PREFEITURA DERRUBA ÁRVORES NO ‘MARIA SILVEIRA’

Hoje, enquanto fazia umas comprinhas no Sakashita da Rua Oito, fui interpelado por um amigo, morador do Jardim Maria Silveira, que se mostrava inconformado com o fato de a Prefeitura ter – segundo ele – cortado algumas árvores situadas na chamada “área verde” do bairro.

Na verdade, a Prefeitura deve estar preparando o terreno para a construção da nova creche “Antonio Di Bernardo Peres”. Como este aprendiz de blogueiro já noticiou por aqui, nosso premiado estadista – sem consultar ninguém – pretendia construir a nova creche no terreno que serve de estacionamento ao Velório Municipal, mas o local – muito próximo ao cemitério – não foi aprovado pelo Ministério da Educação.

A sábia decisão do Ministério da Educação obrigou o prefeito a sair à procura de outro terreno e, aparentemente, o primeiro que ele achou foi aquele ali, situado no Jardim Maria Silveira, bem na divisa com o Jardim Morumbi e o Bairro Bom Jesus.

Não duvido que o terreno tenha sido reservado como “área verde”, pelo loteador. Acho difícil, no entanto, que a Procuradoria Jurídica do município – um dos setores mais competentes da administração – tenha concordado com a escolha daquele local para instalação da nova creche, se ele realmente estivesse destinado à preservação ambiental. De todo modo, está registrada a queixa.

  

4 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *