JALES REFORÇA O COMBATE À DENGUE NA SEMANA ESTADUAL DE MOBILIZAÇÃO

Dengue01

Meu amigo Benedito Romildo Peresi ficou bem na foto. A notícia é da Secretaria Municipal de Comunicação:

Mais uma vez a Prefeitura de Jales, através da secretaria de Saúde, movimenta sua equipe de saúde e intensifica as ações em prol do combate à dengue. Na próxima semana, entre os dias 17 e 21, serão promovidas em Jales atividades da “Semana Estadual de Mobilização contra a Dengue”.

A ação visa conscientizar as pessoas do perigo da doença e orientar na prevenção e combate ao mosquito transmissor, o Aedes Aegypti. Em Jales, nos últimos três meses não foi registrado nenhum caso da doença.

Folheto DENGUEA campanha não será desenvolvida somente com visitas dos agentes da Vigilância em Saúde nas residências. Haverá distribuição de folhetos educativos em locais de grande movimento, como avenidas e ruas centrais da cidade, orientação através de palestras educativas e distribuição de material didático para grupos de espera das ESFs e escolas municipais, além de exposição com material informativo nos supermercados de grande circulação.

“Nosso objetivo não será ir às ruas e casas eliminando os criadouros, pois já fazemos esse serviço durante o ano inteiro, mas levarmos orientação para que a população saiba como eliminar os criadouros da dengue e não deixar que nada acumule água”, ressaltou a profissional de informação, educação e comunicação da secretaria municipal de Saúde, Vanessa Luzia da Silva Tonholi.

“Só conseguimos eliminar a doença e evitar epidemias com a colaboração da população. A proliferação do mosquito transmissor é conquistada com a mudança de hábitos cotidianos dentro de casa”, comentou a secretária de Saúde, Nilva Gomes.

FEBRE DE CHIKUNGUNYA – Mesmo não tendo nenhum caso notificado da febre Chikungunya no município, os funcionários da prefeitura de Jales também estão atento à situação da doença e promoverá a divulgação da doença durante a semana de mobilização. A febre Chikungunya é causada pelo vírus CHIKV e, assim como a dengue e a febre amarela, é transmitida pela picada de um mosquito. O Aedes Aegypti, mosquito transmissor da dengue, e o Aedes albopictus, transmissor da febre amarela, têm potencial para se tornar um transmissor da Chikungunya e apresentar risco para a população brasileira. Os principais sintomas da doença são febre alta, dor muscular, manchas na pele, náusea, vômito e dores nas articulações, que é a mais característica manifestação da doença.

2 comentários

Deixe uma resposta para eu Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *