PARINI ARRECADA R$ 171 MIL COM VENDA DE TERRENOS, OU 1/3 DO QUE ESPERAVA ARRECADAR

Agora o pessoal do Distrito Industrial III já pode dormir mais sossegado. Deu-se na manhã de hoje a licitação para venda de oito terrenos da Prefeitura, cuja arrecadação seria utilizada em melhorias naquele Distrito Industrial, segundo promessa – e ainda tem gente que acredita! – do prefeito Parini.

Nosso premiado estadista esperava arrecadar R$ 500 mil, mas, depois de abertos os envelopes, apenas dois dos terrenos colocados à venda foram arrematados, o que vai render aos combalidos cofres municipais a quantia de R$ 171 mil, ou seja, 1/3 do esperado. Tenho a impressão de que os empresários do Distrito Industrial III vão ficar, mais uma vez, na mão. Se eu o conheço bem, o prefeito vai dizer que não conseguiu arrecadar o valor previsto e utilizará os R$ 171 mil prá cobrir alguma dívida mais urgente, ou, pior ainda, prá pagar as férias de algum secretário imprescindível, como é o caso do “mão-de-ferro” Rubens Chaparim, por exemplo.

Para quem não se lembra, quando os projetos para a venda dos imóveis estavam na Câmara, o vereador Luís Especiato fez um barulho tremendo porque alguns de seus colegas pediram 15 dias a mais para estudar os tais projetos. Até artigo em jornal o companheiro Especiato escreveu, criticando colegas vereadores e acusando-os de estar tentando inviabilizar a administração.

Pela reação de Especiato, a impressão que se tinha era de que os R$ 500 mil seriam a salvação da administração Parini. E agora? Seis dos imóveis não tiveram interessados, provavelmente porque os preços avaliados pela Prefeitura estavam acima do valor de mercado, que era exatamente um dos questionamentos que estava sendo feito pelos demais vereadores. Eu só espero que Especiato cumpra, agora, o compromisso de fiscalizar o prefeito, a fim de não permitir que ele gaste os R$ 171 mil com alguma outra coisa.

5 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *