CASO DAS PRAÇAS: ENVOLVIDOS SÃO DENUNCIADOS NA ESFERA CRIMINAL

A notícia não é nada boa para este aprendiz de blogueiro. Um amigo me alertou, via e-mail, que o desembargador Poças Leitão, da 15a. Câmara Criminal do Tribunal de Justiça-SP, teria aceitado a denúncia contra os envolvidos no polêmico caso da “Reforma das Praças”. Na esfera cível, o caso já nos rendeu uma condenação em segunda instância. Agora, o bicho começa a pegar na esfera criminal.

Estão envolvidos no caso, em ordem de importância: a primeira-dama, Rosângela Parini; o prefeito Humberto Parini; o czar das finanças, Rubens Chaparim, e o aprendiz de blogueiro, que, à época, era responsável pelo setor de compras da Prefeitura.

A reforma das praças foi providenciada, logo no início do governo Parini,  pela primeira-dama, com autorização do prefeito e a anuência do secretário de finanças, que, consultado pela dona da empresa responsável pelas reformas,  prometeu efetuar o pagamento dos serviços em trinta dias. O caso foi parar na Câmara porque, vencidos os trinta dias, a empresa não recebeu nada. Na Câmara, virou uma CEI que, depois de enviada ao Ministério Público, virou uma Ação Civil Pública, um inquérito policial e, agora, a denúncia. 

Eis o despacho do desembargador Poças Leitão, publicado ontem:

Despacho
Visto. 1. Encarte-se, no início dos autos, a denúncia ofertada às fls. 1040/1046, renumerando-se o feito. 2. Notifiquem-se o denunciado para ofertar resposta escrita, no prazo de 15 (quinze) dias, nos termos do artigo 4º, da Lei nº 8.038/90, instruindo-se. 3. Providencie a Serventia à juntada aos autos das folhas de antecedentes e certidões criminais dos feitos que ali constarem. São Paulo, 10 de junho de 2011. (a.) Poças Leitão – Relator.

4 comentários

  • Anônimo

    Nossa mais rolo ainda!

  • impeachment-já

    Tudo vem desse povo do Parini é podre!!!

  • bom bril

    È aprendiz de blogueiro,

    Entrou nesta porque quis, você foi aconselhado por vários amigos para não assinar.

    O Marçal não entrou.

  • Anônimo

    Vou defender o Cardoso aqui.
    Ele entrou nessa fria porque confiava plenamente na turma do PT jalesense!!!
    Para quem não se lembra o Cardoso era um dos poucos funcionários do BB que militava no PT, confiava no PT e tinha o sonho de ver o PT a frente da Prefeitura de Jales.
    Infelizmente esse sonho se tornou um pesadelo, já que nosso amado município sobre com uma crise de (in)gestão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *