MANDADO DE SEGURANÇA SUSPENDE LICITAÇÃO NA PREFEITURA DE JALES

Está no Diário Oficial desta quinta-feira. A abertura dos envelopes com as propostas de preços das empresas interessadas na licitação para construção da nova Secretaria Municipal de Educação, foi suspensa, por ordem judicial expedida pela 4ª Vara da Justiça de Jales, atendendo pedido de uma das concorrentes, em Mandado de Segurança.

A abertura dos envelopes das quatro empresas habilitadas – Max Construções e Serviços em Edificações Ltda, Aidar Construções, Projeto e Comércio Ltda, CA2 Engenharia Construtora Ltda  e Faben Construtora e Engenharia Ltda – estava prevista para ontem, mas foi adiada por tempo indeterminado.

Normalmente, as obras da administração começam a se complicar logo depois de iniciadas. Nesse caso, porém, as complicações já começaram durante a licitação. O prefeito Humberto Parini – como se sabe – pretende construir a nova Secretaria Municipal de Educação em um terreno adquirido pela Prefeitura junto ao Clube do Ipê.

Se tudo correr bem, Parini conseguirá, no máximo, iniciar a obra, que terá que ser finalizada pelo próximo prefeito. Isso, repito, se tudo correr bem. Se os problemas com a licitação não forem resolvidos rapidamente, o estadista não conseguirá nem mesmo iniciar a obra.

3 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *