LIXO NA ESTRADA: VEREADORES PROTOCOLAM REPRESENTAÇÃO NO MINISTÉRIO PÚBLICO

Os vereadores José Roberto Fávaro (PSDB) e Aracy Murari Cardoso(PT), a Tatinha, protocolaram no final desta sexta-feira uma representação junto ao Ministério Público Estadual, solicitando providências a respeito do lixo que está sendo despejado na estrada municipal que leva ao antigo Lixão. A atuação dos sujismundos já foi registrada neste blog, em dois posts anteriores.

A representação foi recebida pelo promotor público, doutor Rodolfo Strazzi Arcângelo Pereira,  curador substituto do Meio-Ambiente em Jales. Abaixo, a íntegra da representação:

Nós, que abaixo assinamos, vereadores à Câmara Municipal de Jales, representantes dos munícipes jalesenses, vimos, por este meio, representar contra a Prefeitura Municipal de Jales e contra os responsáveis pelo depósito indevido de lixo nas laterais da estrada que dá acesso ao antigo Lixão, conforme fotos anexas, pleiteando a apuração dos fatos através dos meios legais.
Termos em que,
Pede Deferimento.
Jales, 1 de abril de 2011.
Aracy de Oliveira Murari Cardozo                                        José Roberto Fávaro 

12 comentários

  • Eduardo Britto

    Como assim? Foi a Prefeitura que jogou o lixo?
    Ah… pára vai! A prefeitura deve fiscalizar, mas responsabilizá-la por tamanha delinquência é demostrar incapacidade de observar o óbvio.
    Por favor, senhores, vamos bradar contra as ações irresponsáveis dos indidíduos e deixar de transferir as irresponsabilidades ao poder público como dono de todos os danos.
    Quem jogou essa quantidade exacerbada de lixo é quem deva ser realmente resonsabilizado. Esqueçam cores e siglas e tentamos ser menos prolixos e superficialistas.

  • Tatinha

    BRITO,QUE VERBORRAGIA!!!!MERA TENTATIVA DE BOA PRODUÇÃO TEXTUAL…QUE PENA!!!
    QUANTO À RESPONSABILIDADE DO EXECUTIVO, PROCURE LER (posso lhe arranjar uma cópia!)A LEI ORGÂNICA DO MUNICÍPIO – ARTIGO 7o INCISO XIII( que coincidência, não???).DEPOIS DESSA LEITURA, POSSO LHE SUGERIR OUTROS ARTIGOS, MAS VAMOS DEVAGAR PARA NÃO SOBRECARREGÁ-LO!!!

    EM TEMPO: VOCÊ CONHECE O SIGNIFICADO DO TERMO “EXACERBADA”???NÃO???!!!EU PERCEBI…

  • Eduardo Britto

    Nossa… só agora que fui ver que você era uma das autoras da representação. Se soubesse…

  • Tatinha

    PERCEBEU, BRITO, VOCÊ PRECISA LER MAIS E COM ATENÇÃO!!!
    DETALHES FAZEM MUITA DIFERENÇA!!!INCLUSIVE, DIFERENCIA O CERTO DO ERRADO.

    • Eduardo Britto

      Ah se eu pudesse lhe contar as diferenças que sei… Inclusive as diferenças de uma campanha certe e de uma campanha errada.
      E fica tranquila… esse é meu último post e visita no Blog. Não posso aceitar que corvardes e dissimulados postem comentários que vão do nada a lugar nenhuma.
      Inclusive, recomendo a você que se preocupe um pouco mais com sua campanha, já que não terá as mesmas benécies da última. Será que você saberá entender a diferença que quero explicar agora?

  • Eduardo Britto

    Ah, antes que me esqueçca, verborragia são seus discursos na Câmara. Desafio você a fazer um discurso sem que fique um domingo inteiro elabroando o texto em casa. Toda vez que fala na tribuna da Câmara tem que ser com um sulfite na mão. Do contrário, não é capaz de enfrentar um debate com o mais prolixo dos vereadores. Sem contar que quando resolve vomitar uma entrevista no rádio não consegue concatenar uma frase sem gaguejar quatro ou cinco vezes. Isso sim é verborragia!

  • Tatinha

    BRITO, REALMENTE, NÃO SOU PERFEITA!!!ALIÁS, TENHO MUITOS DEFEITOS…MAS ADORO E SEI ESCREVER!!!FALAR NÃO É O MEU FORTE MESMO!!!MAS CHEGO ONDE QUERO, GAGUEJANDO OU NÃO!!! JÁ VOCÊ… NÃO CONSEGUE SE FAZER ENTENDER, É HERMÉTICO DEMAIS!!!

    PS: é BENESSE e não benécies.

  • Ronaldo da Fazendinha

    vôti que fumada kkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *