O ESQUECIDO JARDIM AEROPORTO

Em um post anterior citamos a Rua Congonhas, onde a dona Aparecida foi surpreendida por um buraco durante um alegre passeio com sua “magrela”. Por um acaso, eu estive lá no Jardim Aeroporto, um dia desses. Na verdade, eu estava fotografando aquele barracão abandonado lá perto da Facip e um senhor, cujo nome me esqueci de perguntar, pediu prá que eu desse uma olhada na situação da Rua dos Aviadores, que, como o próprio nome sugere, só poderia ficar no Jardim Aeroporto. E como criatividade pouca é bobagem, o bairro também é entrecortado pelas ruas Viracopos,  14 Bis e, é claro, pela Rua Santos Dumont. 

Uma foto diz mais do que mil palavras, dizem os fotógrafos. Então vejam a situação da Rua dos Aviadores que, como mostra a foto acima, não tem asfalto. O “seu” João, um morador, me disse que nos dias de chuva fica quase impossível chegar em casa. Fazendo confluência com a Rua dos Aviadores, temos a Rua Congonhas, cheia de casas abandonadas e com um trecho por ser asfaltado, conforme se vê na foto do lado. O “seu” João não soube me dizer de quem são aquelas casas, mas, segundo ele, são mais de dez casas vazias, há muito tempo sem moradores.

O Jardim Aeroporto não está tão longe assim do centro da cidade. Ele está situado entre o nosso aeroporto e o Recinto de Exposições Juvenal Giraldelli, onde se realiza a festa mais tradicional da cidade. Com certeza, o Jardim Aeroporto merecia estar melhor cuidado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *