ELEKTRO REBATE VERSÃO DA PREFEITURA SOBRE ILUMINAÇÃO PÚBLICA

Como os prezados leitores já sabem, o caso da iluminação pública em Jales virou uma novela. A Elektro diz que a responsabilidade pela manutenção da iluminação é da Prefeitura. E a Prefeitura, munida de uma liminar, diz que as reclamações e solicitações de serviços devem ser dirigidas à Elektro.  

No domingo passado, o jornal A Tribuna, depois de receber nota da Elektro e ouvir a Prefeitura, veiculou matéria onde destacava a versão de que a empresa não estava cumprindo decisão da Justiça porque a liminar obtida pelo município não estabelecia multas.  

Pois bem, ontem, quarta-feira, recebemos uma ligação do Fábio Costa, da assessoria de imprensa da Elektro. E ele garante que não é bem assim. Segundo Fábio, a Elektro e a Prefeitura assinaram um contrato, em fevereiro deste ano, onde o município assumia a responsabilidade pela manutenção da iluminação pública a partir do dia 01 de maio. E, ainda de acordo com Fábio, esse contrato continua em vigor e não foi suspenso pela liminar.

Os detalhes sobre o contrato e sobre a versão da Elektro vão estar no jornal A Tribuna, no próximo domingo. 

9 comentários

  • pedrinho

    ontem entrei em contacto com a Elektro que tem uma lampada queimada em frente minha casa eles me informaro que a responsabilidade da troca e da prefeitura e como fica esse jogo de empurra nos pagamos a taxa de iluminação publica e queremos uma resposta pela prefeitura ou vai ter que entrar na justiça para alguem vir trocar a lampada queimada?

  • pagador de impostos

    tenho um estabelecimento comercial tambem esta sem uliminaçao da rua a 30 dias. ja solicitei e troca, mas ate agora nada. quem faz a elektro ou a prefeitura? cobrar eles cobrao;

  • Júlio

    Cardosinho, vc tem essa liminar precisava dar uma olhadinha nela para ter a certeza que a Elektro tem jogada a responsa na prefeitura.

  • Anônimo

    Vamos pedir para o Pedrinho do camarote que e assessor do Fausto pinato resolver esta pendenga, ele e polivalente desde advogado a lobista de artista de camarote!

  • Elektro esta' fugindo de sua responsabilidade

    Tendo em vista, que o contribuinte paga a taxa de iluminaçao publica para a Elektro portanto ela e’ responsavel.
    Se ela repassa esse valor para a prefeitura, caracteriza a tercerizaçao porem ela continua responsavel.
    A tercerizaçao nao e’ problema do contribuinte pois ele esta’ pagando para a Elektro

    • A Contribuição para Custeio da Iluminação Pública – CIP – foi criada, aqui em Jales, através de uma Lei Municipal. Em muitos municípios, ela não existe. A CIP é paga à Prefeitura, sendo que a Elektro funciona apenas como agente arrecadador.

Deixe uma resposta para pagador de impostos Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *