SEGUNDA PARCELA DO DÉCIMO-TERCEIRO INJETA R$ 244 MILHÕES NA ECONOMIA DA REGIÃO

Deu no Diário da Região:

Aposentados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começam a receber, junto com a aposentadoria de novembro, a segunda parcela do 13º salário. O pagamento começou a ser feito na última segunda-feira, 26, e segue até o dia 7 de dezembro.

No estado de São Paulo, de acordo com o INSS, mais de 7 milhões de beneficiários têm direito a segunda parcela, totalizando R$ 6 bilhões. Na região de Rio Preto, 343.960 aposentados terão direito a essa parcela e serão injetados R$ 244,5 milhões na economia.

Segundo o INSS, a região de Rio Preto abrange as agências da Previdência Social de 15 cidades da região, entre elas Jales, Fernandópolis, Santa Fé do Sul, Votuporanga, Tanabi e Mirassol.

Desconto

O valor da segunda parcela do 13º para a maioria dos beneficiários equivale a 50% do rendimento mensal. No entanto, o desconto de imposto de renda sobre o total do valor da primeira e segunda parcela é feito agora. Quem teve a aposentadoria ou pensão iniciada depois de janeiro deste ano vai receber a parcela do 13º proporcional.

3 comentários

  • O ministro Moro pode soltar Lula

    Depois que o juiz tornou Lula, Dilma, Palocci e Mantega como réus por quadrilhão do PT agora a Lava Jato denunciou o ex-presidente Lula por lavagem de dinheiro.
    A acusação formal levada à Justiça Federal aponta que, usufruindo de seu prestígio internacional, Lula influiu em decisões do presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang, que resultaram na ampliação dos negócios do grupo brasileiro ARG no país africano’.
    Segundo a Procuradoria da República, em troca, o ex-presidente recebeu R$ 1 milhão dissimulados na forma de uma doação da empresa ao Instituto Lula.
    Entretanto a turma do STF pode julgar recurso de Lula, em dezembro, a defesa de Lula argumenta que a ida do Moro para o governo do Bolsonaro demonstra parcialidade do magistrado e também que ele agiu “politicamente”. Moro irá assumir o Ministério da Justiça.
    Lula poderá sair da cadeia
    Eu duvido! Mas…….

  • De novo, mais um petista!

    Certamente, Lula e o PT não queriam Haddad como candidato a presidente porque o ex governador da Bahia e petista Jaques Vagner era o candidato deles mas ele não quis.
    A PF suspeita que Jaques Wagner tenha levado R$ 82 milhões de valores desviados das obras do estádio Arena Fonte Nova. Com tanto dinheiro, Jaques virou senador. Quem poupa, se elege!
    A PF pediu a prisão do Jaques Wagner (PT),e de mais 2 assessores. As solicitações foram negadas pelo TRF-1, responsável pelos mandados que deflagraram a Operação Cartão Vermelho.
    Jaques Vagner foi eleito senador portanto não vai virar nada porque o STF protege os políticos,
    Eu não sei porque a justiça “está pegando no pé” dos petistas com inverdades, com factoides. São todos honestos.

  • Tico e Teco

    A VERDADE APARECEU A DIREITA FASCISTA E SOCIALISTA NÃO ESTAVA PREOCUPADA EM ACABAR COM A CORRUPÇÃO, MAS SIM COLOCAR O MELHOR PRESIDENTE DO BRASIL NA CEIA, NÃO COM PROVAS, MAS COM MENTIRAS E CONVICÇÕES. aÍ ESTA A VERDADE

    https://www-brasil247-com.cdn.ampproject.org/ii/w1200/s/www.brasil247.com/images/cache/480×240/crop/images%7Ccms-image-000613033.jpg

    PALOCCI VAI PARA CASA APÓS DELATAR LULA E DILMA.
    Os desembargadores da 8ª Turma do TRF-4 João Pedro Gebran Netto e Leandro Paulsen decidiram nesta quarta-feira (28) que o ex-ministro Antonio Palocci deverá cumprir pena em regime semiaberto domiciliar e terá a duração da punição reduzida; o desembargador Victor Laus, que completa a turma, manifestou posição divergente, não detalhada pela corte; resultado, portanto, foi por maioria por conceder benefícios a Palocci, depois que ele fez acusações contra o ex-presidente Lula e a presidente deposta Dilma Rousseff em acordo de delação premiada com a Polícia Federal
    Depois de fazer acusações contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e contra a presidente deposta Dilma Rousseff, o ex-ministro Antônio Palocci irá para prisão domiciliar.
    Dois dos três desembargadores da 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) decidiram nesta quarta-feira (28) que Palocci deverá cumprir pena em regime semiaberto domiciliar e terá a duração da punição reduzida.
    O caso de Palocci começou a ser julgado no TRF-4 em outubro. O desembargador João Pedro Gebran Neto, relator dos processos da Lava Jato na corte e responsável por homologar a delação de Palocci, havia votado para que o ex-ministro recebesse a prisão domiciliar e a redução de sua pena (de 12 anos, 2 meses e 20 dias para 9 anos e 10 meses) como benefícios por conta do acordo de colaboração.
    Nesta quarta, o desembargador Leandro Paulsen, que havia pedido vista, retomou o julgamento e seguiu o relator. O desembargador Victor Laus, que completa a 8ª Turma, solicitou uma questão de ordem antes de votar. A sessão chegou a ser encerrada e, quando retomada, foi feita apenas a leitura da decisão, informando que o resultado foi por maioria, nos termos do voto do relator, com divergência de Laus.
    Palocci está preso preventivamente em Curitiba desde setembro de 2016. Em junho do ano passado, ele foi condenado em primeira instância a 12 anos, 2 meses e 20 dias pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O tempo que o político já passou na prisão será descontado do total da pena.
    ESSE É O BRASIL QUE OS OS BRASILEIRO QUE VOTARAM NO PSICOPATA ESTA LEVANDO NOSSO PAÍS A SE TORNAR UM SISTEMA POLITICO NACIONALISTA E ANTISSOCIALISTA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *