OS AFLITOS DO TURISMO

Deu na coluna Radar on Line (Veja), do Lauro Jardim:

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

6:03 \ Congresso

As prisões no Ministério do Turismo tiraram o sono de muita gente no Congresso. Não há como dimensionar o tamanho do grupo dos aflitos, mas é possível imaginar que ele seja grande. No ano passado 417 deputados e 53 senadores apresentaram emendas ao ministério. Somando com emendas de bancadas e de comissões, o total destinado ao Turismo chega a 2,7 bilhões.

E os problemas do Ministério do Turismo teriam tirado o sono de algumas pessoas também aqui em Jales, segundo o jornalista Roberto Carvalho, da Folha Noroeste. Desde que Parini assumiu a Prefeitura, aquele Ministério já liberou cerca de R$ 2,8 milhões para Jales.

Entre outras emendas, foram liberados R$ 950 mil para a Facip; R$ 450 mil para o Arraial da Antena 102; R$ 150 mil para a Festa do Caminhoneiro; R$ 100 mil para a Festa da Uva; R$ 65 mil para o Reveillon 2007. Nesses valores não estão computadas as contrapartidas. Registre-se, também, que, no caso da Festa do Caminhoneiro, boa parte da verba não foi utilizada.

O primeiro convênio assinado por Parini no Ministério do Turismo foi o do famoso Portal da Cidade. E pelo menos duas obras patrocinadas pelo dinheiro do Ministério do Turismo estão paralisadas. A reforma da Praça “Euphly Jalles” (R$ 70 mil) e a Urbanização do Bosque Municipal (R$ 150 mil).  

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *