ENQUANTO ISSO, NO ENTORNO DO HOSPITAL DE CÂNCER…

Um amigo ligou para este aprendiz de blogueiro, hoje cedo, para alertar sobre o fato de algumas pessoas – mal-educadas – usarem a estrada de terra que passa atrás do Hospital de Câncer para despejar entulhos. Na calada da noite, até animais mortos são despejados no matagal que margeia a estrada. Isso tudo a menos de cem metros do hospital, cujos fundos podem ser vistos na foto acima.

Aliás, essa estrada já era prá estar asfaltada há muito tempo, mas falta vontade política ao prefeito Humberto Parini para fazê-lo. É curioso que o nosso premiado estadista – sabe-se lá por quais razões – asfaltou, com recursos da Prefeitura, a estrada que leva ao conjunto habitacional “Nova Jalles”, onde ainda não mora ninguém.

Enquanto isso, o entorno do Hospital de Câncer, atualmente o cartão postal da cidade, continua abandonado. A estrada que passa atrás do hospital é bastante utilizada por motoristas que evitam o trânsito da avenida Francisco Jalles. Quando chove, ela fica do jeito que as fotos  mostram. Quando é tempo de seca, levanta nuvens de poeira que chegam até o hospital.

Numa visita que fiz ao hospital, quando ele ainda estava em fase de instalação, o empresário Durvalino Fernandes Gouveia me falou sobre a necessidade de asfaltar aquela estrada. O assunto já foi levado há bastante tempo ao prefeito, mas, até onde se sabe, nenhuma providência foi tomada.  Se tívessemos algum empresário tentando vender casas ali por perto, certamente que o assunto já teria sido resolvido.

5 comentários

  • narciso

    Se possível e pensando no futuro , aquela via deveria ser ampliada e transformada em uma avenida , ainda que seja curta , mas avenida .
    Jales necessita com urgencia de muitas avenidas , elas são as “artérias” que irrigam os bairros e ajudam promover o crescimento da cidade .

  • rayane

    Faço caminhada por ali, é um desleixo total!
    uma avenida com pista de cooper e ciclovia, ficaria perfeito…ah se nosso prefeito pensasse!

  • Arnaldo Andreu

    Pelo que fiquei sabendo, quanto ao fato daquela rua não estar asfaltada, o buraco é mais embaixo. O problema, segundo me informaram, é a necessidade de se fazer uma galeria pluvial, que possui custo é elevadíssimo para os padrões de Jales e de sua administração. Razão pela qual nosso prefeitão ainda não asfaltou o local, não obstante, o mesmo servir de “anel viário” para quem necessita se dirigir a Palmeira D´Oeste vindo de Urânia, além dos moradores do Jd. Pegolo e outros bairros ali localizados.

    • Cardosinho

      Arnaldo, várias cidades da nossa região receberam milhões em recursos do PAC para resolver esse tipo de problema. Nessas cidades, provavelmente, temos prefeitões que planejam e mandam fazer projetos. O que não é o caso da nossa cidade, onde o prefeito não planeja e nem tem projetos. O caso da Avenida João Amadeu, por exemplo, onde todos os anos a água invade empresas já foi amplamente debatido, inclusive no rádio, mas eu duvido que exista algum projeto para eliminar o problema. O ex-presidente Lula falou, em um encontro de prefeitos, que o governo federal tem dinheiro, basta os prefeitos enviarem projetos corretamente. O nosso prefeito estava lá, mas parece que não ouviu.

  • bolero

    Jales terra de nimguém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *