MUNICÍPIO DE JALES TAMBÉM ADERE À PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DO ESTADO

A novidade está pendurada no portal do governo do Estado:

Na última terça-feira, 11, o prefeito de Jales, Flávio Prandi Franco, assinou o convênio de adesão ao PREVCOM MULTI, plano multipratocinado patrocinado pela Fundação de Previdência Complementar do Estado de São Paulo, que permite oferecer o benefício aos seus servidores.

O documento será encaminhado para a Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc), autarquia responsável pela fiscalização e supervisão das atividades deste setor. A partir da aprovação do órgão federal, as inscrições serão abertas pela administração municipal.

Dentro do regime previdência complementar, os funcionários públicos de Jales terão suas aposentadorias limitadas ao teto do INSS de R$ 5.645,80 (valor de 2018) e poderão aderir ao PREVCOM MULTI para assegurar uma renda superior.

A adesão ao plano multipatrocinado, que reúne vários estados e municípios, é a solução para adotar o novo regime sem arcar com os gastos elevados que seriam necessários para a criação de entidade própria.

Com a implantação do benefício, os participantes poderão contribuir com o percentual que desejarem e contarão com a parceria da prefeitura, que fará aportes paritários de até 7,5% do valor que ultrapassar o teto do INSS.

O documento firmado por Flávio Prandi e o presidente da SP-PREVCOM, Carlos Henrique Flory, autoriza a entidade a assumir a gestão da previdência complementar dos servidores jalesenses e realizar todos os procedimentos para colocar o sistema em operação.

Segundo prefeito, o acordo integra um conjunto de medidas que visa reduzir a pressão das despesas com aposentadoria sobre as finanças municipais. “Estamos colocando a previdência de Jales em um novo patamar”, disse Prandi.

1 comentário

  • elias

    Falando em previdência, sabemos que todas as secretarias da prefeitura de Jales está abarrotada de estagiários, e se não me engano, estes não contribuem com o IPASM, ou seja, em breve, devido tal feito o IPASM não terá condições de arcar com a aposentadoria de seus servidores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *