UMA PRAÇA DENTRO DE OUTRA PRAÇA

As duas paredes da foto acima, à esquerda, habilmente erguidas pela equipe de pedreiros da nossa Prefeitura, estão à espera das duas placas que vão marcar a inauguração da “Praça de Exercícios do Idoso”, instalada nos fundos do Terminal Rodoviário. Certamente que, em pelo menos uma das placas, merecerão destaque os nomes das primeiras-damas do estado, dona Lu Alckmin, e do município, dona Rô Parini, já que a praça é uma gentileza do Fundo Social de Solidariedade.

Um problema, porém, impede a confecção e instalação das placas inaugurativas: a praça do idoso ainda não tem nome! Se depender do vereador Luís Especiato, ela receberá o nome de “Praça de Exercícios do Idoso Edivaldo Neres dos Santos”, uma homenagem ao falecido Calango, ex-servidor público e ex-massagista do glorioso CAJ. O projeto de lei já está na Câmara, à espera da aprovação. Reside aí, um outro porém: conforme se pode ver pela foto da direita, lá em cima, o local onde instalaram os equipamentos faz parte da “Praça Deputado Antonio Cunha Bueno”. Isso mesmo! Os fundos da Rodoviária já tem nome!

Existe, ainda, um terceiro porém. Dêem uma olhada nas fotos abaixo e vejam vocês mesmos: a praça nem foi inaugurada e alguns dos  aparelhos já estão inutilizados. Na chamada “Estação Ergometria”, por exemplo, apenas dois dos seis aparelhos ainda estão inteiros. De um deles, sobrou apenas a base (foto à esquerda). Em outros três, sobrou apenas um dos pedais. Para utilizá-los, só se o idoso for perneta!

Querem saber mais detalhes sobre o que é uma “Praça de Exercícios do Idoso”? Então, clique aqui

    

 

2 comentários

  • A justicera

    Q pouca vergonha do Parini mais uma lavagem de dinheiro, em vez de dar emprego, moradia para a população carente fica fazendo praça de academia para a primeira Dama!! vai arruma o que fazer em Jales

  • e…a familia não foi convidada para a inauguração, infelismente…muito triste isso, sempre fui uma filha presente na vida dos meus pais,isso não poderia ter acontecido mais….Marcia filha do Edivaldo ‘calango’

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *