AS VIAGENS DO ESTADISTA

Os dados do Tribunal de Contas registram que, no mês de julho, o chefe de gabinete Léo Huber recebeu R$ 8.514,00 para cobrir despesas com as viagens do prefeito Humberto Parini. Foram cinco incursões a São Paulo, uma a São José do Rio Preto e outra a Brasília. Segundo consta dos empenhos, todas as viagens do nosso premiado estadista visavam tratar de assuntos de interesse da municipalidade.

No caso da viagem a Brasília, embora o empenho tenha sido providenciado apenas em julho, consta que Parini estivera por lá nos dias 29 e 30 de junho. Resta esperar, agora, os dados de agosto – quando ele passou alguns dias em Brasília buscando recuperar o cargo – para sabermos quanto o estadista gastou em nome dos “interesses da municipalidade”.

Ah!, tava me esquecendo: as despesas de julho registram também uma viagem da primeira-dama, Rosângela Parini, a São Paulo. Coisa de R$ 1.500,00.

5 comentários

  • Anônimo

    É muito bom viajar com o dinheiro público!

    Eu também quero!

  • REVOLTADO

    Meu amigo Marcos Antonio Poletto, me desculpa usar esse blog para me comunicar com vc, mas não o conheço,apenas ouço falar de vc , e queria saber se por acaso vc é o proprietário de um carro prata que foi riscado, Antes que pense mal de mim,vi seu carro em frente a Santa Casa e me senti revoltado com tal covardia, e através de um dono de Provedor que também teve o carro riscado,soube que era ”seu”.Peço a vc amigo que se tiver qualquer sombra de suspeita, nos de um aviso,pois assim como vc, tive o meu carro totalmente riscado por algum incapaz que acha bonito fazer isso, A policia não se meche, então eu quero me mecher, ai sim a Policia vai querer se mecher quando o maldito animal que fez isso for lá abrir um B.o por tentativa de homicidio, pq eu juro que se eu pegar, não precisar ser o mesmo não, mas se eu pegar um riscando até uma bicicleta,eu não respondo por mim, Perdão por mencionar isso aqui, apenas citei minha revolta e meu inconformismo com uma coisa que ja ta virando moda em Jales e ninguém faz absolutamente nada.Abraços

  • daisy aparecida romagnoli de moraes andrade

    Minha indignação não tem tamanho!
    Cada vez mais tenho a certeza de que “viajo na maionese” – como dizem meus alunos – quando voto acreditando sempre que a administração futura será melhor…

  • Anônimo

    Também quero viajar. Quem paga uma viajem pra mim?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *