DOAÇÃO DO CAMPO DA FEPASA: PREFEITO MANDA PROJETOS PARA A CÂMARA

O prefeito Humberto Parini enviou à Câmara os dois projetos que tratam da doação do campo de futebol de Fepasa para a União Federal, visando a construção dos prédios próprios da Justiça Federal e do Ministério Público Federal (Procuradoria da República). Segundo os projetos, serão 5.250 metros quadrados para a Justiça Federal e mais 3.330 metros quadrados para a Procuradoria da República.

A iniciativa do prefeito, que, diga-se, começou a mexer com esse assunto em julho de 2009, parece não ter sido muito bem recebida em alguns setores da cidade. Até o dono do jornal Folha Regional, Ivair Bologna, o Cuca, está dando mostras de que não gostou da idéia. Estou dizendo “até o Cuca”, porque o jornal Folha Regional é o órgão encarregado de publicar os atos oficiais da Prefeitura e, nesses anos todos, atuou como um parceiro da administração Parini.

Boa parte do material utilizado na campanha da reeleição de Parini, por exemplo, foi impresso na Gráfica do Cuca. Portanto, não deixa de ser surpresa que ele, aparentemente, tenha tomado uma posição contrária aos interesses do prefeito. Consta que a Folha Regional preparou matéria com vereadores e com esportistas, a respeito desse assunto. E, a essa altura dos acontecimentos, o que o prefeito Parini menos deseja é que esse assunto seja objeto de debate. 

Consta também que, por iniciativa de Cuca, alguns esportistas estariam correndo um abaixo-assinado contra a doação do tradicional campo de futebol. E outro que já manifestou opinião contrária aos projetos do prefeito é o diretor da Antena 102, João Luiz Garcia. No Antena Ligada de hoje, Garcia declarou que faz questão de ser um dos signatários do abaixo-assinado.

12 comentários

  • Juliano Matos

    Preclaro cardosinho. Transcrevi esta matéria no meu blog.

    Um grande abraço

    Juliano Matos
    juliano-matos.zip.net

  • O atual Governo Muncipal está bonzinho com a Justiça Federal… né?

  • Com a Justiça Federal e com a Viação Jauense, que vai ganhar um subsídio mensal de R$ 9,2 mil.

  • Juliano Matos

    O abraço será transmitido!!! Cumprimentos a querida tatinha!!

    abraços

  • Chico

    Acho que é uma boa coisa, temos mais campos para a prática do futebol.O campo da FEPASA coo é conhecido não vai fazer muita falta. Já pensaram como ficará muito bom a Justiça e Procuradoria Federal ao lado da Secretaria de Fazenda do Município?

  • Juliano Matos

    cardosinho, aproveitando o comentário acima. As vezes eu me pergunto, será que a Jauense não leva prejuízo? Digo, eu costumava andar de circular em nossa cidade e posso lhe garantir que são poucos os que pagam. A maioria é idoso que tem o direito de andar gratuitamente. Não estou questionando se 9 mil é o suficiente ou se é muito, mas será que o subsídio não seria necessário para que esta empresa continue operando em nossa cidade?? Tantas outras começaram as atividades por aqui e pararam por conta dos prejuízos. É de se pensar. O que acha? abraços!!

  • Chico

    Acho que é uma boa coisa, temos mais campos para a prática do futebol.O campo da FEPASA como é conhecido não vai fazer muita falta. Já pensaram como ficará muito bom a Justiça e Procuradoria Federal ao lado da Secretaria de Fazenda do Município?

  • O campinho da Fepasa é do povo, como o céu é do avião. Está mais do que na hora de interditar esse prefeito.
    Só espero que os nobres vereadores não aprovem esta loucura do dito cujo. Existem tantos lugares em Jales para construir esses prédios. Porque o Sinhozinho Malta quer justamente ali.? No campinho histórico. Parini vc. não é daqui. Volta logo para Lins. O PIOR PREFEITO DA HISTÓRIA DE JALES.

    Responder

  • O COMENTARIO: NA TEORIA, PORQUE NA PRÁTICA NÃO FUNCIONA É UMA RESPOSTA AO COMENTÁRIO DO CHICO E NÃO DO COMPANHEIRO MURILO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *