MINISTÉRIO PÚBLICO PREPARA AÇÃO CIVIL CONTRA COMISSÃO DA FACIP 2009

Não bastassem as dores de cabeça em relação ao Caso Facip 97, parece que o prefeito Parini poderá ter, também, alguns sobressaltos por conta da Facip 2009. Isso porque a Facip 2007, cujo rombo aproximou-se dos R$ 300 mil, não foi investigada.

Mas vamos ao que interessa: o Diário Oficial do Estado, de hoje, traz uma publicação onde o Ministério Público de Jales está pedindo a abertura da inquérito preparatório visando propor Ação Civil Pública, por improbidade administrativa, contra a Comissão Organizadora da Facip 2007, presidida pelo comerciante Alessandro Ramalho Flausino.

Na mesma publicação, o MP também pede abertura de inquérito civil para investigar a empresa Clássica Comércio de Eletrônicos e Produções Ltda. Para quem não se lembra, a Clássica, uma empresa de Goiás, foi contratada para “aplicar” os R$ 177 mil que o Ministério do Turismo enviou para a publicidade da Facip 2009.

Não tenho conhecimento do que está sendo alegado pelo Ministério Público, mas tenho conhecimento sobre alguns fatos, já que os vivenciei. A planilha proposta pela Clássica incluía a divulgação da Facip 2009 através de: caminhão de som (R$ 28.500); Confecção e distribuição de cartazes (R$ 20.000); veiculação de propaganda em 10 rádios da cidade e da região (R$ 45.000); veiculação em TV regional (R$ 73.500) e propaganda em jornais da cidade e região (R$ 10.000).

Disso tudo aí, pouquíssima coisa foi realizada, já que quase toda a propaganda daquela Facip foi paga pela própria Comissão, e não pela Clássica. A comprovação da confecção dos cartazes, por exemplo, foi feita mediante a apresentação de uma nota emitida por uma gráfica de Fernandópolis, cujo talão de notas era de 2000. Segundo informações, a gráfica estava inativa há muito tempo, mas a nota foi aceita, sem contestações, pelo secretário de Finanças, Rubens Chaparim. A propaganda na TV foi quase nenhuma e, pelo que consta, paga pela Comissão.

A ex-secretária municipal de Agricultura, Gláucia Alvarez Tonin, que era também a vice-presidente da Facip 2009, assinou um primeiro laudo de vistoria, no valor de R$ 117 mil, atestando a “realização” dos serviços. Alertada para as consequências, ela negou-se a assinar o segundo laudo, no valor de R$ 60 mil, que, posteriormente, foi assinado por Irineu de Carvalho, secretário de Esportes. Irineu não tinha nada a ver com a Facip, mas foi pego a laço para assinar o documento.

Por enquanto, parece que apenas a Comissão da Facip 2009 está sendo acusada de improbidade, mas não tenham dúvidas de que o prefeito Parini ainda vai acabar sendo envolvido nisso. Afinal, a fiscalização sobre a aplicação do dinheiro vindo do Ministério do Turismo era responsabilidade da Prefeitura. Daqui a alguns anos saberemos no que vai dar tudo isso.

PS: Um amigo visitante chamou a atenção para um equívoco cometido por este blogueiro, no trecho “Facip 2007, presidida pelo comerciante Alessandro Ramalho Flausino”. Na verdade, eu queria me referir à Comissão Organizadora da Facip 2009, que foi presidida pelo Alessandro.

8 comentários

  • Douglas

    Cardoso, no primeiro parágrafo, no trecho “Isso porque a Facip 2007, cujo rombo aproximou-se dos R$ 300 mil, não foi investigada” , você quis dizer FACIP 2009 ?

    Eh, mais uma minha gente !!!

  • Não. Eu quis dizer Facip 2007 mesmo. Se ela tivesse sido devidamente investigada, a essa altura estaria faltando Prozac nas farmácias.

  • Anônimo

    CREIO QUE O EQUÍVOCO ESTEJA NO TRECHO:
    “…contra a Comissão Organizadora da Facip 2007, presidida pelo comerciante Alessandro Ramalho Flausino.”
    O ALESSANDRO PRESIDIU A FACIP 2009.

  • cardosinho

    O comentarista tem razão! Houve uma confusão de datas. Vou tentar corrigir. Obrigado!

  • juliano100noção

    cardosinho cadê as grandes declarações e idéias do excelentícimo senhor juliano matos!!!!!!!!!!!
    parece que depois que fizemos algumas revelações sobre a sua “ficha limpa” ele desapareceu do seu blog!!!!

  • Juliano piada pronta

    Meu amigo vc tocou no nome do Juliano Matos e eu resolvi dar uma olhada no blog dele.
    Nunca ri tanto, o cara passa do limite sem noção para ele é pouco.
    Primeiro critica a Dep. Analice Fernandes, e tenta ensiná-la um pouco de politica… com a sabedoria que adquiriu na sua tão divulgada candidatura a Dep. Federal chama de imprudente o fato de a Deputada lançar o Juiz aposentado Dr. pedro Callado candidato a prefeito do PSDB. Por ai demosntra ser imaturo para a politica e que nada conhece do verdadeiro jogo politico, também pudera até agora só brincou de politica com aquela sua candidatura ridicula.
    Mas eu acho legal ele ter o blog dele e continuar a divulgar suas idéias pois assim teremos motivos para nos divertir…..
    Da-lhe Juliano sem noção!!!!

  • Fofoca on line

    Será que após os Jogos Regionais mais CPI´s virão?!?!?!??!

    Minha sincera opinião!!! Acretido que não pois dentre os organizadores estão Wilter Guerzoni e Antonio de Carvalho, mas como também estão presentes na organização membros de um certo partido que gosta das benesses dos cargos públicos tudo pode acontecer!!!

    Quem viver verá!!!

    Para Melhor Descobrir Basta esperar as coisas acontecerem………….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *