PARINI PERDE CONVÊNIO DE R$ 3 MILHÕES PARA ASFALTO

O Diário Oficial do Estado, de ontem, publicou a suspensão da licitação aberta pela Prefeitura de Jales para recapeamento de algumas ruas. A licitação – que já tinha até uma ganhadora, a Scamatti & Seller Ltda – foi suspensa pela segunda vez.

Dessa vez, no entanto, o motivo da suspensão é mais grave: o Ministério das Cidades teria cancelado o convênio de quase R$ 3 milhões, firmado em 2010 com a Prefeitura de Jales.  Além de suspender a licitação, a Prefeitura está ajuizando uma Ação Ordinária contra a Caixa Econômica Federal, com pedido de liminar, contra o cancelamento do convênio.

Eu bem que tentei, mas não consegui descobrir os motivos que levaram o Ministério das Cidades ou a Caixa Econômica Federal a cancelar o convênio. Uma coisa, porém, é certa: o prestígio do nosso premiado estadista em Brasília é cada vez menor. Eis a publicação de ontem: 

PREFEITURA MUNICIPAL DE JALES

Suspensão – Processo nº. 77/12 – Concorrência nº. 06/12.

Em face da situação atual do Contrato de Repasse nº. 0347932-08/2010, com a Caixa Econômica Federal e em face da Ação Ordinária ajuizada por esta municipalidade contra o cancelamento do referido contrato de repasse; resolvo suspender o presente Processo Licitatório até que a Justiça Federal aprecie o Pedido de Liminar contido na Ação Ordinária, sem prejuízo de sua revogação posterior, caso necessário, em razão da demora no julgamento; ao tempo em que comunico as empresas participantes e a quem possa interessar. Jales – SP, 20 de setembro de 2012. Humberto Parini – Prefeito Municipal.

14 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *