COLETA DO LIXO: PREFEITURA FIRMA NOVO CONTRATO EMERGENCIAL, MAS NÃO PUBLICA

A questão da coleta do lixo em Jales, que já era meio obscura, está se transformando num mistério cercado de enigmas.

Sabe-se que, no final de dezembro de 2013, a Ungida assinou um contrato emergencial com a empresa Proposta Ambiental Ltda, com validade para seis meses.

Vencido o contrato, portanto, no final de junho, é provável que a Prefeitura tenha fechado um novo contrato emergencial, uma vez que a empresa continua prestando serviços normalmente.

Comenta-se que o novo contrato emergencial foi firmado logo em seguida ao vencimento do anterior, mas, até ontem, transcorridos mais de trinta dias, a Prefeitura não providenciou o extrato do contrato na imprensa oficial.

Da mesma forma, o Portal da Transparência do município não registra nenhum empenho orçamentário relativo à contratação emergencial.  

Comenta-se, igualmente, que o novo contrato estaria guardado a sete chaves com o responsável pelo setor de licitações, Adriano Lisboa.

O caso é muito estranho e mostra, mais uma vez, a falta de transparência da administração Nice. Considerando que o contrato foi assinado há mais de um mês, não há nada que justifique a falta de publicidade.

7 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *