A TRIBUNA: CUMPRIMENTO DE HORÁRIO DE MÉDICOS EM POSTOS DE SAÚDE DE JALES É INVESTIGADO PELA POLÍCIA FEDERAL

capa tribuna 25.06.17No jornal A Tribuna deste final de semana, a principal manchete destaca o relatório do promotor Horival Marques de Freitas Júnior, que pediu o arquivamento do inquérito instaurado para apurar supostos malfeitos da ex-prefeita Nice Mistilides, apontados pela “CEI da Merenda Escolar”. A CEI apontou pelo menos três irregularidades na merenda escolar durante o ano de 2014, incluindo um suposto prejuízo de R$ 770 mil, mas o relatório do promotor indica que não houve nenhum prejuízo. A CEI afirmou, também, que o responsável pela licitação, Adriano Lisboa Domenecis, teria incluído cláusulas contratuais com o objetivo de beneficiar a empresa vencedora, mas, para o Ministério Público, isso não aconteceu.

Destaque, também, para a investigação da Polícia Federal nos postos de saúde de Jales, com a finalidade de apurar se os médicos contratados estão cumprindo o horário de trabalho. Segundo informações de fontes palacianas, a PF já ouviu vários funcionários dos ESF’s e pelo menos duas médicas correm o risco de serem processadas pelo Ministério Público Federal. O prefeito Flávio Prandi confirmou ter ficado sabendo extraoficialmente da investigação e disse que vai aguardar a manifestação oficial do MPF.

A pesquisa da Fatec sobre o humor dos consumidores do comércio jalesense; as sugestões da Associação Comercial para enfrentar a falta de estacionamento no centro de Jales; os números da geração de empregos em Jales nos primeiros cinco meses do ano; as sugestões que o ex-cartorário Ataíde Sestari, o Bigonga, está fazendo ao prefeito, vereadores e deputados, visando melhorar a vida da população de Jales; e o falecimento do médico e ex-deputado Ayres da Cunha, são outros assuntos de A Tribuna.

Na coluna Enfoque, comentários sobre a decisão do TJ-SP que julgou inconstitucional a lei que concedeu portarias a servidores municipais de Jales. Na página de opinião, Pedro Callado explica se uma pessoa casada precisa do consentimento do cônjuge para abrir uma empresa, enquanto o artigo da talentosa Taísa Selis tenta explicar o que seria patriotismo. No caderno social, destaque para a coluna social do Douglas Zílio e para a visita que os casais Balim Rossafa-Cidinha e Pedro Pupim-Conceição fizeram aos Emirados Árabes.  

8 comentários

  • Burro chucro

    Pq polícia federal no caso?? A verba q paga esses médicos vem do governo federal??? Me explica aí Cardosinho..

  • Jalesense

    Nice estava certa novamente (esses dias foi a mesma coisa nas portarias). Volta NICE!!!!

  • cade o Fra??

    ja se passaram 6 meses, cade as conquistas do Fra???? cade a fabrica de cabide que ele prometeu??? cade as casas da cdhu que ele era diretor???

    • NONIMUUU... ???...

      TA LA NOSSO PAÇOMUNICIPAL””PREF VALENTIM PAULO VIOLA””

      SO ESPERANO OS NOSSOS NOBRES EDIS APROVAREM

      OS CARGOS QUE NOSSO ALCAIDE QUE…

      AI TEREMOS A FABRICA DE “””CABIDE DE EMPREGO”””

      …..KKKKK…….PSIUUU!!!….Calllllaaa……duuuu

  • quero trabalhar

    cade o emprego dessa cidade gente, esse prefeito nao vai conseguir nenhuma empresa nao, ate agora nao vi nenhuma conquista desse FRA, e o SBR que esta vindo ai que nao é do mandato dele ja fiquei sabendo que a maioria vai vim tudo de santa fé para trabalhar aqui

    • COOPERSOL

      SE QUE TRABALHO/EMPREGO?? OU…SE TU NUM IMPORTA DE COLOCAR AS MAOS NO “”LIXO”” E SER UM SOCIO-EMPREENDEDOR VISITE NOSSA COOPERATIVA QUE INFELISMENTE ESTA PARECENDO UM LIXAOO

      MAIS TENHAMOS CERTEZA COM SUAJUDA DIGO COM SUA PARCERIA SEREMOS UMA COOPERATIVA DE EMPREENDEDORES EM RECICLAGEM DE RESIDUOS SOLIDOS….

  • josué f. Cruz

    senhor Cardosinho,teria como conseguir relação dos prefeitos que tem conseguido verbas suplementares para suas respectivas cidades,no atual momento dificil que a nação passa,corrupção em todos os setores publicos,se o prefeito Flá conseguir manter a cidade funcionando já considero um milagre,se estivessemos na epoca das vacas gordas ficaria mais facil conquistar alguma coisa,qto a pesquisa da fatec o povo de Jales gastando mais,eu acho que devo caminhar em outra cidade,comercio parado,desemprego na porta,mal esta dando para manter suas necessidades basicas,nessa situação que vivemos o brasileiro esta gastando muito com calmante,bom dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *