PROJETO QUE INSTITUI O PLANO DE CARREIRA DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL É APROVADO

(por Roberto Timpurim)

Após um longo debate, o Projeto de Lei Complementar nº 05, que institui o Estatuto, o Plano de Carreira e a Remuneração dos Profissionais do Magistério Público da Educação Básica do Município, foi aprovado em 1ª discussão, com 12 (doze) Emendas na sessão da Câmara Municipal, desta segunda, dia 07.

O referido projeto encontrava-se na Câmara desde junho de 2011 para análise e votação. Por ser um projeto complexo e de reestruturação da carreira dos profissionais da educação do município de Jales, necessitou de mais tempo para que os vereadores pudessem apreciá-lo.

Dezenas de professores ocuparam as galerias do plenário para acompanhar a votação. Por diversas vezes, na votação das emendas, eles se manifestaram com cartazes que continham os seguintes dizeres: “não concordamos”.

As emendas que foram aprovadas na sessão contaram com o aval da secretária de educação e dos profissionais do magistério, após reunião realizada na manhã de segunda-feira. O projeto recebeu 9 (nove) votos favoráveis e apenas 1 (um) contra, portanto, foi aprovado, seguindo agora, para 2ª votação na próxima sessão, 21/11.

Os vereadores garantem que com aprovação desse projeto, abriu-se um precedente para os demais servidores da prefeitura municipal e que os funcionários devem buscar junto à administração seus direitos, reivindicando a reestruturação de suas carreiras.

36 comentários

  • annonymous

    Esses vereadores que me desculpem mais são um bando de safado, vir falar que com essa aprovação abriu-se um precedente para os demais servidores buscar seus direitos. Isso é uma piada, sempre os servidores da educação foram privilegiados tanto pelo executivo quanto pelo legislativo. Sabemos que tem projeto de cargos carreiras e salários parado na prefeitura a mais de 3 anos e nada desses vereadores cobrarem do ilustrissimo sr. Prefeito que o projeto seja encaminhado para a Câmara. Pra mim eles dizer que agora os outros servidores devem buscar junto a administração os seus direitos só pode estar sendo uma piada ou puro sarcasmo, pois outros servidores já veem buscando seus direitos a muitos anos e não conseguem nada. Quem deveria lutar pelo direito dos servidores é eles os vereadores, junto com o sindicato e não os servidores, pois esses se correm atrás de algo tão é lascado pelos chefes imediatos e secretários. Não sei até quando vai essa farra de privilégios para a educação, pois eles tem tantos privilégios que dá pra ficar pensando que tem algo por trás disso tudo, ou será que a prefeitura só precisa desses funcionários? O resto é resto né sr. Prefeito e srs. vereadores, o resto é resto. MAS FIQUEM SABENDO QUE O RESTO É MUITA GENTE, o prefeito sabe que aqui não ganha mais eleição nem pra presidente de bairro, mas os vereadores que ai estão com certeza vão querer reeleição, então me desculpem, mas não façam isso, pois vcs deveriam lutar por tados, fiscalizar todos mas já que não fazem assim. Desejo não ver nenhum de vcs ai na câmara na próxima eleição.
    Obs: Me deu até enjoo lendo essa matéria.

  • indignado

    não votaremos em nenhum vereador que hoje se encontra na câmara! RENOVAÇÃO TOTAL!! nomes novos e mentes novas urgente!!!!!!!!!!

  • indignado

    a pior câmara da história!

  • saúde 100%

    Senhores comentaristas. O sindicato é que mais uma vez se acovardou e deixou o Executivo fazer e desfazer. Cadê a classe dos servidores da saúde se mobilizando e forçando o secretário de saúde Donizete Santos Oliveira. Vamos pressionar o secretário e exigir providências dele.

  • eleitor consciente

    “saúde 100%”, concordo plenamente com vc. Infelizmente o Sindicato esta “meio parado”. o Secretário de Saúde é que tem que se mobilizar, assim como fez a Secretaria da Educação. Os Vereadores estão fazendo o seu papel, ou seja, quando o projeto chega do Executivo, eles tem d apresentar as Emendas que acham devidas e votarem o projeto. Meus amigos, os vereadores tem condições de apoiar o desenvolver do projeto, qdo. convidados. Agora, em relação a encaminhar o projeto para a Câmara é de inteira competência do Executivo, com o trabalho do Secretário da pasta. Vereador não tem esse poder que muitos acham que tem não.Vamos colocar o Sindicato e o Secretário de saúde para se mexer. Eles sim é que tem como fazer o projeto sair da gaveta do executivo e chegar até a Câmara.

  • funcionário público municipal

    baléla. os vereadores podem sim devolver o projeto e pedir para o prefeito incluir os demais funcionários. acontece que foi conveniente aprovar pra educação, afinal o aranda tem muito em comum na secretaria da educação. Essa câmara é uma vergonha total!

  • Anônimo

    PARABENS VEREADORES PELO MENOS DESSES AI O VOTO TA GARANTIDO…
    TA NA HORA DE JALES ACORDAR….FORAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
    VEREADORES ………RENOVAÇÃO JA…

  • Anônimo

    A VERDADE É UMA SÓ ONDE VOCE ESPERA QUE NÃO VAI SAIR NADA……. AI É QUE NÃO SAI NADA MESMO………

  • funcionaria publica municipal

    amigos da saude claro que eles aprovaria projeto da educação especiato braço direito do prefeito é diretor de escola,riva rodrigues é professor,macetão professor,tatinha professora,osmar resende professor,nishimoto marido de professora,tem mais o presidente da camara claudir aranda marido de professora municipal,saude nosso prefeito não ta nem ai PSF estão tds abandonados agente controle de vetores não tem nem um PACS RURAR tambem nem um,sindicato parece que esta jogando no time do prefeito.
    vamos fazer movimento se nos ficar quieto nada vai acontecer ou seja vai vim outro beneficio pra educação.
    eleções ta chegando vamos abrir os olhos.

    • Amiga funcionária, tenho a impressão que você não acompanhou os fatos. No caso desse projeto, alguns vereadores (Rivelino, Tatinha, Jota Erre e Nishimoto) tentaram segurá-lo o quanto pode, a fim de que o Sindicato e os servidores dos demais setores da Prefeitura se mobilizassem em busca do direito deles. No entanto, ninguém se mobilizou. O Sindicato até ameaçou articular um movimento, mas parou no meio e deixou os vereadores sozinhos. Para se conseguir alguma coisa, é preciso ter coragem e capacidade de articulação, coisa que as professoras demonstraram na defesa do interesse delas. No caso da Saúde, por exemplo, o Plano de Carreira está na gaveta do prefeito há dois anos e os servidores do setor não fazem nada para tirá-lo de lá. Quer uma dica: convoque seus colegas de trabalho e, juntos, pressionem os vereadores que dizem amém ao prefeito – Especiato, Pérola, Osmar Rezende, Claudir Aranda.
      Quanto ao projeto da Educação, é bom esclarecer que a vereadora Tatinha votou contra, exatamente por não concordar que os iguais sejam tratados desigualmente. Caso você não tenha ouvido, ao votar contra o projeto da Educação, ela criticou o fato de o prefeito não mandar o Plano de Carreira da Saúde para ser votado na Câmara. Na platéia, que eu saiba, tinha apenas um funcionário da Saúde. Onde vocês querem chegar desse jeito? Saiam da toca, dêem as caras, lutem pelos seus direitos! Ou então, vamos ter servidor público – aí mesmo na Saúde – ganhando menos que um salário mínimo por muito tempo.

  • léia do PSF

    Vamos nos unir e escolher vereadores e um prefeito para desengavetar esse projeto. Esses que estão aí não querem nada com nada, só favorecendo parentes e amigos

  • funcionário publico

    vamos eleger o Juliano Matos, e parabéns a ele por ajudar a promover Noite Tropical com a Mirian Lins, sabado passado.

  • annonymous

    Pera lá, esperar que o secretário da saúde lute pelos servidores. Pera ai que eu tenho que rir “kkkkkkkkkkk” esse é um que sempre fala a mesma coisa “eu não estava sabendo”. E outra coisa, dizer que os servidores da saúde não se mobilizam? Fala sério, quantas e quantas vezes se reuniram, se mobilizavaram, junto ao sindicato, vereadores. Acontece que esse povo é malandro e ganha as pessoas no cansaço, é reunião atrás de reunião tentando fazer com que desitam e ai quando veem que não desistem fazem isso, esquecem tudo oq foi feito, engavetam e colocam a culpa nesse ou naquele, a questão é que a saúde nesses 8 anos foi abandonada, tanto seus servidores quanto a população, e isso desestimulou a todos, afinal foram tantas lutas, tantas batalhas e nenhuma vitória, enquanto a saúde luta por anos para conseguir algo e não consegue, outros lutam poucos meses e conseguem.
    Agradeço e muito aos poucos vereadores que sei que tentaram segurar esse projeto e repudio a todos os outros.

  • anonimo

    Cardosinho será q vc tb tem o “DEDO” preso c os senhores vereadores e prefeito? vc esta em uma reunião da Câmara onde vc viu as promessas dos vereadores e viu nosso sindicato lutando a nosso favor, tb eles batem de frente c esse povinho, até vc puxando o saco dessa turma? Coloque-se no seu lugar, não julgue oque vc n tem completa informação. Aliás acho q não foi só alguns vereadores que sairam ganhando com o PLANO DA EDUCAÇÃO.
    Resta eu como funcionário PARABENIZAR á Senhora Èlida´pela conquista e dizer aqui q foi a única Secretaria descente desse MANDATO.

  • Cardosinho

    Anônimo, tenho a impressão que você é quem não tem as informações completas. O Sindicato fez sim uma reunião na Câmara, à qual estive presente e sobre a qual escrevi matéria para o jornal A Tribuna. E o que aconteceu depois dessa reunião? O que vocês, demais funcionários fizeram? Nada!!
    Quanto à dona Élida, sem dúvida é uma secretária competente. Mas é preciso lembrar que a Educação é uma Secretaria com dinheiro e, às vezes, gasta-se em coisas nem tão necessárias assim, apenas porque é preciso gastar os 25%. Talvez você não saiba, mas a secretária Élida e o prefeito Parini só mandaram o Plano de Carreira dos professores para a Câmara porque isso foi uma exigência do MEC. Todas as prefeituras da região e do Brasil estão fazendo ou reformulando os planos de carreira dos profissionais da Educação. A empresa que ajudou a elaborar o Plano de Carreira dos professores e dos demais servidores da Educação – a Proddados – já fez mais uns dez planos para outras prefeituras da região e continua fazendo outros tantos. Não se trata, portanto, de uma questão de competência da Secretária ou de quem quer que seja. Trata-se apenas de cumprir o que o MEC está determinando. E, como o pessoal da Saúde e dos demais setores não tem um MEC para ajudá-los, então somente vão conseguir alguma coisa se forem à luta.
    Quanto a puxar o saco de vereadores, nem vou perder meu tempo respondendo a uma provocação dessas.

  • annonymous

    É isso ai gente, não temos o MEC, temos um conselho ultra mega super bom, temos o Coren, um conselho que pagamos para nos ferrar, um conselho que nunca ajuda em nada, tudo que se precisa deles sempre dizem que não é com eles é com o sindicato da categoria. A enfermagem tem piso salárial minimo a muito tempo mas o coren não tá nem ai se nos pagam isso ou não, só querem saber de receber a anuidade deles. Resumindo estamos a Deus dará.

  • NÃO VOTEM EM VEREADORES

    FICO INDIGNADO POIS JÁ FAZ MAIS DE UM ANO QUE O PROJETO DO PLANO DE CARREIRA DA SAÚDE ESTÁ PARADO NA CÂMARA E ATÉ AGORA NADA, E ESSE SINDICATINHO DOS SERVIDORES SÓ SERVE PARA FAZER BARULHO PARA O QUE É DE INTERESSE DE SEU PRESIDENTE, OS SERVIDORES DA SAÚDE DEVERIAM CANCELAR O PAGAMENTO DA MENSSALIDADE DO SINDICATO UMA VEZ QUE ELE NÃO BRIGA PELA SAÚDE.

  • Anônimo

    Esses Veradores e sindicalistas é um bando de safados

  • digo a voces

    o palno de cargos e carreira da saude cnunca vai sai das gavetas porque ate onde sei nenhum secretario que passou nesta secretaria teve o saco rocho de fazer os servidores da saude cumprir com sua carga horaria como determina a lei, se voces nao sabem se nao regulamentar essa carga e os sevidores a cumprir o plano nunca saira das gavetas,decha eu esplicar melhor e que a carga horaia e 40 horas semanais ou seja tem que trabalhar o dia todo e eles fazem 30 horas ou seja entaram as 6 e saem as 12 hs e assim em diante,entao ate onde sei é incostitucional, porisso que o plano nao sai das gavetas ja pensou a hora que isso cair ao conhecimento do ministerio publico que angu que vai dar.

  • digo a voces

    descupe-me pelos erros de portugues

  • digo a voces

    quando o ministerio publico pedir explicaçoes ao secretario da saude nao quero nem ver,oque vai terv de servidore devolvendo dinheiro aos cofres publicos nao ta escrito, quem vai gostar disso e o chaparim vai ter dinheiro pra caramba,segundo informacoes seguras faz mais de 20 anos que os servidores da saude fazem carga horaria indevida.

  • digo a voces

    mais um problema no colo do prefeito parini, acorda senhor secretario tira o seu da reta.

  • digo a voces

    segundo informaçoes oficias e que o secretario sa saude ten medo de peitar os servidores entao ele mandou a sua chefe de gabinete a falar mais tamnbem tem medo disseraam que so falar um pouquinho auto com ela que se dismancha em choro.quew é isso ai parini se ta ferrado mesmo em…

  • funcionaria publica municipal

    ACORDAAA ZÉ LUIS DO SINDICATO SAI DO AR CONDICIONADO VAMOS TRABALHA QUEM COLOCOU VC AI FOI OS SERVIDORES E NÃO PREFEITO E NEM ESPECIATO PARA DE PUXAR O SACO DO PT.
    PRA QUE ESSE MONTE DE ADVOGADO AI NO SINDICATO PEDE PRA ELES CORRER ATRAS DO DIREITO DE TODOS.

  • fiquei sabendo

    fiquei sabendo que na saude tem ate um ex funcionario da demgue chefiando a frota de veiculos e dando ordem aos motoristas,fiquem de olho ai esso e desvio de função, olha ai vai dar mais um fumo ai dr. parini

  • annonymous

    Digo a voces, vc sabe realmente do que está falando? Sabe a carga horária de todos os servidores da prefeitura? Inclusive os que trabalham lá no prédio da prefeitura e fazem 7hs/dia. Você sabe oq esta no PCCS que foi elaborado para a saúde e está preso na gaveta do prefeito? Esse PCCS tem como ponto especifico a regularização da carga horaria dos servidores, onde cada qual terá uma carga horária, pois cada cargo e função deve ter sua jornada distinta como é em quase todo lugar do Brasil, inclusive em Brasilia a carga horária da Enfermagem é bem inferior a daqui. O PCCS não só deve regularizar a carga horária afim de se evitar problemas como também deve regularizar os pisos saláriais que estão super abaixo do piso das categorias, mais quanto a isso gerar problema com o ministério público ninguém fala nada né.

  • O Annonymous tem razão! O problema da carga horária na secretaria de Saúde não deveria ser um impeditivo prá se instituir um Plano de Carreira no setor. Ao contrário, é mais um motivo prá se fazer o Plano e regularizar esse problema da carga horária, que, não é apenas dos servidores da Saúde, mas também de outros setores da Prefeitura. O detalhe é que temos um prefeito que não gosta de enfrentar e resolver problemas. O que ele gosta é de “estudar”. Não por acaso, ele é considerado um dos melhores estudantes da cidade. Com certeza, o Plano de Carreira do pessoal da Saúde vai ficar na gaveta por muito tempo, enquanto o prefeito “estuda” o caso. A incapacidade da administração municipal é algo incomum. No concurso aberto recentemente, a carga horária dos fisioterapeutas, por exemplo, é de 40 horas, mas todo mundo sabe que eles vão trabalhar só 20 horas. Assim como outros cargos, como dentistas, psicólogos, etc. Ou algum desses profissionais vai trabalhar o dia inteiro para ganhar os baixos salários pagos pela nossa Prefeitura? Ao invés de resolver o problema da carga horária, antes de abrir o concurso, a administração incompetente do senhor Parini prefere transferir o problema para futuros administradores.

  • Oliver - Jales

    Alguns cidadãos tem que parar com o ódio e o rancor contra o atual prefeito, pois Jales deve estar acima de tudo. Trabalhar bastante em prol da nossa cidade positivamnete. Só críticas destrutivas não ajudam em nada e enriquecem as outras cidades da região.
    Tem muita gente que aqui escreve notas desmoralizadoras à atual administração, ajudou a eleger e reeleger o atual prefeito, inclusive participando diretamente(remunerado) dessas ações incompetentes, pois o prefeito não governa sozinho.

    • Amigo Oliver, o ex-presidente americano Abraham Lincoln já dizia que “o direito de criticar cabe somente àqueles que tem a coragem de ajudar”. Se você mesmo reconhece que este pobre aprendiz de blogueiro ajudou a eleger e reeleger o nosso premiado estadista, então, posso me sentir à vontade para criticar, ou, se preferir, para mostrar um pouco da verdade, já que toda ela não pode ser mostrada. Se o amigo é daqueles que gosta de ver o mundo com óculos cor-de-rosa, recomendo que deixe de ler o blog e fique com a leitura dos jornais e revistas que está acostumado a ler. Um blog é uma das grandes invenções da democracia, pois só acessa ele quem quer. Ninguém está obrigado a ler o que eu ou outro blogueiro qualquer escreve. Certo?

      • Oliver - Jales

        Ah sim,, Sr blogueiro, concordo,, de fato o mundo é mais cinza na vida real, mas desculpe-me, não me lembro se citei algum nome no meu singelo comentário para deixa-lo assim, tão formal e responder tão ríspido. Aliás, só pensei em “alguns cidadãos” que escrevem aqui em geral, que só malham a atual administração, ponto! Mas a internet é assim mesmo,sr blogueiro. Ela nos dá o prazer (e o desprazer às vezes) de acesso a vários blogs, inclusive aqui,o seu (no qual acho interessante reconheço). Mas como seu blog tem a alça “deixe o seu comentário” em aberto me achei (quanta petulância a minha)no direito de ler, comentar, divergir e contestar a verdade que o senhor tenta mostrar agora, que as vezes, não pode ser mostrada, como o senhor disse. Mas se o senhor se incomoda tanto com a “platéia discordante” como eu, por favor bloqueie aqui!!. O blog é todo seu, fique a vontade!! Mas insisto,vamos teimar por uma Jales um pouco mais “cor de rosa”,ok? (paticularmente prefiro azul).

  • anonimo

    REALMENTE VC CONTINUA SABENDO POUCO DO FUNCIONALISMO DE JALES, SABEMOS Q FOI EXIGÊNCIA DO MEC SIM, MAS COMO TD PODERIA SER ENGAVETADO COMO SEMPRE FAZ NOSSO PREFEITO ESSE NÃO FOI, NÃO DESMEREÇA NOSSA SECRETÁRIA, ELA PODE SER A ÚNICA QUE O SENHOR PREFEITO “NÃO PASSA MEL NA BOCA”. O FUNCIONALISMO NÃO ESTA DE BRAÇOS CRUZADOS E PODE APOSTAR VOCE FICARA SURPRESO COM NOVIDADES QUEM VEM POR AI.

  • Beleza! Gosto de novidades! E fico contente que o funcionalismo não esteja de braços cruzados.

  • anonimo

    APESAR DE NÃO CONCORDAR COM CERTAS COISAS QUE ESSE AMIGO BLOGUEIRO DIZ, O ADMIRO PELA CORAGEM DE DEIXAR AQUI REGISTROS SOBRE ESSA NOSSA “NOBRE ADMINISTRAÇÃO”.

  • Pedra 90

    Enquanto alguns discutem o plano de cargos e carreira dos professores nos gabinetes do Paço Municipal se discute como serão fechadas as contas da Prefeitura de Jales no final de 2012. Tudo indica que os números não são nada bons para Parini e sua turma e a Lei de Responsabilidade Fiscal vai “comer” no final deste mandato.

  • Anonima

    Ai Cardosinho, lembra que te falei que os outros funcionários não iriam ficar de braços cruzados? Pois é amanhã 21/11 as 17:30 no IPASM reunião, compareça para ver quem vai ficar em cima do muro agora, te garanto vai ter mta matéria para postar aqui. Qto ao nosso Secretário que um colega lembrou la em cima não contamos com ele nem para comprar uso de materiais essenciais para a manutenção do prédio, falando nisso que vergonha a sujeira de la, vi uma faxineira jogando alcool no chão para limpar isso é piada .kkkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *