A TRIBUNA: A MELHOR DEFESA É O ATAQUE? NICE SE DEFENDE DE ACUSAÇÕES ATACANDO A CÂMARA E O MINISTÉRIO PÚBLICO

No jornal A Tribuna deste final de semana, destaque para as alegações finais apresentadas pela defesa da ex-prefeita Nice Mistilides na Ação Civil Pública em que ela é acusada de ter “fabricado” uma situação de emergência para contratar – sem licitação – a empresa Proposta Ltda, que cuidou da varrição de ruas e recolhimento do lixo em Jales. A de se defender, Nice – que também é acusada de não ter fiscalizado a execução do contrato – foi ao ataque, afirmando que a CEI da Câmara que resultou em sua cassação foi uma farsa promovida por desafetos. Nice afirma, também, que o Ministério Público não tem provas contra ela e, sem argumentos, omitiu fatos para tentar obter sua condenação. O processo está concluso e aguarda a sentença do juiz Adílson Ballotti, da 5ª Vara.

Destaque, também, para os projetos de lei que tramitam na Câmara Municipal, alterando o Plano Diretor e a Lei do Parcelamento, Ocupação e Uso do Solo do Município. Algumas alterações que estão sendo propostas – como largura de ruas, tamanho de lotes e imposto progressivo – preocupam empreendedores e podem significar a fuga de investimentos em loteamentos de Jales. A votação dos projetos deve começar na sessão da Câmara dessa segunda-feira.

A atuação do Ministério Público e da Justiça de Jales, que estão punindo exemplarmente os praticantes de maus tratos e abandono de animais; a inauguração do posto de atendimento do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), que vai funcionar na Fatec-Jales; a sequência do recapeamento asfáltico das ruas da cidade, que ficou paralisado durante o período eleitoral; a aprovação do projeto do vereador Tiago Abra(PP), que impõe a realização de licitação para o uso da marca “Facip” em festas de peão promovidas por empresas privadas; e a divulgação de mais oito cursos que serão disponibilizados pela UAB-Jales em 2019, são outros assuntos de A Tribuna.

Na coluna Enfoque, escrita por este aprendiz de blogueiro, destaque para a homenagem que a Prefeitura e o povo de São Francisco prestaram à médica cubana Dania Gómes Cabrera, que está voltando para Cuba. Na página de opinião, os artigos e crônicas dos costumeiros colaboradores do jornal. E no caderno social, destaque para a concorrida formatura da jovem médica Juliana Rossafa e para a colorida coluna do Douglas Zílio, que traz os melhores cliques dos baladeiros de Jales e da região.

6 comentários

  • Merenda escolar

    Hei Cardoso, você sempre APARTIDÁRIO, porque você não publica que o poste (Dilma), irá para Porto Alegre junto com o Lula.
    Tenho pena dos petistas, ainda mais agora que o salvador da pátria será MINISTRO, inclusive não se surpreendam se a lava jato não chegar em nossa pacata cidade, via Humberto Parini, depois não digam que não avisei.
    Tipo: merenda escolar.
    Tá aí o recado.

    • Você deveria sentir pena de si mesmo, por sua pobreza de espírito. E qualquer pessoa que não padece de déficit cognitivo e possua pelo menos dois neurônios sabe que a lava jato investiga supostos crimes ligados à Petrobras, desde que envolva petistas. E a merenda escolar do governo Parini, embora sob suspeita, não tem nada a ver com a Petrobras.

      • Buuuu

        Matou kkkkkkkkkkkkkkkkkkk Boa Dom Cardosito.

      • Merenda escolar

        Mas tenho conhecimento de pessoas que estão em depressão profunda, nem saem mais de casa, quem tem C., tem medo né, e com certeza irá chegar, mesmo se não for via lava jato, irá chegar por outros órgãos tão competentes como os integrantes da lava jato o são, mas continuo tendo pena dos petistas, tadinhos, um tempinho de cadeia não faz mal não.

  • Jales

    Merenda Escolar toma vergonha na cara, depois da lavada que levaste ainda tem coragem de tentar responder, o que não tem resposta. És um pobre de espirito mesmo e ao invés de neurônios, só tem merda. kkkkkkkkkk.

  • jumento que votou em bozonaro

    Merenda escolar votou em aecio neves e acha que pode dar palpite politico. ANALFABETO DE PAI E MÃE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *