JUSTIÇA QUER SABER PARA QUEM NICE PAGOU O 1/3 DE FÉRIAS

O juiz da Vara Especial Cível e Criminal, Fernando Antônio de Lima, ao analisar uma ação proposta por uma servidora municipal, resolveu fazer uma série de perguntas à prefeita Nice Mistilides.

Na ação, a servidora está pedindo que a Prefeitura pague imediatamente o 1/3 de férias a que ela tem direito. Segundo o juiz, existem inúmeros pedidos parecidos tramitando naquele Juizado.

Por conta disso, ele está perguntando, entre outras coisas, quais são os servidores beneficiados com férias e 1/3 de férias, e, se entre os beneficiários existem ocupantes de cargos de alto escalão.

Pelo visto, o magistrado está desconfiado de que a prefeita anda pagando esse direito trabalhista somente aos mais chegados. Caso isso tenha ocorrido, ele deseja saber os motivos do tratamento diferenciado.

5 comentários

  • Cuiabano

    E se isso aconteceu, se ela privilegiou alguém, ela toma mais uma improbidade na cabeça, pois fere o princípio da isonomia.

  • Mato fino

    Ouvi dizer que tem gente que ela mandou embora e até agora não foi paga a rescisão. Dos amigos já foram pagas.

  • gugu

    NOS JA TINHA O MATO GROSSO. AGORA VEM O MATO FINO ACHO QUE A NICE ESTA ENROLADA ATE O PESCOÇO COM ESSES DOIS

  • servidor

    Essa administração é ridícula! Só em Jales os servidores não tem direito de gozar as férias! o que a secretaria de saúde diz agora é que esse ano ngm mais sai de férias! Mas eu não vi ngm saindo e muito menos recebendo! Nem os pedidos de férias estão sendo assinados ela simplesmente devolve e diz que esse ano não! é por isso que quando um funcionário está no seu limite e começa a cair produção e qualidade dos serviços prestados! Eu fico indignado trabalhando a três anos direto e conseguir sair de férias!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *