EDUCAÇÃO: MINISTÉRIO DIVULGA RELAÇÃO DE CIDADES CONTEMPLADAS COM CRECHES

JALES FICOU FORA DA PRIMEIRA CHAMADA

O Ministério da Educação divulgou nesta semana a Resolução FNDE n. 38, de 29 de dezembro de 2010, com a relação das cidades contempladas na primeira chamada para construção de unidades escolares de educação infantil (creches) do Programa Pró-Infância, e para construção de quadras escolares poliesportivas, no âmbito do Programa de Aceleração do Crescimento – PAC2.  No Estado de São Paulo, 52 cidades vão ser beneficiadas com recursos para construção de 103 creches, enquanto 13 municípios receberão verbas para construção de 17 quadras poliesportivas. Na região de São José do Rio Preto, apenas as cidades de Mirassol, administrada pelo PDT, Votuporanga (DEM) e Fernandópolis (PSDB), foram contempladas nesta primeira chamada divulgada pelo Ministério da Educação. Campinasfundada em 1774 com o pomposo e quilométrico nome de “Freguesia de Nossa Senhora da Conceição das Campinas de Mato Grosso“, atualmente o terceiro município mais populoso do estado, foi a cidade paulista com mais projetos aprovados. As crianças campineiras serão beneficiadas com a construção de 8 creches, mais ou menos parecidas com o modelo abaixo, sugerido pelo FNDE.

Jales não consta da relação, apesar de ser a única cidade da região administrada pelo PT. A Prefeitura de Jales, que não prima muito pelo planejamento, conseguiu cadastrar dois projetos para construção de creches, exatamente nas últimas horas do dia 29 de outubro de 2010, último dia do prazo estabelecido pelo Ministério da Educaçao para inscrições no Programa Pró-Infância. Num dos projetos, o prefeito Parini solicita a construção de uma nova creche no Jardim São Jorge, orçada em cerca de R$ 600 mil. No outro, ele reivindica a construção de uma creche na COAHB José Antonio Caparroz Bogaz – JACB, com valor estimado em cerca de R$ 1,3 milhão. Agora, resta-nos esperar pela segunda chamada – ou, quem sabe, pela terceira – e torcer para que Jales seja lembrada pelo Ministério da Educação. A Resolução do FNDE e a relação completa das cidades contempladas estão aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *