A TRIBUNA: MACETÃO QUER ISENTAR MORADIAS DO CONJUNTO “HONÓRIO AMADEU” DO PAGAMENTO DE IPTU

No jornal A Tribuna deste final de semana, o principal destaque é a matéria do repórter Alexandre Ribeiro, o Carioca, sobre o patrimônio declarado à Justiça Eleitoral pelos candidatos a prefeito e vice de Jales. De acordo com a matéria, o candidato com maior patrimônio declarado é o tucano Luís Henrique Moreira, que informou possuir bens no valor de R$ 1,5 milhão. Em segundo lugar vem o candidato petista Luís Especiato, que declarou possuir R$ 220 mil, boa parte desse valor em dinheiro ou aplicações financeiras. Já o candidato do PV, Aílton Santana, informou não possuir bens em seu nome, nem mesmo um carro ou uma moto, apesar de se apresentar como empresário. 

O jornal está destacando, também, um projeto de lei apresentado pelo vereador Luiz Henrique Viotto, o Macetão, que pretende isentar as 99 moradias do problemático conjunto habitacional “Honório Amadeu” do pagamento de IPTU. O conjunto foi construído em terreno impróprio e, poucos meses depois da inauguração, várias casas já apresentavam problemas estruturais. Macetão justificou a necessidade de isenção, afirmando que a medida, se aprovada, amenizará os transtornos e os prejuízos sofridos pelas famílias que pensavam estar realizando o sonho da casa própria, mas, na realidade, estão vivendo um pesadelo.

O questionamento do vereador Pintinho, que está querendo saber se a Prefeitura já recebeu de volta o dinheiro pago por duas ambulâncias que estão com a documentação irregular e não podem circular; o desmantelamento, pela Polícia Civil de Jales, de uma quadrilha especializada no roubo de gado; o que os três candidatos a prefeito pretendem fazer para melhorar a infraestrutura urbana de Jales; a entrega, pela Prefeitura de tablets aos 57 agentes comunitários de saúde, visando agilizar o atendimento aos usuários das unidades municipais de saúde; e o início dos testes no Hospital de Base, de São José do Rio Preto, com um medicamento francês para combater a covid-19, são outros assuntos de A Tribuna.

Na coluna Enfoque, este escriba comenta conversa com o prefeito Flá Prandi, na qual ele diz que, se pudesse dar um conselho aos candidatos que disputam sua cadeira, diria a eles para não fazerem promessas que não poderão ser cumpridas. O prefeito ressaltou a situação periclitante da nossa Prefeitura e afirmou que, na opinião dele, o candidato que for sincero e realista, evitando prometer que irá transformar Jales em um paraíso, poderá ganhar a confiança do eleitorado. Flá garantiu que os próximos anos não serão nada fáceis para a nossa Prefeitura e arrematou dizendo que “se fosse assim tão fácil como estou ouvindo no horário eleitoral, eu estaria disputando a reeleição”.

13 comentários

  • Tem que isentar é das prestações para que os contribuintes possam ajuntar dinheiro e arrumado as cagadas que prefeitura fez, e mesmo assim ainda ficariam devendo às famílias pelo extres e o transtorno causado pela irresponsabilidade desse prefeito e sua turma.

  • Isso não ameniza em nada o extrez e a insegurança que essas famílias vivem no dia a dia, e uma total falta de respeito com essas famílias, essa isenção de imposto está me parecendo propaganda política de muito mal gosto .

  • Observador

    O “prefeito”sabe o quanto prometeu e não cumpriu,isso porque era candidato único!!!!!!

  • Fora PT

    220 MIL REAIS??? Deveria usar o programa político pra contar a fórmula de sucesso.
    Professor vive fazendo greve mas consegue juntar uma fortuna destas.

    • Fã do Cardoso

      vai lamber sabão e cuidar da tua vida. um milhao e quinhentos mil nao te impressiona e 200 mil te impressiona? qualquer homem trabalhador que se dedicou por decadas a sua profissao consegue este “montante insignificante”

  • Pechincha

    Uma casa na avenida da integração nunca vale só R$28 mil reais. Explica melhor professor. Nem lá na Honório Amadeu vale menos de cem contos.

    • Viúva do Fra

      Kkkkkkkkk os prefeitos tinham que colocar no sei plano de governo a atualização dos valores venais dos imóveis da Cidade, coisa que meu prefeito Fra não teve coragem de fazer!

      • Ele só teve coragem de aumentar os impostos, e os salários deles, pior. Prefeito que Jales já teve, isso deve-se a cúpula do PSDB que arquitetou para que ele fosse candidato único pq ele não ganharia de ninguém. Fora PSDB de Jales, é o fim da panelda das raposas.
        Dd

    • Volta SHIMOMURA

      Esta certo colocar o valor venal ou estariam tentando enganar o eleitor fingindo que são pobres?

  • Volta SHIMOMURA

    Esta certo colocar o valor venal ou estariam tentando enganar o eleitor fingindo que são pobres?

    • Corretor Jr

      Está correto colocar o valor venal. Todos os candidatos fazem isso, pois é o valor oficial do imóvel e o declarado no imposto de renda.

  • Rapizodia

    Bem, acho que são os honestos que buscamos para nos governarem ou, todos nós, eleitores e candidatos, todos hipócritas. Defendam seu desonesto preferido!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *