PREFEITURA IGNORA BURACOS EM PORTA DE CRECHE

Vizinhos e pais de alunos dizem já ter reclamado várias vezes para os responsáveis pelo Almoxarifado da Prefeitura, mas nenhuma providência foi tomada. 

Há pouco menos de dois meses, a pedido de uma mãe de aluno, estive na EMEI “Dercílio Joaquim de Carvalho”, onde o asfalto, bem próximo ao local de entrada e saída dos alunos, estava cheio de buracos, colocando em risco a integridade física das criancinhas que frequentam aquela creche. Na ocasião, registramos que a situação só não estava pior, porque alguns vizinhos tomaram a iniciativa de tentar tapar os buracos com restos de construção.

Pois bem, passado todo esse tempo, a única novidade é que a paciência dos vizinhos parece ter se esgotado, uma vez que eles desistiram de tapar os buracos com entulhos. E, apesar dos relatos de alguns deles sobre pequenos acidentes envolvendo crianças naquele local, a Prefeitura não tomou nenhuma providência, não obstante os apelos dos pais dos alunos da EMEI e, provavelmente, da coordenadora da creche, a professora Rogéria Scatena.  

O curioso, é que a mesma Prefeitura, que não encontra tempo para tapar buracos na porta de uma creche, encontre tempo para tapar os buracos das ruas próximas à Facip, nem que, para isso, seja necessário pagar horas-extras e adicional noturno para alguns funcionários. Talvez fosse o caso de o vereador Especiato, o defensor-mor da administração municipal, dar uma voltinha lá pros lados da EMEI do “Dercílio”.  Afinal, segundo nos garantiu o Especiato, a terceirização da Facip visava exatamente liberar homens e máquinas da Prefeitura para o atendimento dos problemas da população.

Uma das fotos abaixo foi registrada há dois meses, quando os vizinhos ainda tapavam os buracos com entulhos (à esquerda) e a outra foi feita há dez dias (à direita). No entanto, quem passar pela EMEI “Dercílio” hoje, vai ver que a situação está ainda pior.

    

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *