A LEISHMANIOSE ATACA

Uma autoridade me confidenciou, um dia desses, que Jales estaria sendo chamada pela vizinhança de “a cidade da leishmaniose”, uma tentativa, é claro, de jogar nossa auto-estima (eu ainda prefiro essa grafia!) lá prá baixo. E, se não forem tomadas providências sérias e urgentes, vamos acabar justificando o novo título.

A próxima edição de A Tribuna circulará, excepcionalmente, na sexta-feira(23), com matéria sobre três novos casos suspeitos, em dois bairros da cidade. Dois desses casos já estão sendo tratados como positivos, com a medicação indicada para a leishmaniose. Uma criança de apenas 10 meses, uma adolescente de 14 anos e um rapaz de 24 anos são – quase que com certeza – as novas vítimas da doença. Se estes três novos casos forem confirmados, chegaremos a 19 casos em humanos, com 04 óbitos.

Outros detalhes, como a existência de um elevado número de mosquito palha – o transmissor da doença – em outro bairro da cidade, vão estar na edição de A Tribuna, que, repito, circulará na próxima sexta-feira.    

2 comentários

  • Alexandre Ribeiro (Carioca)

    Depois não gostam que a gente noticie, dizem que somos oposição etc e outras bobagens de gente incompetente.Mas se trata de VIDAS HUMANAS.Estão brincando de arriscar a vida dos cidadãos e essa brincadeira não tem graça. Se omitir no combate a doenças fatais é ajudar a matar.

  • DINGO

    CARIOCA OS CHEFOES DA SAUDE NAO ESTAO NEM UM POUCO PREOCUPADO COM LEISHIMANIOSE PORQUE ELES MORAM NO CENTRO DA CIDADE E VIVEM EM AR CODICIONADOS TANDO EM CASA COMO NA SECRETARIA DE UM PULINHO LA DE SURPRESA E VAI CONFERIR. HA ALIAS PROIBIRAM UM FUNCIONARIO A FALAR SOBRE DENGUE E LEISHI NAS IMPRENÇAS ESCRITAS E FALADAS, SABE PORQUE, ELES ESTAO ESCONDENDOS INFORMAÇOES.DE UMA INVESTIGADA E CONSTATARÁ.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *