PREFEITURA TERÁ QUE REPASSAR DINHEIRO DO FUNDO DA INFÂNCIA E JUVENTUDE

Pelo menos essa dívida o prefeito Humberto Parini não conseguirá deixar para os seus sucessores. Desde 2008, numa clara demonstração de desapego à lei, o nosso premiado estadista vem deixando de repassar ao Fundo Municipal da Infância e Juventude os valores constantes nos orçamentos anuais do município.  

Acionado na justiça, Parini tentou, por todos os meios se livrar do pagamento, mas, ao que parece, não logrou êxito. No Portal do Cidadão, do Tribunal de Contas do Estado, é possível constatar que, em setembro, a Prefeitura de Jales repassou R$ 32.937,50 ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.

O valor se refere à primeira das quatro parcelas de um acordo firmado para pagamento dos R$ 131.750,00, referentes ao ano de 2008. Mas a dívida não se resume a esses R$ 131 mil. Pelo que se comenta, o prefeito terá que repassar, também, os valores referentes aos anos de 2009 e 2010. Como se vê, nem sempre se consegue estar acima da lei.     

2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *