A GENIALIDADE DE UM ESTADISTA

O repórter Alexandre Ribeiro, o Carioca, postou notícia no portal Tribuna na Web (veja aqui), onde se lê que, durante a chuva de hoje, os bombeiros receberam seis chamadas. O caso mais grave, diz a notícia, ocorreu no pátio da escola municipal “Oswaldo Soler”. Segundo os bombeiros, parte de uma grande árvore caiu sobre um ônibus, que estava vazio.

Acredito que o acidente tenha acontecido, na verdade, na garagem dos ônibus da Educação, que fica bem ao lado da escola “Oswaldo Soler”. Ali ficam estacionados, ao relento, os veículos do transporte escolar de Jales – ônibus, vans, e até o famoso caminhão comprado pelo prefeito. Na verdade, aquela garagem é mais uma demonstração da genialidade do nosso premiado estadista.

Senão vejamos: em 2008, o prefeito inaugurou, nas proximidades da Facip, um barracão feito pela indústria de sorvetes Ida-yo e doado à Prefeitura como contrapartida do espaço cedido à empresa no Distrito Industrial I. Foi o nosso genial prefeito quem escolheu o local onde a empresa deveria construir o barracão e ele, como grande estadista que é, achou que aquele era o lugar certo para a instalação da benfeitoria.

Pois bem, passados três anos, o barracão está se deteriorando, sem  ter  utilização nenhuma. Aliás, tem sim: a foto acima mostra que ele serve de abrigo para alguns animais, que aproveitam a sombra para um merecido descanso. Enquanto isso, conforme se pode ver pelas fotos abaixo, os veículos do transporte escolar – incluindo o caminhão – repousam ao relento, em um local sem nenhuma estrutura.

Pergunto aos leitores deste modesto blog, que, suponho, não são gênios, nem estadistas: não seria mais racional e lógico que o barracão doado pela Ida-yo fosse construído em um local que pudesse servir,  quem sabe,  de garagem aos ônibus? 

Acredito que esse seria o senso comum, mas acho que devemos dar ao prefeito um desconto. Afinal, os gênios e os estadistas, por incomuns, são, na maioria das vezes, incompreendidos. Galileu Galilei, por exemplo, quase queimou na fogueira da Inquisição por dizer que a terra era redonda e girava em torno do sol.

3 comentários

  • anonimo

    este barracao tambem poderia ser o almoxarifado assim estaria economizando dinheiro pois quem nao sabe a prefeitura paga uma nota preta de aluguel do espaço que funciona o almoxarifado.

  • Roberto Injustus

    Blogueiro: você se esqueceu de dizer que esses ônibus ficavam estacionados em um terreno alugado pela Prefeitura lá no Distrito Industrial 2 e que a Prefeitura tirou eles de lá mas continua pagando o aluguel. Se não me engano, o terreno é de propriedade do Durvalino do hotel Grandes Lagos e a Prefeitura paga R$ 2.800 por mês. Se a idéia era tirar os ônibus de lá para economizar, por que então continuar pagando o aluguel? Você tem razão blogueiro, esse prefeito tem uma inteligência muito acima da média.

  • Benedita

    Gosto de curtir os comentários, mas deixei de comentar, isso só estressa , deixei de comentar deixei de votar,moro aqui, por forças ocultas, isso aqui ñ me pertence, ´só à aqueles que de fato lhe intereçam KKKKKK

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *