SUJISMUNDOS CONTINUAM DESPEJANDO LIXO EM ESTRADA

Há cerca de 20 dias publicamos post mostrando a situação da estrada municipal que leva ao antigo Lixão, transformada pelos sujismundos em depósito de lixo. Sabem os prezados leitores quais providências foram tomadas? Nenhuma! As autoridades que deveriam fazer alguma coisa para acabar com aquela vergonha continuam com suas bundas pregadas à cadeira, esperando o salário cair nas suas respectivas contas. A fiscalização caberia à Prefeitura, mas isso seria exigir demais da administração Parini, que não consegue manter limpo nem o seu próprio almoxarifado.

E onde estão os órgãos encarregados de zelar pela qualidade do meio-ambiente? Provavelmente, esperando que alguém faça uma denúncia, quando deveriam estar cobrando medidas de quem tem a obrigação de fiscalizar e não o faz. Enfim, Jales é uma cidade onde cada um faz o que quer e todo mundo finge que não vê. Vejam na sequência abaixo, caminhões que despejam entulhos e pessoas revirando o lixo, onde se pode encontrar a Bandeira do Brasil misturada com fraldas usadas e sutiãs multicoloridos.

E nesta outra sequência, vocês poderão observar um cidadão educado fazendo a sua parte. Ele chega em seu carro moderno, despeja a poltrona vermelha e uma caixa cheia de bugingangas e vai embora com a sensação do dever cumprido:

5 comentários

  • Carioca

    Gostaria de saber qual a opinião do senhor Edson Edgard Batista sobre isso. Me parece que a política dele é a mesma da maioria:não “falar mal” de ninguém, ficar em paz com todo mundo.
    Com seu jeitinho calmo, ele diria:”Temos que fazer campanhas educativas”.
    E eu perguntaria: é possível defender uma causa apertando as mãos de quem a combate??
    Só se for com capnahas educativas para o prefeito e seus omissos assessores. Tem que cobrar uma atitude, sim. Sob pena de ser omisso também. Curador do Meio Ambiente neles.

    • Eduardo Britto

      Ah sim, carioca! Quem jogou o lixo lá foi prefeito e seu assessores…???
      Acredito que cabe a prefeitura fiscalizar, mas se a população não tem educação suficiente para evitar deixar de promover tanta degradação, com certeza não é culpa do poder público.

  • Com a palavra os representantes da Ong Ecoação:-…

  • Carioca

    Eduardo, com sua licença (ou sem ela mesmo)poderia me dizer por acaso quem tem a função de educar o povo (com campanhas), limpar o local ou punir os infratores?
    Bem, atualmente a única faxina que teremos é a do paço municipal. Vamos varrer esse lixo todo de lá pro esgoto que é de onde nunca deveriam ter saído.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *