A TRIBUNA: NICE É DENUNCIADA POR SUPOSTO CRIME AMBIENTAL

capa primeiro1O jornal A Tribuna deste final de semana traz como principal destaque, a aprovação, pelos bombeiros, das reformas e adequações realizadas no recinto de exposições ‘Juvenal Giraldelli’, visando a realização da Expo Show. Com a expedição do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros, a desinterdição do recinto só depende, agora, da Justiça.

Outro destaque fica por conta da nova denúncia registrada contra a prefeita Nice Mistilides, desta vez por suposto crime ambiental. Trata-se do caso do “cemitérios de pneus” implantado pela administração municipal à beira da chamada ‘Estrada do Café’.

Matéria do repórter Alexandre Ribeiro, o Carioca, destaca que as verbas para recape prometidas à prefeita Nice estariam privilegiando as avenidas ‘Guilherme Soncini’  e ‘ Salustiano Pupim’, principais vias de acesso ao recinto da Facip.

O julgamento ocorrido no Fórum de Jales, na quinta-feira, que condenou os quatro acusados de matar um homem a socos e pontapés; a aprovação de ajuda financeira para a empresa responsável pelo transporte coletivo, a Viação Jauense; e a ação de indenização que está sendo movida contra a mesma empresa, por conta do acidente com um ônibus que resultou na morte de um motociclista, são outros assuntos de A Tribuna.

E, como em todas as edições, o jornal traz, ainda, os artigos do vice Pedro Callado e do filósofo Marco Poletto, a coluna social do Douglas Zílio e, pra fechar, a coluninha de bastidores políticos escrita por este aprendiz de blogueiro, que está contando qual será a missão do novo assessor contratado pela prefeita Nice Mistilides.

10 comentários

  • BOMBER MAN

    Cardoso, na verdade essa vistoria do bombeiro não quer dizer o que o evento pode acontecer. O que os bombeiros fizeram foi o AVCB permanente do imóvel (todo o imóvel deve ter). Porém, no dia da festa o bombeiro deve visitar novamente o local do evento e fazer a vistoria do alvará temporário. De outra ponta o recinto ainda está interditado por conta da Justiça e não dos bombeiros. Ademais, a vistoria do corpo de bombeiros para o evento temporário tende a ser mais rigorosa, pois como sabemos, desde o começo do ano tivemos a tragédia de Santa Maria e por conta disso o Comando dos Bombeiros no Estado chamou para reunião em São Paulo todos os Comandantes e pediu para que fossem rigorosos (temos o caso de Jaguariuna também, onde morreram várias pessoas).

    Por fim, Cardoso pesquise junto à Lei que autorizou a permuta dos imóveis (FACIP E HOSPITAL), o uso do bem se encontra afetado (para quem não sabe, com destinação específica) para a FACIP e não para outros eventos, como o caso da exposição UVA E MEL. O favorecimento do uso de bem imóvel por terceiro, estando o bem afetado para outra finalidade em tese pode gerar ato de improbidade.

    Agora, chegando a hora de dormir, consigno ainda, que na verdade a uva e mel é uma FACIP camuflada em forma de outro evento e portanto a situação em tese poderá ser enquadrada como burla às regras de licitações, o que por sua vez pode gerar atos de improbidade administrativa.

    O correto seria não fazer a festa.

  • De Olho

    Cardosinho, essa cara está errado, vc sabe que a prefeitura obteve autorização da Unimed para realizar outros eventos e conceder autorização para outras entidades que queiram realizar eventos naquele local. Essa babaca não sabe nada.

  • BOMBER MAN

    Autorização de boca não vale para a Administração pública, é necessária uma mudança na própria Lei para desafetar o bem.

  • anonima

    CARDOSINHO ,se o recinto ainda esta interditado por conta da justiça ,por que então o parque já esta sendo montado no recinto?isso é possível ?ou a prefeita vai fazer a festa sem autorização da justiça? isso também é possível?

    • Suas perguntas são oportunas. Só para lembrar, a Justiça não permitiu que a Diocese utilizasse aquela área onde está sendo montado o parque como concentração para a romaria. E agora, mesmo o recinto ainda estando interditado, temos um parque sendo montado na mesma área.

      • Pit Bull

        Alguém tem dúvida ainda, que o Corpo de bombeiro irá liberar o Alvará Permanente e a Justiça concederá autorização ?

        Estamos vivendo no País da impunidade, onde os políticos camuflados de anjos são reconhecidos como os mártires da caridade e do amor ao próximo, vedando os olhos da justiça não para a imparcialidade, mas para que eles possam satisfazer seus desejos e massagear suas ambições doentias.

        Só nos resta acompanhar e aguardar as decisões maiores…

        Quanto a ocupação pela Diocese, não podemos esquecer que tratava-se de povão e que não teria discurso de político !!!

  • anônimo

    …Acho que estamos precisando que se cumpra as leis nesta cidade, eu como cidadão tenho o direito de ter segurança e gente que zele pelo bem estar da comunidade Jalesense,estamos cansados de ver impunidade com os político( polítiqueiros)POR FAVOR MP CONTAMOS COM VCs.

  • anônimo

    ESTE É O PAÍS DA IMPUNIDADE PARA OS POLÍTICOS E PARA OS RICOS, CADEIA É PARA P.P. E P. ALGUÉM TEM DÚVIDA QUE BOMBEIROS ETC VÃO TER CORAGEM DE VETAR A FACIP AGORA – FESTA DA UVA, ETC…. DÚVIDO…. OLHA OS PODERES ESTÃO PODRES, OS MENSALEIROS SERÃO JULGADOS NOVAMENTE, MINISTROS QUE FORAM ADVOGADOS DO PT E DO ZÉ DIRCEU AGORA TERÃO DIREITO A VOTOS REPRESETANDO A MAIOR A MAIOR CORTE DE JUSTIÇA OU INJUSTIÇA DO PAÍS, UMA VERGONHA , NINGUÉM VAI PARA CADEIA, TODOS COM BONS ADVOGADOS, PAGANDO MILHÕES. O BRASILEIRO É MANSO MESMO, FORAM P RUAS POR CAUSA DE 0,20 CENTAVOS DOS ONIBUS, MAS POR CAUSA DE MILHOES ROUBADOS ATRAVÉS DA CORRUPÇÃO, QUE PODERIA SER APLICADO NA SAÚDE E EDUCAÇÃO, ESTÃO TODOS ASSISTIDOS FAUSTÃO E SILVIO SANTOS, ETA PAÍS DE PALHAÇOS….. CADEIA P TODOS CORRUPTOS, TODOS…

  • justiça

    Cardosinho,
    Verifique as festas anteriores se tinha autorização dos bombeiros.Precisamos saber como foi feita as ultimas festas???

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *