PARA MISSONI, ABERTURA DE NOVAS EMPRESAS APONTAM CRESCIMENTO ECONÔMICO

O secretário municipal de Planejamento e Trânsito, João Missoni Filho, distribuiu nota à imprensa com dados sobre a abertura de novas empresas no município, numa clara tentativa de contestar os números divulgados pelo CAGED do Ministério do Trabalho e Emprego, relativos à criação de empregos formais em 2010, onde Jales apresentou o pior desempenho entre as cidades da região, perdendo até para Palmeira D’Oeste.

Segundo Missoni, um levantamente efetuado junto à Divisão de Tributação da Prefeitura, aponta a abertura de 513 novas empresas durante o ano de 2010. No mesmo período, de acordo com o levantamento, foram encerradas 141 empresas, o que significa um saldo positivo de 372 novas empresas, em relação ao ano anterior.

Na opinião de João Missoni, o significativo número de empresas – comércios, indústrias, prestadores de serviços e micro-empresários individuais – abertas em 2010, demonstra que os empreendedores continuam acreditando em Jales, o que, certamente, estaria gerando emprego e renda para a população.

Em que pese a argumentação do secretário Missoni, os números divulgados pelo Ministério do Trabalho, como já foi dito aí acima, apontam noutra direção: comparando-se os dois últimos anos, Jales foi a única cidade da região com resultado negativo no quesito “geração de empregos formais”, em 2010. O resto é resto.

2 comentários

  • JUSEM ORGANIZAÇÃO EMPRESARIAL

    Vemos diariamente diversas noticias falando que o aumento na abertura de novas empresas vem crescendo, porém, é preciso se atentar muito também na organização e planejamento.

    Porque não adianta haver um crescimento espantoso de novas empresas, se não há interesse e incentivos para a população se profissionalizar. Ou seja, as novas empresas que abrem acabam buscando mão de obra em outros locais, justamente pela falta de qualificação na cidade. E já podemos observar isso em alguns setores especificos como o da construção civil, por exemplo.Aquelas empresas que se dispõe a profissionalizar a população ficam com a mão de obra local, porém, a maioria busca em outras cidades. E o que ocorre muitas vezes, é que essa atitude pode causar um desemprego ainda maior. Tudo isso pela falta de incentivos e cursos que realmente tenham o papel de profissionalizar a população em massa. Ou seja, o investimento em educação que novamente peca.

    Jusem Organização Empresarial
    (Campinas-SP)

  • JUPIRA LUCAS ZUCCHETTI

    Novamente, deixo a seguinte mensagem abaixo, já que estamos em 21/02/2014 e ainda nenhuma dessas “senhoras” ainda se mexeu.

    Gostaria de fazer uma espécie de “chamamento” para que as Stas. ELIANE CAMPOS SOUSA E MARIA IZILDA CAMPOS SOUZA da empresa Jusem localizada na Rua General Osório, 1212- 10 andar- Centro- Campinas-SP se retratem junto a Jupira Lucas Zucchetti.Os emails enviados foram ignorados.Ao passo que buscava o diálogo de forma pacifica e pacifica mesmo. E no contato pessoal fui tratada com ironia. Fica aqui o registro e novamente a solicitação de RETRATAÇÃO.(Esse texto foi escrito, por Jupira Lucas Zucchetti, peço desculpas ao leitores se coloquei o nome da empresa delas acima, mas é para chamar a atenção, e que esse tipo de comportamento de indiferença e de pessoas que se acham melhores que outras jamais volte a se repetir com mais ninguém.Por que o respeito deve vir em primeiro lugar de ambas as partes).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *