PREFEITO NÃO ATENDE NEM AO VEREADOR ESPECIATO, SEU LÍDER E MAIOR DEFENSOR

Hoje tem sessão da Câmara Municipal. A mim me parece que não tem nenhum assunto polêmico para ser discutido, mas nunca se sabe. Certamente que haverá uma ou outra crítica à situação calamitosa de algumas de nossas ruas. E é certo também que, em havendo críticas ao governo Parini, o vereador Luís Especiato ocupará a tribuna para defender a administração petista.

É admirável a lealdade de Especiato e a disposição com que ele defende o prefeito Parini, mesmo em situações indefensáveis. Resta saber se Especiato vai ter a lealdade de Parini, quando precisar. Mas isso é problema dele. Por enquanto, o que se pode notar é que, apesar de ser o principal – e talvez único – defensor do prefeito na Câmara, Especiato não tem sido lá muito atendido em seus pedidos.

Vejam o caso da Rua Benedito Artur Peresi, assunto sobre o qual eu já escrevi em um post anterior, mas, por emblemático, volto a repisar. Em setembro de 2007, Luís Especiato enviou uma indicação ao prefeito Parini, solicitando o recapeamento da Rua Benedito Artur Peresi – essa da foto acima – que, segundo o vereador, já naquela época se encontrava em “péssima condição de conservação”. Não tendo sido atendido, Especiato repetiu o pedido em julho de 2008, mas, novamente, não foi ouvido pela equipe do prefeito.

Em 2009, foi a vez do vereador Claudir Aranda, outro aliado de Parini, entrar no assunto. Em novembro daquele ano, Claudir enviou um requerimento ao prefeito com uma pergunta simples: “por que ainda não foi realizado o recapeamento da Rua Benedito Artur Peresi?”  E a Prefeitura também deu uma resposta bem sucinta: “porque não dispomos de recursos”.  Na mesma resposta, o então secretário Miranda garantiu que “o recapeamento daquela via será prioridade para o ano de 2010”

Em novembro de 2010, ao perceber que a “prioridade” havia sido esquecida, Especiato voltou ao assunto. Cansado de fazer indicações, o vereador petista – líder do prefeito, repito – encaminhou um requerimento com a mesma indagação feita pelo Claudir Aranda no ano anterior. Resposta da Prefeitura: “estamos providenciando os recursos financeiros para executar o recapeamento”.      

Então, vejam vocês que o nosso prefeito não consegue atender uma coisa simples que dois dos seus principais aliados estão pedindo há quatro anos. Fico me perguntando como é que o Especiato – reconhecidamente um sujeito do pavio curto – ainda se dispõe a defender uma administração que não o atende. Por muito menos, em Aparecida do Taboado o vereador Carlinhos do Lajeado, líder do prefeito de lá, chutou o balde. A notícia saiu no Correio Santa Fé há alguns dias. Talvez fosse conveniente ao Especiato dar uma olhadinha nela.

25 comentários

  • BX

    é pra acabar mesmo, coloca esses mercenários do especiato e do claudir junto com o riva e o osmar rezende no mesmo saco e joga em um desses buracos fundo e cheio d´água

  • Eduardo Britto

    Tem alguns corneteiros em Jales (SP) que, acredito eu, estão sem o que fazer, estão espalhando que eu estou dando lado ao Cardosinho e me posicionando contra o Prefeito Parini.
    Gostaria de esclarecer algumas coisas:
    1) Eu nunca fui, não sou e nunca serei contra a administração do Prefeito Parini. Muito pelo contrário. Acredito que as conquistas que o prefeito trouxe para Jales foram extramente importantes e significativas para o município. Vide Hospital do Câncer, FATEC, Universidade Aberta do Brasil, asfalto completo em diversos bairros da cidade como São Gabriel e Santo Expedito, obras de drenagem urbana em diversos pontos, dentre tantas outras conquistas que ajudaram e muito nossa cidade. Mesmo sabendo que a estrutura governamental era um entrave, sei que a preocupação na busca de recurso sempre será constante em seu gorveno. Sempre que posso e tenho a oportunidade defendo aquilo que o Parini tem feito para Jales tanto que em minha dissertação relato experiências positivas que pude compartilhar no período em que fui seu assessor.
    2) Quanto ao carnaval, não disse que houve erros na organização. Mesmo porque se quer sai de Campo Grande (MS) durante o período. Logo, nâo tinha como opinar uma situação que não vi nem presenciei. No entanto, se a comissão organizadora teve a mesma competência nos anos que estive em Jales, tenho certeza que o fato ocorrido passou longe da responsabilidade dos seus membros. Quando comentei o post, disse que se alguém falou algo sobre desorganização que poderia vir a ocorrer estava havendo uma inversão de responsabilidade. Afinal, como culpar os organizadores por um fato causado por menores que não estavam em situção sóbria? Conheço o compromisso do Secretário Irineu de Carvalho (meu amigo pessoal) e do Ademir Molina com a realização de um evento que garanta o máximo de lazer à família jalesense.
    3) Mesmo confiando na administração do Prefeito Parini, pouquissimas coisas podem me causar insatisfação. Por isso, não comentei apenas aqui, mas com assessores próximo ao prefeito que acho um descalabrio um assessor, quem quer que seja, não cumprir seu horário de trabalho na Prefeitura. No entanto, sei de assessores do Prefeito que dobram o turno de trabalho para garantir que muitos projetos sejam efetivados para Jales. Não é justo que alguns se desdobrem tanto e outros fiquem com tantas regalias. Já que eu não pude e concordo que não deveria ter gozado desta benécia, não posso concordar que outros também tenha esse direito. O prefeito Parini tem sim sua visão de planejamento para a cidade, porém acredito que a estrutura da secretaria é obsoleta e muito restrita para o porte que Jales merece. Ele sempre concordou com isso quando conversavamos, mas sempre deu a oportunidade para que pudesse desenvolver meu trabalho.
    4) Tenho certeza que continuarei defendendo o Prefeito Parini e sua administração. Da mesma forma, continuarei visitando este blog e comentando quando achar necessário. O engraçado é que estas pessoas que estão apurrinhando meus comentários não me enviaram um torpedo ou e-mail se quer em solidariedade quando defendia o nosso Prefeito no blog do Carioca que, por muitas vezes, tomava um tom aspero.
    EU TENHO CERTEZA que vou votar no candidato que o Parini apoiar como seu sucessor. Mas, vou fazer questão de saber se estes mesmos que estão duvidando de minha lealdade terão o mesmo posionamento político.

  • Ronaldo da Fazendinha

    Britto.

    Meu amigo, ou diria meu colega. Suas palavras não merecem crédito algum, pois todos sabemos que você foi secretário desta administração que, até concordo que no primeiro mandato esboçou algum trabalho, mas assim que colocou o traseiro novamente na cadeira após a ´´REELEIÇÃO´´ nada mais fez por nossa cidade, e mais, atrapalhou muitas conquistas que poderiam vir, denegrindo a imagem de pessoas que poderiam acolher nossa cidade (estelionato eleitoral, ofensa ao governador)
    Britto, como pode você, como mesmo disse, estar em campo grande e ao mesmo tempo estar tão certo da ´´boa´´ administração parini. Por estar longe, você deve pensar que o prefeito está fazendo alguma coisa, mas nobre colega, esta administração está levando Jales para o buraco cada dia que passa. As conquistas do passado (fatec, hospital do cancer) foram do governo estadual, o mesmo governo que segundo o nosso prefeito estaria fazendo um ´´estelionato eleitoral´´.
    Portanto, pare de bancar o cachorrindo do prefeito só por que você mamou alguns anos na secretaria de planejamento, tá querendo que o sucessor dele seja eleito pra você voltar pra cá novamente seu sangue-suga. Não seja hipócreta como o seu coleguinha de partido especiato, faça como a tatinha não feche os olhos para a realidade e jogue a merda no ventilador. Você está sendo sujo igual o especiato, sempre varrendo a merda pra debaixo do tapete.
    Repudio suas palavras e convido-lhe a visitar nossa Jales, que aliás deve fazer uns 2 anos que não visita, senão não estaria tão defensor deste prefeito que só esta a engordar o seu bolso e nada fazendo por Jales.
    Já estamos cheios desse grupo sujo do PT jalesense, não é por conta dos buracos somente não, é pelas empresas que perderam, pelas CEIs que barraram na câmara enfiando proprina no rabo do riva e do claudir aranda, escândalo das praças, da facip, apartamentos em ribeirão, secretários preguiçosos, férias atrasadas em dinheiro, cachorrindo do prefeito na câmara, enfim, tudo isso e mais 100 quilos de podridão que não esqueceremos jamais!

    Britto, sinto muito meu amigo, mas to sentindo que sua tetinha e de toda a corja do PT vai secar em 2013.

    Se eu fosse você, nem voltava pra Jales. Ou vai querer estar aqui quando essa bomba estourar???…

  • Eduardo Britto

    Caro amigo, não posso te responder, pois não dialógo com covardes…

  • Ronaldo da Fazendinha

    Eu sou o Ronaldo da Fazendinha!!

  • Eduardo Britto

    E eu sou Pelé me fingindo de Eduardo Britto

  • Augusto Assunção

    Não concordo com o Eduardo, mas essa última tirada foi bem legal!

  • big

    Tem muita gente culpando o PT pelos erros da administração. Gostaria que todos prestassem atenção, pois os VERDADEIROS PETISTAS estão fora desta administração e não concordam com tudo isto que estamos vendo em Jales

  • José Carlos Silveira

    Este Eduardo Britoo não merece crédito!!! É um mala arrogante prepotente e posso afirmar que muitos no paço municipal não gostavam dele e o duroque quando saiu o Prefeito conseguiu colocar uma outra pessoa no lugar dele com as mesmas caracteristicas e pelo que fiquei sabendo este sucessor também é formado em geografia na mesma faculdade do Britto e até dividiram moradia juntos.

    No inicio do governo Parini lá pelo ano de 2005 existiam alguns nomes bons como Marçal, Ricardo Junqueira, Donizeti da Citrojales mas sairam cada um por um motivo. O Marçal sofreu com os mandos e desmandos da primeira-dama, Ricardo Junqueira foi perseguido por funcionários que não gostavam de trabalhar e que se aliaram a um jornal da cidade e um vereador ridiculo chamado Gilbertão que fizeram de tudo para desgastar o rapaz, o Donizete percebeu que era melhor cuidar dos seus negócios do que ser cachorrinho de Prefeito, enfim sobram apenas a corja.

  • João Antonio do Jacb

    Como o Ricardo ajudou a eleger o Parini sendo que seu cunhado Cardoso foi candidato a vice prefeito na chapa do Rato. Fui em festa na casa dele e ele pedindo voto pro Rato e Cardoso.

  • Henrique

    É Fato, nunca mais o povo deve elege um prefeito para seu o 2º mandato, e não é só a parte urbana da cidade que está com problemas e atos estranho em relação a verbas, como está havendo na Educação, Saúde ! e PT nunca mais !

  • Ricardo Junqueira

    João Antonio
    Vc deve estar equivocado.
    Vamos pontuar o “Assunto”
    Em 2004 apoiei o Parini sim! Os eleitores viram eu acompanhando o Parini pelos bairros conversando e pedindo votos para a coligação.
    Antes de homologar as candidaturas, o meu cunhado “Cardoso” foi escolhido pelos membros do diretório do PT para ser o vice do Parini, mas Cardoso se recusou e preferiu ser vice do Rato.
    Minha família ficou chateada com a situação mas compreendeu. Nem sempre é possivel as pessoas coadunar com as mesmas opiniões e é por isso que ocorrem divergências e até mesmo amigos ou parentes podem tomar lados opostos, como foi o caso, mas o respeito deve existir.
    Na eleição de 2004 não promovi sequer uma festa em minha casa, portanto acredito que vc tenha se equivocado mesmo, talvez por engano, talvez por ma fé para tentar me atingir ou me denegrir.
    Em 2008 sim pedi votos para o Cardoso, ele era candidato a vereador, mas não votei no Dr. Ivo, mesmo estando desfiliado do PT, no dia eleição fui votar com um adesivo do Parini no peito e novamente votei em Parini, mas neste ano não estava engajado na campanha.
    Continuo sem estar filiado a partido algum, não voltaria para a politica sem antes atingir alguns objetivos pessoais, objetivos estes que graças a Deus e aos meus esforços consegui alcançar e não tem o porque não torna-los públicos, eis meus objetivos pessoais:
    Formar em Direito: Em 2009 conclui o curso de direito na FUNEC Santa Fé do Sul, com direito a Homenagem por ter me destacado conquistando 3 vezes seguidas o título de campeão da Ginacana Jurídica.
    Ter estabilidade em algum emprego: Ainda no ano de 2009 enquanto me preparava para o exane da Ordem dos Advogados enfrentando uma maratona de 5horas de estudos diários, resolvi testar meus conhecimentos prestando alguns concursos e para minha surpresa fui aprovado em “alguns” os quais destaco:
    * Sabesp
    * TRT 4ª região
    * Prefeitura de Jales – Atualmente é o cargo que ocupo de Auditor Fiscal Tributário.
    * Oficial de Justiça- aguradando convocação
    obs.: se quiseres confirmar a veracidade do que informo digite no google meu nome completo e poderá comprovar Ricardo Augusto Cunha Junqueira.
    Caso apareça “coisas” demais não se assuste é que no passado também fui aprovado em outros concursos, inclusive o de Estagiário Assistente do Ministério Público de Jales, local onde exerci minhas funções de 2008 a 2009, quando me exonerei para ingressar na Prefeitura Municipal de Jales.
    E por fim o meu último objetivo foi alcançado em 2010, onde no mês de janeiro fui aprovado no exame da OAB primeira fase acertando 62 questões e depois em Abril conseguindo a nota 6,2 sendo aprovado no exame da OAB.

    Portanto agora atingidos meus objetivos pessoais, desejo sim voltar para a politica, inclusive com convites de alguns partidos, mas definirei em qual partido irei me filiar daqui alguns meses, por ora acompanho os bastidores da politica e me dedico a pós-graduação em Direito Público que concluirei em julho deste ano.
    Abraço
    Ricardo Junqueira

  • BX

    Sr Ricardo Junqueira, dizem que se conselho fosse bom era vendido, mas vou lhe dar um GRATUITAMENTE.

    Fico feliz que tenhas alcançado seus objetivos pessoais,mas não misture as coisas.

    você não tem ´´tino´´ político. Na visão dos que vivem ao seu redor, você não mostra confiança, parece uma pessoa muito arrogante e com certeza muito antipático.

    você tem o direito de se candidatar a que você quiser, mas não desita de cargo ou não abandone sonhos por conta da política, pois eu lhe garanto que se depender dela você passará fome.

    Quer uma dica, candidate-se a vereador. Se você tiver 200 votos eu retiro tudo o que disse. Apesar que você sabe que 200 votos não te levaria a nada.

    A política é boa para quem tem jeito pra ela. No seu caso, só irá te afundar.

    abraços

  • Paulo Reis Aruca

    A passagem do Ricardo Junqueira pela administração Parini teve sim seus percalços, como ele próprio reconheceu em uma de nossas conversas no ano passado. Portanto, é uma irresponsabilidade afirmar que “um jornal” se aliou a alguém para denegrir a imagem do secretário. Como voces leram nos comentários acima, o Ricardo, inteligente que é, já é advogado e, ainda à época em que era secretário, tivesse o jornal inventado alguma notícia para denegri-lo, teria tomado as medidas judiciais cabíveis. Um conselho, quando quiserem se referir a algum jornal, tenha coragem e dignidade, de identificar o veículo. Pode ser mais cômodo se esconder, mas é injusto com os demais, já que o universo de impresso é pequeno. Seja mais responsáveis.

  • BX

    E se for inteligente, nunca mais vai querer se aventurar com política. Ele tá tranquilo no cargo dele, para o que exerce ele é competentíssimo, mas só vai se afundar se resolver se candidatar. não tem jeito pra coisa!!!

  • Ronaldo da Fazendinha

    Prepotente e arrogante. Antipático, em uma campanha para vereador não deve chegar nos 250 votos. Concordo com o ilustre BX acima… além do fato de ser corintiano, já tem rejeição.

  • Servidor Municipal

    Vejo que pessoas rotularam o Ricardo Junqueira de Prepotente, arrogante, antipático e despreparado sem “tino politico”. Realmente essas pessoas não o conhecem, procurem conhece-lo.
    É uma pessoa alto astral, sempre sorrindo e brincando, trata as pessoas com humildade e sempre bem querido onde chega, e vale lembra que em 2004 se não falha a memória ele passou de 400 votos ficando como suplente de vereador, sem nunca ter dado uma entrevista em rádio ou jornal, o rapaz tem jeito pra politica sim

  • Ricardo Junqueira

    Agradeço as palavras de Pedrão e Servidor Municipal.
    Obrigado Paulo Reis Arouca quanto ao fato de ser inteligente, na verdade sou apena esforçado.
    Marcos Poletto fique sabendo que sou mala sim, uma mala ergométrica que cabe em porta-mala de carro, confraternizações, encontros festivos, senadinhos e muito mais kkkkkkkkkkkkkk

    Em tempo informo que em 2004 obtive 533 votos, pra falar a verdade fiquei surpreso com a votação, espera em torno de 300 votos.

    Abraço a todos

  • Ricardo Junqueira

    Digo: esperava em torno de 300 votos.

  • Zé do Boné

    Sim, chega! Mas tem que aparecer gente melhor, gente séria, com “formação”, visão, e principalmente gente honesta que realmete queira o bem público. Bem público?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *