A TRIBUNA: CERCA DE 8.000 PESSOAS JÁ FORAM VACINADAS CONTRA O VÍRUS H1N1 EM JALES

capa tribuna 08.05.16O jornal A Tribuna deste final de semana está destacando a campanha de vacinação contra o vírus H1N1, que começou no sábado. Até a quinta-feira, 05, quando os postos ficaram sem vacina, a Secretaria de Saúde já tinha vacinado cerca de 8.000 pessoas, número que representa pouco mais de 65% da meta estabelecida para Jales (12.200 pessoas). De acordo com o jornal, somente no sábado, 30, o “Dia D” da campanha, foram vacinadas 3.544 pessoas, entre elas, 2.250 idosos e 916 crianças.

Matéria do Douglas Zílio confirma que o empresário Júnior Ferreira, o Júnior Violada, vai assumir a provedoria da Santa Casa de Jales no dia 02 de junho. Ele substituirá o provedor José Devanir Rodrigues, o Garça, que irá se afastar do cargo para disputar as eleições de outubro. Júnior – que não será candidato a cargos eletivos em outubro – diz que pretende  desenvolver um trabalho para estreitar ainda mais os laços entre a Santa Casa e a comunidade.

O fim do mutirão semanal contra o mosquito da dengue, que vistoriou 15.450 imóveis em Jales; os três espetáculos que encerram o Festival Nacional de Teatro, no domingo; a fila de eleitores  que deixaram para regularizar seus títulos eleitorais nos últimos três dias do prazo estabelecido pelo TSE; a decisão do TJ-SP que reduziu a indenização que a Prefeitura terá de pagar a uma motociclista; e a prisão do rapaz acusado de matar um funcionário de um espetinho, em Urânia, são outros assuntos de A Tribuna.

Na coluna Enfoque, as preocupações com o futuro do Instituto Municipal de Previdência. Na página de opinião, Marco Poletto – o sobrinho preferido do sociólogo Roberto Gonçalves – escreve sobre o golpe contra a Dilma, enquanto o santista Victor Pereira escreve sobre os milagres do futebol, que incluem o novo campeão inglês, o Leicester. No caderno social, a coluna do Douglas Zílio traz as últimas novidades sobre a quinta edição da Festa do Branco.    

1 comentário

  • Gerôma.

    Não entendi essa do 190.

    Se eu ligar terei que passar meu endereço ou o endereço do local de crime?

    De qualquer forma, sigo o pensamento dos Racionais Mc’s: “Não confio na polícia, raça do cara…”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *