NICE INAUGURA ESF RURAL E NÃO CONVIDA FAMÍLIA DE HOMENAGEADO

Deu o que falar a inauguração do ESF Rural “Dr. José Cícero Fontes Xavier”, que aconteceu em cerimônia realizada na manhã desta terça-feira, pós-feriado. Diga-se, por sinal, que a construção do ESF Rural (foto abaixo), nas proximidades do antigo Pronto Socorro, foi uma das poucas obras do governo Parini que teve início, meio e fim.

É bem verdade que o prazo de execução teve que ser prorrogado várias vezes, mas o que interessa é que a construção, ao contrário de muitas outras, foi concluída.  Os serviços foram contratados com uma construtora de Sud Menucci, em novembro de 2011, por R$ 243,6 mil. Depois disso, foram feitos três aditivos que elevaram o valor da obra para R$ 275,3 mil.

Mas, vamos ao bafão de hoje: como parte das comemorações pelos 72 anos da cidade, dona Nice marcou a inauguração para as 10:00 horas desta terça-feira. “Esqueceu-se”, porém, de um detalhe importante. A família do homenageado, o saudoso doutor Cícero Xavier, simplesmente não foi convidada para o evento.

Mesmo assim, quatro dos seis filhos compareceram à inauguração e foram ignorados pela prefeita. À certa altura da cerimônia, uma das filhas – Regina – pegou o microfone e deixou claro a todos os presentes que a família não havia sido convidada.

Terminada a inauguração, os quatro filhos do doutor Cícero se dirigiram até a Câmara, onde estava havendo uma sessão extraordinária, e manifestaram aos vereadores o inconformismo diante da indelicadeza da prefeita. Stela, que veio de São Paulo, especialmente para o evento, falou em nome da família. Os vereadores André Macetão, Tiago Abra e Sérgio Nishimoto não ficaram para ouvir o desabafo dos filhos do doutor Cícero.

O projeto que deu o nome de “Dr José Cícero Fontes Xavier” ao ESF Rural foi uma iniciativa do então vereador Luís Especiato. O doutor Cícero foi um dos primeiros dentistas de Jales. Ele chegou por aqui em 1957, a convite do fundador Euphly Jalles. Aposentou-se em 1989, após 35 anos de trabalho. Faleceu em maio de 2004.

Minha primeira obturação foi ele quem fez. Em vida, foi um homem solidário com os mais carentes. Ele tratou, gratuitamente, de muitas pessoas que eram encaminhadas pelas irmãs Catequistas. Os vereadores prometeram um desagravo para a próxima sessão.

24 comentários

  • SILAS MALAFAIA

    QUE FALTA DE EDUCAÇÃO UNGIDA , A SENHORA NÃO CONSEGUE DAR UMA DENTRO MESMO.DEPOIS VOCÊ RECLAMA DOS VEREADORES E FALA EM PERSEGUIÇÃO. QUE FEIO , ISSO MOSTRA MAIS UMA DAS INÚMERAS IRRESPONSABILIDADES .

  • morador de Jales

    Eu acho que ela queria outro nome a este ESF, ai ficou magoadinha, fez birrinha e, não convidou a familia do homenageado.
    mais uma pra coleção da Ungida ou Fingida kkkkkk

  • caneta bic

    gostaria de saber o porque que os vereadores,Nishimoto,Macetão e o t , picaram a mula?será que se acovardaram ou ficaram com vergonha da atitude sensível,da doce,bondosa,magnânima , UNGIDA.

  • Esperidião

    É isso que dá, misturar politica com administração, um conselho prefeita: ou vc faz politica ou administra o municipio, os dois juntos nunca vai dar certo, e tenho dito…

  • Anônimo

    É a mesma coisa que fazer uma festa de anivérsário e não convidar o aniversariante kkkkk

  • anônimo

    Quero me solidarizar com a família Xavier,que não precisava passar por este momento na homenagem ao seu patriarca ;mais uma vez a “ungida” mostra a incompetência do seu mandato.

  • anônima

    Esta intitula ungida deveria agradecer o Parini por ele deixar muitas coisas para ela inaugurar kkkkk Até agora não vi nada alem de recapiar a fonte e asfaltar a linha de trem na passagem do J Paraiso (que não pertence ao múnicipio) kkkkkk não ,ela tambem tapou os buracos das bananeiras kkkkkkk Que ajuda hem Parine kkkkk ELA DEVERIA ORAR TODOS OS DIAS PARA O Parini, OUTRO PARA AJUDA-LA COMO ELE NãO VAI ENCONTRAR kkkkkkkkkkkkkkkk

  • Anônimo

    Será que as pessoas são tão ignorantes que não param pra pensar que o nome do postinho nem devia estar na mente da prefeita. Tanta coisa para se preocupar e logo se dá atenção para isso?? Já foi ridículo o showzinho que a família fez.. Por mais que tenha sido errado, uma falha dos organizadores do evento, chegar fazendo barraco, e criar mais confusões parece realmente coisa de criança ou de quem quer causar. A família poderia ter se portado melhor… Pra que buscar a câmara?? Vai resolver muita coisa.. Por outro lado, é claro que os vereadores da situação poderiam ter ouvido as reclamações da família.. A função de todos do legislativo não é representar?? Para isso é preciso ouvir.. Fugir dos problemas também não resolve nada.. Seria tão melhor ouvir e dialogar.. Talvez seja isso que mais falta nessa política mesquinha: Diálogo!

  • anônima

    Querida não houve barraco eu estava lá e assisti,o que aconteceu foi o despreparo da prefeita e sua arrogância e incompetência,como já disse o colega acima é como fazer a festa de aniversário e não convidar o aniversariante. A família estava lá, ela deveria ter chamado para participar, mas como só ela quer aparecer aconteceu isso.Tem certas situações que não tem desculpa. Como voce mesmo disse fugir do problema não resolve nada, a prefeita errou,e errou feio.

  • funcionária tbm

    COMO CIDADÃ, QUERO PEDIR DESCULPAS A FAMÍLIA,MINHA SOLIDARIEDADE A VCS.

  • anônimo

    Anônimo pelo seu comentário acho que vc não tem familia,se tem falta lhe respeito.Acho que ela estava de resaca da festa ,foi tão embriagante que estava sem condição de raciocinar.

  • Anônimo

    Postei comentário nesta página justamente por ler as (muitas vezes) besteiras que as pessoas publicam aqui, e eu também estava lá. Não faria comentários sem fundamentação. Usei o termo ‘barraco’ porque achei feio também uma pessoa da família ter puxado o microfone, não que ela não tivesse razão para estar indignada, mas poderia ter mantido a calma, e se manifestado com fez a outra pessoa da família que agradeceu a homenagem e gritou que não haviam sido convidados. Esta venceu pela razão e educação. Muito melhor se portar de forma suave e vencer pela simpatia que esbravejar e criar desordem. E claro, tenho família e respeito também, mas isso não vem ao caso!

  • anônima

    Anônimo voce mesmo disse que ela tinha razão de estar indignada . Como voce estaria se tivessem te privado de homenagear seu pai? Como então em uma situação destas voce fala em calma?A prefeita ignorou a famìlia.O que voce queria ?que chegassem lá e falassem .:”Querida estamos aqui na sua frente” Faltou habilidade, faltou amor ao próximo para quem se diz cristã.

  • Anônima

    Preclaro Cardosinho, acabo de acessar o Blog … por favor, fala q isso é brincadeira. Fala q não aconteceu. ÉPACABÁ!! Qdo será q a ficha vai cair pra essa turma?

  • Anônimo

    A verdade é uma só: boa educação cabe em qualquer lugar.
    Quantos piores/menores os argumentos, maior é a gritaria.
    Não precisava de nada disso. Faltou humildade a alguns familiares.
    Outra coisa, se não houve convite, como um parente veio de São Paulo? Veio sem saber mesmo?

  • anônima

    Pelo jornal de domingo . o que aconteceu foi na terça feira

  • Regina Xavier

    Quando li o jornal de domingo, liguei para a minha irmã de São Paulo, que veio imediatamente para participar da homenagem ao meu pai.Ficamos esperando o convite que não aconteceu. Seria um momento de sentirmos nosso pai mais presente e não só a saudade , e isso nos foi tirado, era com se arrancassem um pedaço de nossos corações.Esperamos até o último minuto uma palavra da prefeita ,estavamos a sua frente e fomos completamente ignorados.O sentimento era como se o nosso pai morresse novamente, isso é o que estamos sentindo agora. Gostaria se fosse possível que certas pessoas parassem de tripudiar sobre o nosso momento de tristeza.
    Regina

    • anônimo

      Cara Regina entendo seu sentimento. Houve uma falha, mas tenha certeza de uma coisa: sendo você filha de um homem exemplo como o Dr. Xavier, creio que onde ele está, os sentimentos como a tristeza, decepção, raiva, inconformismo não existem mais. Creia que seu pai gostaria que esse fosse um momento para vocês estarem felizes. Perdoe. O perdão faz bem para quem o dá, não para quem o recebe. Não guarde mágoa no seu coraçãozinho não. Deus ama você!

  • Anônimo

    Porque a Perola nao trabalhou assim no governo Parini que foi péssimo pra Jales? É por isso que nunca votarei nela!

  • Luca

    O problema: assessoria incompetente!
    Acham mesmo que os demais prefeitos lembravam ou sabiam se as famílias haviam sido convidadas: Tudo isso era encargo de uma assessoria que cumpria sua obrigação.

    Agora colocam irresponsáveis no papel, só pra “mamar” do governo e tudo a culpa é dela? O

    ooo povinho que se deixa manipular por tudo que leem. Formem sua opinião embasados em demais pontos, só não apenas no blog do nosso Cardosinho, que não esconde sua oposição a eleição da Nice.

    • Realmente, se dependesse do meu voto, ela não seria eleita jamais. Eu tinha o pressentimento de que ela era despreparada para ocupar o cargo e, até agora, não tenho motivos para mudar de opinião. Muito pelo contrário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *