PRAÇA JAPONESA: RECORDANDO A INAUGURAÇÃO

Reproduzo abaixo, o texto divulgado pela assessoria de imprensa da Prefeitura de Jales, quando da “inauguração” da chamada Praça Japonesa, em janeiro de 2010. O evento inauguratório contou com a presença ilustre de dois deputados – Walter Ioshi e Hélio Nishimoto, mas, depois de “inaugurada”, a Praça e o pobre Buda da foto foram abandonados pela Prefeitura. Ah!, não se assustem com a cor esverdeada da água: é só mais uma estratégia do nosso prefeito prá que ninguém veja os peixes mortos e Jales consiga boas notas no projeto “Município VerdeAzul”. 

“A noite de 29 de janeiro, sexta-feira teve um gosto especial para a população jalesense, especialmente os que fazem parte da colônia japonesa no município. Tratou-se da inauguração da praça japonesa, que foi entregue juntamente com a reforma do Terminal Rodoviário de Passageiros “Prefeito José Antônio Caparroz”.

A inauguração contou com a presença de várias autoridades do município e também estiveram presentes o deputado federal Walter Ihoshi e o deputado estadual Hélio Nishimoto. O deputado estadual Davi Zaia não pôde estar presente na ocasião. Foram realizadas várias apresentações ligadas à cultura japonesa, começando com o Rádio Taissô, ginástica japonesa, que contou com a participação dos presentes, inclusive das autoridades. Em seguida foram apresentadas danças típicas do Japão, onde a população também foi convidada a interagir.

Durante discurso o prefeito municipal Humberto Parini agradeceu a presença de todos, ressaltando a importância da presença dos deputados Walter Ihoshi e Hélio Nishimoto e afirmou estar muito feliz com a entrega das duas obras e que conta com o apoio dos deputados presentes para a conquista de novas verbas em outros empreendimentos com o que os Deputados prontamente se comprometeram.”

E se você quiser ver a notícia sobre o morticínio de peixes na Praça Japonesa, bem como toda a edição de A Tribuna, em pdf, basta clicar em a_tribuna_20-03-10_completa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *