24a MOSTRA DA ESCOLA LIVRE DE TEATRO COMEÇA NO SÁBADO

A notícia é da Secretaria Municipal de Comunicação:

Realizada por meio do Ponto de Cultura Escola Livre de Teatro de Jales, a 24ª Mostra Escola Livre de Teatro contará durante seis dias com uma programação artística de seis espetáculos, tendo ainda a oferta de atividades formativas, de discussão e bate papo acerca da ação cênica, difusão e formação.

O evento, que ocorre com apoio da Prefeitura Municipal de Jales, visa apresentar o teatro, que além de ser uma atividade de lazer, é também uma opção de compartilhamento entre os trabalhos a serem apresentados e o reconhecimento profissional do fazer cultural cênico.

Para a edição 2017, a organização propõe a continuidade da Mostra, utilizando como tema gerador a “Revolução”. Tal conceito propõe uma investigação e experimentação da ação teatral como ferramenta de transformação. “Acreditamos na transformação do meio pela arte, mas, sobretudo na transformação do indivíduo”, declarou Higor Mariano Arco, diretor executivo da Mostra e professor da Escola. 

Buscando ampliar e potencializar a qualidade artística do evento, a organização buscará parcerias juntos a instituições culturais, como feitos na Mostra do ano anterior.   

 O público poderá adquirir ingressos individuais para cada espetáculo, pelo valor de R$ 8,00 com a opção de acompanhar a apresentação dos seis espetáculos com permanentes que estarão à disposição pelo valor de R$ 15,00. Receberão as apresentações o Teatro Municipal de Jales e Praça Jerônimo Amadeu.

A 24ª Mostra Escola Livre de Teatro é uma realização da ECCART – Associação Espaço Cidadania, Cultura e Arte e Ponto de Cultura Escola Livre de Teatro de Jales.

2 comentários

  • O Caetano Veloso compôs uma música em homenagem aos atores de teatro intitulada ”Merda”.A expressão significa sorte no mundo das coxias.Há quem diga que todo ator antes de subir no palco cita essa palavrinha, nem que seja mentalmente.Um trecho da letra:”Nem uma doce oração,nem sermão,nem comício à direita ou à esquerda,fala mais ao coração do que a voz de um colega que sussurra merda”.

  • A música foi proibida de ser cantada no programa-musical Chico & Caetano de 1986.Mas saiu no LP com os melhores momentos,inclusive eu tenho o vinil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *