na oportunidade, eu disse que o Ricardo Madalena é um político de Santa Cruz do Rio Pardo. Pois bem, o amigo Pascoalino S.Azords, que escreve no jornal O Debate, lá de Santa Cruz, não gostou e mandou um email esclarecedor.

Na parte publicável do email, o Pascoalino diz que o Madalena não é político em Santa Cruz, mas em Ipaussu, a 18 quilômetros daquela cidade. O pai de Ricardo, o senhor Mário Madalena, foi prefeito de Ipaussu, de 1989 a 1992, e, segundo o Pascoalino, teria aprontado tantas que até hoje enfrenta problemas com a Justiça Eleitoral. Ricardo Madalena é engenheiro civil e, durante o mandato de seu pai, foi o secretário de obras de Ipaussu, uma cidadezinha de 12 mil habitantes.

Segundo o Pascoalino, o patrimônio do Madalena filho aumentou razoavelmente durante os quatro anos em que foi secretário de Ipaussu. Condenado em uma ação, o castigo de Ricardo Madalena foi – pasmem – curtir algum tempo de prisão domiciliar, na companhia da esposa, uma senhora muito bonita e distinta. Há vinte anos, Madalena é “o homem do deputado Milton Monti” na região de Santa Cruz. Ele foi indicado para o Dnit na cota do deputado. Eis aí o homem em quem Parini deposita as esperanças de conseguir os dois pontilhões prometidos em campanha. 

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *