PREFEITURA CEDE ÁREA DOADA POR EMPRESÁRIO PARA SABESP REALIZAR PERFURAÇÃO DO ‘POÇÃO TRÊS’

A notícia é da Secretaria Municipal de Comunicação:

O prefeito Flávio Prandi Franco, o Flá, se reuniu na manhã da última quarta-feira, 27 de maio, com o empresário jalesense Sebastião Junior Ferreira e o gerente da Divisão de Jales da SABESP, Gilmar Rodrigues de Jesus, ocasião em que foi oficialmente formalizada a cessão, pela Prefeitura de Jales, de área de 1.500 m² à SABESP – Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo.

A cessão da área só foi possível graças à doação do espaço que pertence ao empresário Junior Ferreira, à Prefeitura de Jales. A área localizada na Gleba Ribeirão Lagoa, no Córrego do Jataí, irá abrigar um poço com 1.400 metros de profundidade no Aquífero Guarani.

Além desta obra principal, o espaço irá abrigar ainda três torres de resfriamento, um reservatório apoiado de 500 mil litros, duas estações elevatórias de água, adutoras, cabine primária de energia elétrica e área de manobra para caminhões e guindastes, além de adutor, bombas e demais instalações elétricas e hidráulicas.

A obra, denominada “Poção 3”, tem custo previsto de R$ 7 milhões e sua execução será de total responsabilidade da Sabesp.  O objetivo é garantir o abastecimento de água às populações de Jales, Urânia e Santa Salete. “Temos a estimativa que, depois de concluir a perfuração do Poção 3, não precisaremos nos preocupar com o abastecimento de água por cerca de 20 anos ou até mais que isso”, afirmou o gerente Gilmar.

“Precisamos nos lembrar de que esta obra tão importante para o nosso município foi viabilizada graças à ação do nosso amigo Junior Ferreira, que doou uma área particular de 1.500m², para a Prefeitura, de forma que foi possível efetuar a transferência do local à Sabesp. Ficamos muito felizes por contar com a tranquilidade e segurança que a perfuração do Poção 3 irá nos trazer. Por muito tempo os munícipes de Jales, Urânia e Santa Salete não precisarão se preocupar com o abastecimento de água e isso nos tranquiliza”, ressaltou o prefeito Flá.

9 comentários

  • Anônimo

    ótimo!
    mas se quer fazer o bem, não precisa de foto e registro.

    Aparenta ser ação partidária.

    Mas só aparenta, pode ser q não tenha esse intuito (mas aqui é Brasil e estamos em ano eleitoral).

    Do mais, parabéns pelo ato de bondade.

  • IMPORTANTE DOAÇÃO

    EM SE FALANDO EM “DOAÇÃO “, EM QUE PÉ ANDA A TÃO FALADA “CIDADE JUDICIÁRIA ” ?. ME PARECE QUE NÃO VIROU NADA, FOI SO GOGÓ.
    MOTIVO PELO QUAL O JÚNIOR TEM QUE MOSTRAR SIM ESTA DOAÇÃO, TEM QUE APARECER SIM, PORQUE “MUITOS ” PELOS COTOVELOS SOMENTE PARA SE APARECER, NA HORA DE “SECAR ” O BAGAÇO, TCHAU, TCHAU.
    PARABÉNS JUNIÃO, NÃO IMPORTA QUE É ANO POLÍTICO, O IMPORTANTE FOI A SUA DOAÇÃO……..

  • Eu só acredito depois de pronto, agora ainda cobrar cidade judiciária já istrapola o limite da ignorância política do mais ignorante eleitor de Jales, será que ainda tem gente que acredita nessa lorota,?

  • Governo quer privatizar a Sabesp

    No primeiro trimestre de 2020 a Sabesp registrou prejuízo de R$ 657,9 milhões. A Sabesp pontuou a “instabilidade econômica agravada pela covid-19”, com destaque para a desvalorização do real.
    De acordo com a companhia, as variações cambiais representaram impacto de R$ 1,796 bilhão nos empréstimos e financiamentos. Além disso, as perdas estimadas com créditos de liquidação duvidosa chegaram a R$ 149,7 milhões, a partir do aumento da inadimplência e da expectativa de maiores perdas futuras.
    Logo, quem pagará esse prejuízo serão os consumidores. Acho que tambem no segundo semestre, a Sabesp levará prejuízo. Até o final do ano. Assim, vai demorar a Sabesp investir neste poço e reservatório.
    Dória já pensa na privatização, se aprovar o novo marco regulatório.

    • PORQUE SERÁ NÉH ?

      ENTRE VÁRIAS CIDADES DA NOSSA REGIÃO, VAMOS CITAR SOMENTE UMA, SÃO JOSÉ DO RIO PRETO, PORQUE LÁ É “SEMAE “, É NÃO SABESP, SERÁ QUE LÁ DA PREJUÍZO ?
      NO PASSADO O SAUDOSO “BANESPA”, SO SE FALAVA EM PREJUÍZO, HOJE O SANTANDER SERÁ QUE TEM PREJUÍZO ?.
      TUDO QUE O GOVERNO GERA TEM PREJUÍZO, PORQUE SERÁ NÉH ???????.

    • SÓ JUMENTO VOTOU EM BOZONARO.

      Se esta com um prejuizo desse tamanho, jamais irão investir essa grana nas corrutelas citadas.

  • Anônimo

    O novo marco regulatório do saneamento básico (PL 4.162/2019), projeto já analisado pela Câmara e pronta para a pauta na Comissão de Meio Ambiente (Fonte: Agência Senado) mudará sensivelmente a
    Um pouco de história:

    O serviço municipal de abastecimento de água em Jales foi criado com a denominação de
    Departamento de Água e Esgotos (DAE) em 1961 e, posteriormente, em 1968, denominado de
    Serviço Autônomo de Água e Esgotos (SAAE). A Sabesp assumiu no dia 2 de maio de 1978.

    A concessão do serviço público de saneamento básico. Como? A Sabesp pode perder o monopólio. Se isso afetará os investimentos divulgados. Pode!
    Como ficará após o PL 4162/2019 ser aprovado? Não sabemos.
    Contudo, até lá, os investimentos devem existir, seja por quem for.

    De qualquer forma, a doação tem os mesmos ares de doações do Dr Euphly Jalles: doasse uma pequena parte para que, posteriormente, as áreas próximas sejam afetadas e valorizadas $$$$$.

    E foi assim com a caixa d’água em formato de taça, no alto do Pontilhão Antonio Amaro. Segundo informações, Rollemberg escolheu o formato de cálice para o reservatório com o propósito de “brindar quem passasse pela ferrovia”. (segundo a tese do Sedeval Nardoque, em fls. 348)

    Para ver mais sobre saneamento em Jales, consultar GRELA FILHO, Antonio Rodrigues da. A história do saneamento básico de Jales: da sua fundação até 2007. Monografia (Especialização em Gestão Ambiental) – UFSCar, São Carlos, 2007.

    Finalizo: “não há almoço grátis”.

    • Antigamente os políticos eram até mais criativos, hj em dia eles preferem usar a cara de pau, perderam a capacidade de raciocínio, ficaram repetitivos, o pior é que não se dão conta disso ou acham que todo mundo tem alzaime.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *