CLÓVIS VIOLA ASSUME PREFEITURA PROMETENDO PAGAR SALÁRIOS

Como estava previsto, Clóvis Viola sentou-se à cadeira de prefeito nesta segunda-feira, em substituição ao nosso premiado estadista. A se julgar pelos fatos de hoje, Clóvis vai precisar, e muito, da retaguarda do rapaz de olhos azuis que está logo atrás dele. A notícia sobre a posse é da assessoria de imprensa da Prefeitura:

O vice-prefeito Clóvis Viola assumiu hoje, 19 de novembro, a chefia do poder executivo por trinta dias, durante período de férias do prefeito Humberto Parini.

Clóvis Viola pretende dar continuidade aos convênios celebrados com os governos estadual e federal que estão em andamento e que tem repasses para com a prefeitura. Um dos seus primeiros atos foi determinar o controle rígido das contas públicas, em obediência à lei de responsabilidade fiscal.

“Vamos continuar pagando os fornecedores e os salários dos servidores municipais. Vamos pagar o mês de novembro até o quinto dia útil de dezembro e vamos fazer o possível para pagar o décimo terceiro também em dezembro. Para isso temos que cortar gastos e fazer economia.” – afirmou.

“Também vou fazer contatos com deputados estaduais e federais objetivando conseguir recursos financeiros para obras e melhorias em nosso município, através de emendas parlamentares” – concluiu Clóvis Viola.

5 comentários

  • funcionario

    engraçado como o nosso prefeito, “chefe dos burros”, e os burros somos nós por sinal, o bonitão sempre tirando férias, enquanto os funcionários, sérios e honestos que trabalham pela população, estão com férias acumuladas por anos…. mais do mesmo….

  • Anonimo

    Quem paga as férias do prefeito não é a prefeitura. Alías, a prefeitura não gasta nenhum tostão com os salário do Parini. Quem paga a conta é o governo estadual. Uma grande economia para o municipio!

  • funcionario

    nem por isso ele deixa de ser funcionario publico e ter os mesmo direitos e DEVERES do que qualquer um… se nao tem férias para os funcionarios, nao deveria ter para ele tbem…

  • Cleber

    Infelizmente uns pagam para que os outros tomem consciência do risco de morte que é o transito.
    Trabalho na Av. Alfonso Rossafa Molina e hoje desde a manhã tenho percebido os motociclistas transitarem com o maior cuidado do mundo, sem a costumeira “pressa” e as atrocidades que cometem e que vejo todos os dias, aí me pergunto: ” foi preciso um jovem perder a vida tão brutalmente para que os outros passassem a ter esse cuidado mesmo que momentâneo ?”.
    Fica aqui a recomendação a todos os motociclistas: “redobrem sua atenção e se atentem a tudo ao seu redor, infelizmente um meio de locomoção tão prático que é a motocicleta, ao mesmo tempo é uma arma engatilhada nas mãos de quem não sabe utilizar…”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *