FUNCIONÁRIOS FICARAM DESCONTENTES COM REAJUSTE

Ontem estive na assembléia dos servidores públicos municipais, realizada na Câmara, e pude notar que, apesar de ter concordado com a proposta do prefeito, o funcionalismo não saiu satisfeito da reunião. E por que concordaram, então? Porque, antes da votação, criou-se todo um ambiente favorável à aprovação, com discursos onde o governo Parini foi elogiado à farta, como se as conquistas do funcionalismo não fossem resultado de sua luta, mas apenas da benevolência do prefeito. Até os vereadores Salatiel de Oliveira e Sérgio Nishimoto, supostamente de oposição, entraram no clima e lembraram o fato de Parini não atrasar o pagamento dos funcionários.

No entanto, da mesma forma que aprovaram, os servidores poderiam ter recusado, se os discursos fossem ao contrário. Quando a proposta foi anunciada, um funcionário que estava ao meu lado disse prá outros dois colegas: “quero ver o fdp que vai me pedir voto em 2012”.

Hoje, tomei o cuidado de ligar para alguns amigos, na Prefeitura. E eles me disseram que o ambiente era de descontentamento com o acordo que foi fechado. Como já disse em um post anterior, os servidores que ganham acima de um salário mínimo terão uma reposição salarial de apenas 6%, e, além disso, somente em setembro eles verão essa diferença em seus contra-cheques.

1 comentário

  • Inconformado

    Mais uma vez os funcionários foram induzidos a aceitarem a proposta. Lembrando que, pagar salários em dia não é mérito para prefeito nenhum, apenas obrigação, imposta por lei.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *