DE VOLTA AO COMEÇO

Os jornais deste final de semana deverão trazer publicada uma nova Portaria devolvendo o servidor público municipal, Jorge Paulo Guzzo, ao posto de contador do Instituto Municipal de Previdência Social de Jales, o antigo IPASM. A Portaria anterior havia sido revogada há alguns dias, segundo informações vindas do Paço. Consta que o pescoço de Jorginho teria sido levado à guilhotina como retaliação ao fato de ele ter participado da campanha vitoriosa do deputado Rodrigo Garcia(DEM).

Durante a semana, comentava-se que o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos, José Luiz Francisco, que estava viajando, seria acionado para tentar reverter o quadro. Não se sabe se, realmente, o Zé Luiz interveio, ou se teria batido uma crise de consciência nos “amigos” do Jorginho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *