JESUS ESTÁ PROIBIDO DE PREGAR CONTRA O MOSQUITO DA DENGUE

Fontes bem informadas me disseram, hoje, que o servidor Jesus Martins Batista – que já foi o Jesus do Almoxarifado e, atualmente, é o Jesus da Dengue – está proibido de dar entrevistas sobre os problemas causados pelo mosquito Aedes aegypti. A medida – se verdadeira – visa, evidentemente, evitar a exposição midiática do Jesus, que se filiou ao partido do prefeiturável Flávio Prandi Franco, o Flá.

A democracia petista é curiosa! Nas eleições passadas, Jesus marchou ao lado da candidata Nice Mistilides e obteve mais de 500 votos para vereador. Como prêmio, o prefeito Humberto Parini e dois ou três puxa-sacos que gravitam em torno dele, tentaram rebaixar Jesus a um cargo menor. O castigo só não se consumou porque Jesus correu ao Sindicato dos Servidores, que saiu em sua defesa.

Passada a tempestade, Jesus – seguindo os conselhos do seu xará ilustre – resolveu perdoar seus perseguidores e até foi visto grudado a um violão, cantando alegremente ao lado do prefeito e da primeira-dama, em uma festinha de aniversário. Mas com o PT não tem essa história de oferecer a outra face: bastou Jesus se lançar como pré-candidato para que os petistas colocassem, novamente,  seus olhos de raio xis sobre o moçoilo.    

25 comentários

  • Amedrontado

    ESSE TAL DE JESUS É MUITO CARA DE PAU
    FAZER MEDIA COM O PREFEITO E PRIMEIRA-DAMA.
    IMAGINE QUE GRANDE VEREADOR VAI SER

  • Anônimo

    O Flá Ta bem na fita héim…. Jesus fazedor de média e Juliano Matos o rapaz dos processos…. ai meu Deus!

  • cientista político

    é a política perseguidora do PT

  • Funcionaria Publica

    To admirada com o Jesus, dessa festinha eu não sabia…Ai o resultado….

  • funcionária da saúde

    que decepção eihn Jesus. Não esperava isso.

  • Alcides do jd do bosque

    Já não voto mais em você, como vou tirar voto
    de você.
    Já percebi que você é malandro, e usa igreja
    para se mostrar bonzinho.
    ESTE JESUS É AO CONTRARIO DA AQUELE.
    depois dessa seus pais errarão em coloca-lo este
    nome.

  • Funcionario ´Publico

    Amigo Cardoso rs notaste que após o ”desmascaramento” de um ”famoso secretário de partido” não houve mais nenhum tipo de comentário elogiando o mesmo aqui?rsE olha que nem precisou você dizer nomes,acabou a falação.E que que isso hein Jesus,por essa eu não esperava, perdeu meu voto e de muita gente

  • Mister M

    Cardosinho, quem fala em nome da dengue no governo Parini é o vice-prefeito Clóvis Viola, que está quase todos os dias nas rádios falando do assunto. O Jesus também falou sobre a dengue diversas vezes, defendendo e mostrando que a administração Parini está realmente combatendo a dengue em Jales.

  • Anônimo

    Olhem, não vamos crucificar o nosso JESUS ,ele sempre foi uma pessoa educada e honesta, o fato de ir a uma festa não quer dizer nada,aposto que ele não estava só, o que vale é a pessoa ele sempre foi.

  • Caros amigos que fizeram esses comentários maldosos sobre minha pessoa, quero dizer a vocês que sempre fui um funcionário exemplar, sempre cumpridor da minha função publica com muito respeito a população, e sempre fui companheiro de todos os funcionários publicos, sempre os respeitando durante os 23 anos como funcionário da prefeitura municipal.Sim participei de uma festinha na associação dos funcionários publico municipal fui convidado por uma pessoa que fazia aniversário em dados momentos alguns amigos pediram para eu tocar violão na hora dos parabéns ao aniversariante, toquei e cantei sim , justo na hora o Proprietário do Jornal de Jales, Deonel Rosa Junior tirou algumas fotos minha e de pessoas que estavam presente naquela festinha, inclusive do SR, Prefeito, que estava presente, isto não vem tirar créditos sobre minha pessoa sempre fui muito transparente na minha vida, tanto publica quanto pessoal , fui sim proibido de dar entrevistas em emissoras de Radio da nossa cidade, fui participado pelo nosso Secretário que eu não devia dar mais entrevista sobre a dengue porque alguns Vereadores telefonaram na Secretaria de Imprensa para o SR. Francisco Melfi que eu estaria fazendo campanha politica nas minhas entrevista, sempre falei sim nas emissoras de Rádios mas sempre falei das ações que o estados vem cobrando, e sempre falei só do apoio tanto da administração e do Comitê do Combate a dengue e sempre falei bem da equipe do controle de vetores agentes e Supervisores, nunca falei dos méritos do meu trabalho a frente da equipe. Portanto venho através destes comentários tanto dos Funcionários Públicos que fizeram comentários sobre mim que sou parceiro, e que sempre estarei ao lados que sempre continuarei na luta, como sempre defendi juntamente com o Sindicato dos Funcionários Público, sempre dei a cara para bater nas horas difíceis que passamos juntos, e não esses comentários que vão me abater, quero dizer também se por ventura for verdade que esses Vereadores realmente falaram isso, quero dizer estou muito contente porque isso é um bom sinal que eu estou preocupando eles, eles teriam que apresentar mais Projetos que realmente vai trazer beneficio para a nossa população que tanto clama, digo mais eu não preciso de entrevista nas Rádio para fazer politica, posso fazer no meu dia a dia e nas minhas ações que faço na comunidade o ano inteiro, nas horas de folga fora dos meu trabalho. sem mais para dizer confio nesse DEUS que sirvo e não é qualquer comentário que vai fazer eu desanimar em meus projeto de vida, sei que DEUS tem um grande plano para minha vida e eu não vou desistir nunca. ABRAÇOS DO AMIGO E COMPANHEIRO DE SEMPRE, JESUS M. BATISTA…O JESUS DA PREFEITURA.

  • Força Jesus, você é um cara muito humano, estamos com você sempre, pode contar com meu voto e da minha família, confiamos em você. Tenho certeza que você será um dos melhores vereadores, e esses que estão preocupado com a sua candidatura estão perto de dar o fora. Vai em frente, sempre confiante que desta vez você vai chegar, tenho certeza.

  • Jesus você é o cara, siga em frente estamos com você sempre , tive o prazer de trabalhar com você e te conheço muito bem, to com você, meu voto é seu e com certeza para Prefeito será do FLÀ, vai ser uma grande vitória. abraços, firme parceiro. siga em frente, com DEUS no coração, tenho certeza que estas pessoas que fizeram estes comentários não sabem da pessoa verdadeira que você é.

  • Como pessoa pode fazer comentários maldosos sobre a pessoa do Jesus, todas as vezes que reclamei sobre muito mosquito da dengue na minha residencia, ele logo estava aqui para ver a reclamação, ele é muito competente, faz seu trabalho com muita dedicação, conta comigo Jesus da dengue, to com você, meu voto é seu, porque tenho certeza você eleito nosso Jardim do Bosque vai ser mais cuidado, vejo totalmente abandonado e não aparece nem um vereador que estão la só para esquentar as cadeiras da Camara Municipal.

  • Simão

    Engraçado é uma coisa: Quais são os números da dengue em Jales dos últimos 5 anos? Sr. Jesus M. Batista, faça o favor de responder e afirmar que vosso serviço está adequado, pois o que vejo é uma cidade repleta de casos de dengue todos os anos, problemas com leishmaniose, caramujos, mosquitos etc. Mostre os números…….

  • Anônimo

    Boas palavras Jesus. Não o conheço, mas na minha opinião, comentários maldosos como estes acima devem ser banidos. Tudo bem, eu até acredito que vivemos em uma democracia, onde todos têm direito de se manifestarem, mas é preciso que haja respeito, se for para criticar, que sejam críticas construtivas.
    A população jalesense e a brasileira também, de uma forma geral, não sabe cobrar seus direitos, não sabe analisar e a partir de então, criticar; quando se aproximam de um político ou aspirante a político só o fazem no intuito de se dar bem, de levar vantagem. Reclamam por reclamar, pedem, pedem, pedem, porque acham que todo político deve dar, o que na verdade é um absurdo. Enquanto pensarmos assim e, quisermos levar vantagem a todo custo, não poderemos cobrar NADA, mas nada mesmo, de político nenhum e teremos que aguentar por quatro, oito anos. É preciso dar o primeiro passo e ao menos tentar mudar a realidade que vivemos, comece por educar bem o seu filho, fazer dele um ser humano pensante, crítico; o caminho é esse, não é um processo rápido, mas talvez seja o único, até porque, esse caminho passa por uma boa criação/educação, caso contrário, continuaremos vivendo assim, pagando absurdos em impostos e mesmo assim, pagando plano de saúde, pagando seguro para o carro, para a casa etc, pagando colégio para os filhos, porque não poderemos exigir nada, continuaremos vendo de camarote a corrupção em todos os setores e o despreparo dos políticos em cuidar da coisa pública. #pensenisso

  • Anônimo

    pelo o que o clovis viola disse no radio quase não tem funcionario no controle de vetores,eo pouco q restou são coordenadores,chefes, encarregados,kd os agentes q nunca mais passou nas residencias prefeito tem q tomar providencia rapido janerão é so chuva na dengue tem muito cacique pra pouco indio

  • funcionaria publica municipal

    só de saber que jesus é parente do frança deus me livre se ele for igual seu parente.

  • Estranho né, acho que esta funcionária publica não conhece o Jesus.

  • Também acho para ela comentar nesse sentido, trabalhei com ele muito anos e sei o quanto ele era amigo de todos os servidores, sem instição de qualquer que seja, sempre só fez o bem para os companheiros.

  • Eu também trabalhei junto com ele no controle de vetores e ele é um cara sensacional sempre bom chefe, acho que esta funcionária publica que comentou sobre ele, comparando sobre ele com o França, só porque eles são parentes, eu acho que ela não é Func. Pública Municipal coisa nenhuma, eu acho que é alguém que é candidato e ta com inveja do nosso futuro Vereador Jesus que sem dúvida vai ser eleito com os votos dos funcionários público que confia muito nele.

  • Fui funcionário com ele no setor da Prefeitura, e não concordo com que estão comentado sobre o Jesus, sempre foi um cara competente em todos os departamentos que ele passou sempre foi muito querido por todas as pessoas que trabalharam com ele, pena que ele foi perseguido por gente mesquinha que só pensa em destruir a vidas dos outros por causa suja politica, de certas pessoas que estão aí só para atrapalhar a vida dos servidores, onde fica a democracia.

  • Anônimo

    “Funcionário do Passo Municipal” ?????
    Desse jeito eu passo…kkkkkkk

  • Funcionaria Publica

    TRABALHO COM JESUS A ALGUM TEMPO, ESTÃO BOMBARDEANDO O AMIGO PORQUE ELE ESTA TRABALHANDO E MTO BEM, SERA QUE É MEDO DE PERDER VOTOS PARA ELE? PENSE NISSO. E SE VCS NÃO SABEM O JESUS SEMPRE FOI PERSEGUIDO POR ESSA ADMINISTRAÇÃO TANTO QUE VENCEU UM PROCESSO E SE QUISESSE VENCERIA OUTROS, ANTES DE FALAR TANTAS COISAS RUINS FAÇAM UMA PESQUISA E VEJAM QUEM É QUEM. FORÇA AI AMIGO. FAÇA DAS CRITICAS DEGRAUS PARA CHEGAR ONDE VC ALMEJA. BOA SORTE.

  • Caro amigo Simão, em resposta ao seu comentários solicitando os números de casos de DENGUE no nosso município nos últimos 5 anos, quero te informar que o nosso Município teve o privilégio de ter o índice menor de casos de DENGUE de todos os Municípios de quase todo o Estado de São Paulo, graças ao trabalho da equipe que era desde Março de 2007 quando eu assumi o controle de vetores do Município, graças a DEUS e apoio de toda a população que sempre nos ajudou nas ações quando solicitado pelo Estado (SUCÊN), também o apoio da Secretaria de Saúde através do SR. Secretário Donizete e também do Comitê do Combate a Dengue (Presidente ) Clóvis Viola e de varias entidade que foi parceira nestas ações, não posso de salientar o grande trabalho dos meus supervisores a Vera e o Jura e a Vanessa nossa educadora I E C. levando toda as informações dando palestras nas escolas e creches do nosso município.

    CASOS DE DENGUE NOS ÚLTIMOS 5 ANOS.

    ANO DE 2007.

    246 AUTÓCTONE
    68 IMPORTADOS

    ANO 2008.

    11 AUTÓCTONES
    02 IMPORTADOS

    ANO 2010.

    280 AUTÓCTONES
    63 IMPORTADOS

    ANO 2011 ATÉ 31 DE OUTUBRO.

    152 AUTÓCTONES
    32 IMPORTADOS.

    Em relação ao pernilongo comum ( culex ) é realizado o tratamento químico de bueiros, córregos e demais locais
    que sirvam de criadouros do mesmos.
    A equipe realiza atividades educativas e orientação quando o assunto é caramujo, escorpião e carrapatos, pois não possuímos inseticidas para os mesmos. Ressalto que no caso dos escorpiões, o inseticida só reage por contato, por tanto o ideal é a adoção de medidas preventivas, quanto as moscas e demais insetos, o controle não de responsabilidade da equipe de vetores.
    A equipe Municipal de Combate de Endemias segue as Normas e Recomendações Técnicas para Vigilância e Controle do Aedes aegypti no Estado de São Paulo, portanto são realizadas as seguintes atividade;
    Casa a casa- vistoria de todos os imóveis do município, a atividade é realizada por setores, onde em cada setor dois agentes realizam a vistoria, em período sem transmissão completa-se a visita em 30 a 40 dias. Trabalhamos com a divisão do mapa do município em l0 setores, cada um tem em média 2000 imóveis.
    Bloqueio de eliminação de criadouros – todos os casos notificados como suspeitos de dengue é realizados vistorias em 09 quadras próximas ao suspeito, quando o caso é confirmado POSITIVO essa vistoria é ampliada para 25 quadras.
    Bloqueio de Nebulização- em casos confirmados de DENGUE é realizada a pulverização em 25 quadras próximas ao POSITIVO.
    Imóveis Especiais – imóveis com grande fluxo de pessoas (Escolas, supermercados, hospitais etc.) são vistorias mensalmente.
    Pontos Estratégicos – imóveis com grandes quantidade de recipientes (borracharias, oficinas, ferro velho, recicláveis etc) são vistoriados quinzenalmente.
    Avaliação de densidade larvárias – com o objetivo de verificar a densidade larvária do município essa atividade é realizada trimestralmente.
    Atendimento a Denúncias – quando a população liga reclamando da presença de mosquito Aedes aegypti na residencia, é realizada vistoria próxima a casa do reclamante.
    Atividades Educativas – são realizadas palestras e exposição em escolas, exposições em eventos no município, orientações por jornais, rádio, faixas, cartazes, folhetos explicativos e carro de som, visitas com orientação e afixação de cartazes em empresas governamentais e não governamentais, entre outras.

    Qualquer duvida estou a disposição JESUS DA PREFEITURA.
    ABRAÇO…

    3

  • Caro amigo Simão, em resposta ao seu comentários solicitando os números de casos de DENGUE no nosso município nos últimos 5 anos, quero te informar que o nosso Município teve o privilégio de ter o índice menor de casos de DENGUE de todos os Municípios de quase todo o Estado de São Paulo, graças ao trabalho da equipe que era desde Março de 2007 quando eu assumi o controle de vetores do Município, graças a DEUS e apoio de toda a população que sempre nos ajudou nas ações quando solicitado pelo Estado (SUCÊN), também o apoio da Secretaria de Saúde através do SR. Secretário Donizete e também do Comitê do Combate a Dengue (Presidente ) Clóvis Viola e de varias entidade que foi parceira nestas ações, não posso deixar de salientar o grande trabalho dos meus supervisores a Vera e o Jura e a Vanessa nossa educadora I E C. levando toda as informações dando palestras nas escolas e creches do nosso município.

    CASOS DE DENGUE NOS ÚLTIMOS 5 ANOS.

    ANO DE 2007.

    246 AUTÓCTONE
    68 IMPORTADOS

    ANO 2008.

    11 AUTÓCTONES
    02 IMPORTADOS

    ANO 2010.

    280 AUTÓCTONES
    63 IMPORTADOS

    ANO 2011 ATÉ 31 DE OUTUBRO.

    152 AUTÓCTONES
    32 IMPORTADOS.

    Em relação ao pernilongo comum ( culex ) é realizado o tratamento químico de bueiros, córregos e demais locais
    que sirvam de criadouros do mesmos.
    A equipe realiza atividades educativas e orientação quando o assunto é caramujo, escorpião e carrapatos, pois não possuímos inseticidas para os mesmos. Ressalto que no caso dos escorpiões, o inseticida só reage por contato, por tanto o ideal é a adoção de medidas preventivas, quanto as moscas e demais insetos, o controle não de responsabilidade da equipe de vetores.
    A equipe Municipal de Combate de Endemias segue as Normas e Recomendações Técnicas para Vigilância e Controle do Aedes aegypti no Estado de São Paulo, portanto são realizadas as seguintes atividade;
    Casa a casa- vistoria de todos os imóveis do município, a atividade é realizada por setores, onde em cada setor dois agentes realizam a vistoria, em período sem transmissão completa-se a visita em 30 a 40 dias. Trabalhamos com a divisão do mapa do município em l0 setores, cada um tem em média 2000 imóveis.
    Bloqueio de eliminação de criadouros – todos os casos notificados como suspeitos de dengue é realizados vistorias em 09 quadras próximas ao suspeito, quando o caso é confirmado POSITIVO essa vistoria é ampliada para 25 quadras.
    Bloqueio de Nebulização- em casos confirmados de DENGUE é realizada a pulverização em 25 quadras próximas ao POSITIVO.
    Imóveis Especiais – imóveis com grande fluxo de pessoas (Escolas, supermercados, hospitais etc.) são vistorias mensalmente.
    Pontos Estratégicos – imóveis com grandes quantidade de recipientes (borracharias, oficinas, ferro velho, recicláveis etc) são vistoriados quinzenalmente.
    Avaliação de densidade larvárias – com o objetivo de verificar a densidade larvária do município essa atividade é realizada trimestralmente.
    Atendimento a Denúncias – quando a população liga reclamando da presença de mosquito Aedes aegypti na residencia, é realizada vistoria próxima a casa do reclamante.
    Atividades Educativas – são realizadas palestras e exposição em escolas, exposições em eventos no município, orientações por jornais, rádio, faixas, cartazes, folhetos explicativos e carro de som, visitas com orientação e afixação de cartazes em empresas governamentais e não governamentais, entre outras.

    Qualquer duvida estou a disposição JESUS DA PREFEITURA.
    ABRAÇO…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *